Mostrar mensagens com a etiqueta #Homosexualismo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta #Homosexualismo. Mostrar todas as mensagens

Homossexualismo - Conexão satânica



Os ativistas gays mencionam o fato de que até os orixás respeitam a homossexualidade. Mas isso não é de estranhar. Os demônios têm uma inclinação radical pelo pecado e pela destruição do ser humano, ainda que muitas vezes disfarcem suas atividades nefastas com uma fachada de bondade. Uma jovem funcionária de um hemocentro do Rio de Janeiro contou-me de um paciente pai-de-santo gay e aidético que se relacionava sexualmente com crianças. O homossexualismo parece ser um problema comum entre os praticantes dos cultos afro-brasileiros, onde há entidades demoníacas específicas que causam e valorizam a homossexualidade e outras perversões sexuais. Aliás, a palavra quimbanda, do ritual de macumba, era usada em Angola para designar os homossexuais.


Em seu livro Porque Deus Condena o Espiritismo, o jornalista Jefferson Magno Costa revela:

Homossexualismo no candomblé

Estudioso insuspeito, o antropólogo Edison Carneiro (irmão do famoso político Nelson Carneiro), afirma, no seu livro Candomblés da Bahia (p. 140) que o candomblé arrasta muitos homens ao homossexualismo, confirmando assim o que já havia sido observado por outro estudioso desse assunto, o sociólogo Roger Bastide. Segundo Edison Carneiro, é difícil esses efeminados não serem “cavalos de Yansã, orixá que geralmente se manifesta em mulheres inquietas, de grande vida sexual, que se entregam a todos os homens que encontram…”

O jornalista Jefferson conta um caso:

Era pouco mais de meio-dia quando ele encontrou o pequeno Fernando, de nove anos de idade, perambulando pelos trilhos da linha férrea que passa nas proximidades da cidade de São Roque, interior de São Paulo. Levou o menino para casa, pediu à mulher com quem vivia há poucas semanas, Dalva Braga Medeiros, que desse comida ao garoto e lhe trocasse a roupa. Dalva demorou a atendê-lo, e ele mesmo pegou a roupa de um dos filhos da mulher e vestiu em Fernando.

Após beber aguardente, pegou o menino pela mão e saiu, alegando que ia comprar mais bebida. Ao voltar, Dalva viu manchas de sangue na roupa do pequeno Fernando. E imediatamente entendeu que o menino havia sido estuprado.

Instantes depois, ele convidou Fernando para sair outra vez, mas diante da recusa e do medo do menino, resolveu chamar Rogério, de 12 anos, filho de Dalva, para fazer companhia àquela assustada e indefesa criança, e “para ver como se mata um porquinho”. Conduzindo os dois meninos até uma clareira situada no alto de um morro, desenhou um tridente no chão, e em seguida, segundo contou Rogério, pegou o pequeno Fernando pelo pescoço e enterrou-lhe uma faca no peito; porém, insatisfeito por não ver a criança morrer imediatamente, ele, o pai-de-santo Josué Rodrigues de Souza, deu um talho de dez centímetros no pescoço da pequena vítima, e começou a lamber-lhe o sangue.

Após praticar esse ato abominável, monstruoso e demoníaco, o pai-de-santo assassino foi chamar Dalva, “pois ela nunca tinha visto um sacrifício”, mostrou-lhe a criança toda ensangüentada e morta, confessou-lhe haver praticado aquilo incorporado pelo caboclo Zé Capoeira, e que havia estuprado a criança antes de matá-la “porque satanás não aceita a alma de gente pura” (Jornal O Globo, 13/03/1986). “Eu tinha de matar uma pessoa e dar o sangue para exu. Ele estava pedindo”, foram suas palavras ao ser preso três dias após o crime. (Revista Veja, 19/03/1986, p. 111).

Escândalos e crimes no rastro das religiões africanas

O bárbaro crime praticado pelo pai-de-santo Josué é mais um entre centenas de casos envolvendo pessoas que, julgando estar servindo a Deus estão servindo ao diabo… Diante dos inúmeros casos desse gênero registrados pela imprensa, é uma pena que a indignação popular não tenha memória. O povo se esquece com muita facilidade. Há alguns anos, por ter assassinado, em rituais de magia negra, seis crianças seqüestradas em diferentes lugares do Estado do Rio, foi preso em Cantagalo, RJ, o pai-de-santo Waldir Souza Lima.

Os casos de crianças desaparecidas que são estupradas e sacrificadas em rituais de pais-de-santo parecem ser um problema sério envolvendo os cultos afro-brasileiros. Assim, além de levarem os indivíduos ao homossexualismo, os demônios também os levam a abusar sexualmente de crianças e até matá-las.

Talvez o pior assassino em série do mundo seja o homossexual Gilles de Rais, que matou brutalmente oitocentos meninos. Cada garoto era atraído à sua casa, onde recebia banho e comida. Então, quando o pobre menino pensava que aquele era o seu dia de sorte, Gilles o estuprava e queimava, ou o cortava e comia. Em seu livro The Devil’s Web (A Teia do Diabo), Pat Pulling revela o envolvimento do satanismo com o estupro e o sacrifício ritual de crianças. Ela cita o caso de Gilles:

Gilles de Rais era um nobre europeu do século 15 que estava totalmente envolvido na alquimia e outras ciências ocultas. Ele era também um pervertido sexual e sadista que matava… crianças antes de ser preso, julgado e condenado à morte. Outras evidências mostram que no passado os praticantes de adoração aos demônios realmente sacrificavam criancinhas durante suas cerimônias rituais.

Em sua pesquisa do ocultismo, Pulling chegou a entrevistar pessoalmente na prisão o homossexual Henry Lucas, um satanista que comia carne humana e que afirmou ter matado 360 pessoas em sacrifício ao diabo. Satanistas como Lucas e até cantores de rock famosos seguem as idéias de Aleister Crowley, o mais conhecido ocultista do século 20 e provavelmente o responsável pela enorme popularidade da magia negra hoje nos EUA e Europa, onde ele é considerado o pai do moderno ocultismo.

ua filosofia principal era “Deixa-te levar pelos desejos carnais!” e “Fazei o que quiserdes” , que se parece muito com a resposta que um gay aidético deu quando as autoridades médicas lhe disseram que ele estava colocando vidas em perigo. O gay aidético declarou: “Tenho o direito de fazer o que quiser com o meu corpo”. Crowley, que também era conhecido como A Besta, era viciado em drogas e tinha um prazer especial na prática da bruxaria homossexual. Seus seguidores (e provavelmente ele também) faziam sacrifícios rituais ao diabo com tanta crueldade e sadismo que o governo italiano o expulsou da Itália depois que se ficou sabendo das sangrentas orgias fatais com crianças que ocorriam em seu templo na Sicília. Pouco antes de morrer, Kinsey visitou esse templo e, de acordo com a Drª Reisman, ele era admirador de Crowley.

Embora as três principais religiões do mundo (Judaísmo, Cristianismo e Islamismo) condenem o homossexualismo, as religiões ocultas seguem um rumo diferente. Nessas religiões, os homossexuais ocupam posições elevadas. Quando as civilizações pagãs governavam o mundo, o comportamento homossexual e a relação sexual entre homens e meninos eram amplamente praticados e aceitos, Os praticantes do homossexualismo eram respeitados e muitas vezes tinham funções de destaque nas religiões e na sociedade. A escritora Judy Grahn, que apóia os ativistas gays, diz:

Muitos aspectos do shamanismo continham homossexualismo, e muitos dos deuses, espíritos e divindades do mundo têm ligação com a homossexualidade. No Taiti, havia divindades especiais para a adoração homossexual. Os antigos templos Shinto do Japão mostram cenas de orgias em rituais sexuais semelhantes às bacanais dos romanos… a Grande Deusa Mãe da antiga China, Kwan-Yin, era adorada com rituais sexuais que incluíam o homossexualismo. Quando os conquistadores espanhóis chegaram à América Central e ao Yucatan, eles viram que o que mais predominava eram sacerdotes gays e estátuas mostrando a união homossexual como ato sagrado.

No Yucatan o deus Chin instituiu a homossexualidade sagrada e sacerdotes gays serviam nos templos exatamente como acontecia na antiga Babilônia…

Na época do Antigo Testamento, as autoridades civis eram orientadas por Deus a aplicar a pena mais elevada para os atos sexuais dos homossexuais:

Se um homem tiver relações com outro homem, os dois deverão ser mortos por causa desse ato nojento; eles serão responsáveis pela sua própria morte. (Levítico 20.13 BLH)

O movimento homossexual diz que o homossexualismo não é crime. Então por que no sistema civil da Bíblia os atos homossexuais eram tratados com a penalidade máxima, juntamente com os crimes mais graves? Considerando que as práticas sexuais dos homossexuais muitas vezes trazem uma série de riscos à própria saúde de seus praticantes e ao bem-estar da sociedade em geral, o único modo de desencorajar essas práticas e trazer alguma proteção contra esses perigos era mediante o uso de leis rígidas. Pode-se dizer, com toda justiça, que é útil o estabelecimento de leis que tratam como crimes as condutas e os atos, sejam homossexuais ou não, que propagam doenças e influências fisica e moralmente nocivas para as crianças e para as famílias.

Fonte: "As Ilusões do Movimento Homossexual", de Júlio Severo
Continue lendo...

Planos sinistros do movimento político homossexual (Videos)


Vídeos para quem ainda não leva a sério os planos sinistros do movimento político homossexual

 Este movimento visa deformar a moral tradicional para a  imagem e semelhança de seu estilo de vida imundo, patológico e diabólico...


Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;Levítico 18:22

BICHAS FAZENDO SEXO EM PÚBLICO(Imagem abaixo), NO MEIO DA RUA, EM MANIFESTAÇÃO EM  SÃO FRANCISCO: A IMAGEM PERFEITA DO TIPO DE SOCIEDADE QUE OS ATIVISTAS HOMÓFILOS QUEREM CRIAR:





Se vc ainda não conhece estes vídeos, assista-os com muita atenção e passe-os para a frente


Cirurgias de mudança de sexo - Programa "Participação Popular" - 24-02-2011



Do site da ONG e-jovem (voltada para "adolescentes gays, lésbicas, transexuais e socialistas"), de responsabilidade do Sr. "Deco" Ribeiro (aquele ativista gay do PC do B -- veja o sétimo vídeo abaixo -- que diz que jornalista que denuncia crime de pedofilia - que ele afirma enfaticamente que não existe - é "filho da pu@#$" e que se esforça em informar a todos que, (é o que ele diz )adultos podem, sim senhor, "namorar"(você sabe o que ele quer dizer com isto)menores de idade, desde que seja com o consentimento dos  pais e eles tenham ao menos 14 anos completos --http://www.e-jovem.com/tema25.html#adolescentes ). Observe que estes vídeos possuem os selos do governo federal e do governo do estado de São Paulo:
 








O Ministério da Educação Brasileiro ensina: Ser travesti é normal. Achar anormal é anormal e imoral:

Quer dizer: O Estado brasileiro manter a lei, a ordem e combater a criminalidade, que é bom, nada. Mas roubar mais de 50% de tudo o que o país produz, por meio de impostos, para promover as imundícies demenciais da agenda homófila, pagando por cirurgia de "mudança de sexo" para travestis e doutrinando nossos filhos para eles acharem bonito serem penetrados por outro homem, para desmunhecarem e falarem com voz de pato, aí, sim: este é o papel do Estado, segundo os marginais ideológicos do PT e seus comparsas homófilos. É isto aí que você deseja para o seu filho ou sua filha?

 Li-xo.


''E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros,homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.'' Romanos 1:27

 Aviso especial a todos os leitores homossexuais: escrevemos este artigo no amor pleno do Salvador Jesus Cristo. Ao mesmo tempo em que adotamos firmemente os ensinos bíblicos sobre a homossexualidade, desejamos somente levá-lo à cruz de Jesus Cristo em todo Seu amor e preocupação por sua alma eterna. A homossexualidade é uma abominação diante de Deus, mas é apenas um pecado e não um "acidente genético". Como pecado, ela pode ser perdoada e esquecida pelo Senhor Jesus para que sua alma possa viver eternamente com os santos de Deus. Não desejamos a você mal algum e também não o ameaçamos de forma alguma. Somente desejamos que se torne um cristão nascido de novo do Alto.   


Continue lendo...

Foi lançada a Bíblia Gay (Obra dos Anticristo)

Bíblia Gay
Deus nos deu o livre arbítrio para escolhermos o que queremos fazer ou ser, mas cada um e responsável pelo que faz e sofre as consequências do que fez, mas e terrível ver ativistas gays modificando um livros sagrado que instrui para o beneficio das pessoas a sua praticas erradas é imorais, isso e terrivelmente prejudicial e os resultados possivelmente será visto no futuro, leia a matéria abaixo!
Foi lançada a Bíblia Gay “Bíblia Rainha James”. Qual será a próxima Bíblia a ser lançada?
Como foi amplamente divulgado pela imprensa nessa semana, ativistas gays resolveram lançar sua própria Bíblia, onde, principalmente, os versos que condenam a prática homossexual foram “reeditados” para mostrar às pessoas que não existe condenação alguma da parte de Deus à prática homossexual (segundo essa Bíblia). Essa Bíblia foi batizada de “Queen James Bible” – (Bíblia Rainha James). O nome faz alusão à “King James Bible” (Bíblia Rei James), batizada originalmente em referência ao rei James da Inglaterra, que autorizou a primeira tradução para o inglês mais de 400 anos atrás. Como sempre desqualificar algo ou alguém parece ser a forma de afirmarem suas convicções.
Que os ativistas gays travam uma batalha contra aquilo que a Bíblia diz a respeito de suas práticas, todo mundo já sabe. Porém, essa iniciativa deles foi bem ousada agora. Apesar de terem sido ousados, a iniciativa apenas demonstrou claramente que eles fizeram uma manipulação dos textos para encaixar sua filosofia de vida e ficarem com sua consciência tranquila – Se já estivessem tranquilos por que precisariam fazer uma tradução da Bíblia adaptada aos seus interesses? Além disso, demonstrou também que, apesar de eles negarem, e até de certa forma rejeitarem a Bíblia, parece que a Palavra de Deus ainda cumpre o seu papel na vida do ser humano, incomodando o coração e confrontando o pecado, assim como disse o profeta Isaías a respeito da Palavra de Deus:“assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei.” (Isaías 55.11)
Vejo que essa iniciativa dos ativistas gays abre um longo caminho para que qualquer pessoa faça a sua própria tradução da Bíblia, conforme suas convicções. Assim, imagino que nos próximos anos poderemos ter Bíblias no mercado que sejam também reeditadas para que expressem a “verdade” de que Deus não vê com maus olhos o egoísmo, a avareza, a jactância (orgulho), a arrogância, a blasfêmia, a desobediência aos pais, a ingratidão, a irreverência, o desafeiçoado (sem amor), o implacável (cruel), o caluniador, o sem domínio de si, o inimigo do bem, a traição, o atrevido, o enfatuado (orgulhoso), o mais amigo dos prazeres que amigo de Deus, a prostituição, a impureza, a paixão lasciva, o desejo maligno, a ira, a indignação, a maldade, a maledicência, a linguagem obscena do falar, a mentira, a lascívia, a idolatria, a feitiçaria, a inimizade, a porfia (discussão, briga), o ciúme, a ira, a discórdia, a dissensão, a facção (divisão), a inveja, a bebedice, as glutonarias, a insensibilidade, a palavra torpe (palavrão), a amargura, a cólera, a gritaria, a malícia, a rebeldia, a impiedade, a profanação, o parricídio, o matricídio, o homicídio, o rapto de homens, o perjuro (jurar falsamente), a injustiça, o adultério, o maldizer… (2Tm 3. 1-4; Cl 3. 5-9; Gl 5. 19-21; Ef 4. 19-32; 1Tm 1. 9-10; 1Co 6. 9-11)
Todas essas coisas estão descritas nessa nossa tal Bíblia Sagrada, que tem sido odiada por muitos pelo fato de confrontar o homem em seus erros, a fim de que se volte à vontade de Deus. Porém, o homem prefere tapar seus ouvidos e criar a sua própria palavra conforme foi visto na iniciativa dos ativistas gays.
Autor: André Sanchez
Fonte: http://colunas.gospelmais.com.br
Assunto relacionado:
O que a Palavra de Deus diz
Para responder a essa pergunta, leia você mesmo o que o apóstolo Paulo disse em 1 Coríntios 6:9, 10: “O quê! Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não sejais desencaminhados. Nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem homens mantidos para propósitos desnaturais [“prostitutos”, New International Version; “efeminados”, Almeida], nem homens que se deitam com homens [“sodomitas”, Matos Soares; “pervertidos homossexuais”, Today’s English Version], nem ladrões, nem gananciosos, nem beberrões, nem injuriadores, nem extorsores herdarão o reino de Deus.” Note que Paulo especificamente mencionou os que, pelo visto, assumem um papel sexual passivo e os que assumem um papel “masculino”, mais ativo, em suas relações imorais. Assim ele deixou claro que Deus desaprova todos os atos homossexuais.
Isso também fica patente das palavras de Paulo em Romanos 1:18-27: “O furor de Deus está sendo revelado desde o céu contra toda a impiedade e injustiça dos homens que suprimem a verdade de modo injusto . . . Deus, em harmonia com os desejos dos seus corações, entregou-os à impureza, para que os seus corpos fossem desonrados entre si . . . É por isso que Deus os entregou a ignominiosos apetites sexuais, pois tanto as suas fêmeas trocaram o uso natural de si mesmas por outro contrário à natureza; e, igualmente, até os varões abandonaram o uso natural da fêmea e ficaram violentamente inflamados na sua concupiscência de uns para com os outros, machos com machos, praticando o que é obsceno.” Aqui Paulo condenou especificamente tanto homens como mulheres homossexuais. Ele condenou as práticas homossexuais como desnaturais e ‘obscenas’.
Continue lendo...

Os cristãos devem odiar os homossexuais?

mmm
EM 1969 cunhou-se em inglês uma palavra que descreve um medo ou aversão irracional a homossexuais. “Homofobia”, em português. Muitos idiomas não têm uma palavra específica para isso, contudo, durante milhares de anos, pessoas de muitas nações e línguas têm demonstrado aversão aos homossexuais.
Porém, em tempos mais recentes, a homossexualidade tem sido amplamente promovida como simples forma alternativa de expressão sexual. O historiador Jerry Z. Muller escreveu recentemente que há “um clamor crescente por reconhecimento público e respeito à homossexualidade”. Explicou que os homossexuais “cada vez mais se unem para louvar as suas práticas, e exigir que outros também o façam”. Isso acontece especialmente nos países ocidentais. Todavia, em grande parte do mundo, mesmo em países considerados liberais, muitos ainda condenam e rejeitam a homossexualidade.
Os homossexuais, ou os que se suspeita que o sejam, são muitas vezes alvos de comentários depreciativos, molestamento e violência. Até líderes religiosos têm manifestado esse ódio. Alguns iniciaram o que parece ser sua cruzada pessoal contra os homossexuais. Por exemplo, veja os comentários de um bispo da Igreja Ortodoxa Grega, recentemente divulgados na rádio nacional da Grécia. Ele declarou: “Deus queimará os homossexuais para sempre nas profundezas ardentes do inferno. Os gritos de sua boca sórdida ressoarão por toda a eternidade. Seu corpo perverso experimentará tormento insuportável.” Será que isso é verdade? O que Deus acha dos homossexuais?
O conceito de Deus
A Bíblia não enquadra os homossexuais como grupo a ser particularmente repudiado ou odiado pelos cristãos. Além disso, ela não diz que Deus os punirá — nem qualquer outra de suas criaturas — queimando-os num inferno de fogo para sempre. — Note Romanos 6:23.
Porém, as Escrituras de fato apresentam as normas de moral de nosso Criador, as quais muitas vezes são contrárias aos conceitos de moral da atualidade. Os atos homossexuais, o sexo heterossexual entre pessoas não-casadas e a bestialidade são práticas condenadas na Bíblia. (Êxodo 22:19; Efésios 5:3-5) Deus destruiu Sodoma e Gomorra por causa dessas práticas sexuais. — Gênesis 13:13; 18:20; 19:4, 5, 24, 25.
Com respeito a atos homossexuais, a Palavra de Deus diz claramente: “[Isto] é uma abominação.” (Levítico 18:22, A Bíblia de Jerusalém) A Lei de Deus para Israel determinava: “Quando um homem se deita com um macho assim como alguém se deita com uma mulher, ambos realmente fazem algo detestável. Sem falta devem ser mortos.” (Levítico 20:13) A mesma punição recebiam os que praticavam bestialidade, incesto e adultério. — Levítico 20:10-12, 14-17.
O apóstolo Paulo foi inspirado a descrever os atos homossexuais como expressões de “ignominiosos apetites sexuais” e ‘contrários à natureza’. Ele escreveu: “É por isso que Deus os entregou a ignominiosos apetites sexuais, pois tanto as suas fêmeas trocaram o uso natural de si mesmas por outro contrário à natureza; e, igualmente, até os varões abandonaram o uso natural da fêmea e ficaram violentamente inflamados na sua concupiscência de uns para com os outros, machos com machos, praticando o que é obsceno e recebendo em si mesmos a plena recompensa, que se devia ao seu erro. E assim como não aprovaram reter Deus com um conhecimento exato, Deus entregou-os a um estado mental reprovado, para fazerem as coisas que não são próprias.” — Romanos 1:26-28.
As Escrituras não dão desculpas, não fazem concessões e nem deixam margem para dúvida: as práticas homossexuais, o adultério e a fornicação são atos repulsivos para Deus. Em conformidade com isso, os cristãos verdadeiros não diluem o conceito da Bíblia sobre os “ignominiosos apetites sexuais” apenas para se tornarem mais populares ou aceitáveis à cultura moderna. Tampouco concordam com qualquer movimento de promoção da homossexualidade como estilo de vida normal.
“Odiai o que é mau”
A Bíblia exorta: “Ó vós amantes de Jeová, odiai o que é mau.” (Salmo 97:10) Assim, espera-se que os cristãos odeiem todas as práticas que violam as leis de Jeová. Alguns demonstram maior aversão ou repulsa à homossexualidade do que a outros tipos de imoralidade, encarando-a como perversão sexual desnatural. Mas, devem os cristãos odiar as pessoas que praticam tais atos?
O salmista lança alguma luz sobre o assunto no Salmo 139:21, 22: “Acaso não odeio os que te odeiam intensamente, ó Jeová, e não tenho aversão aos que se revoltam contra ti? Odeio-os com ódio consumado. Tornaram-se para mim verdadeiros inimigos.” Nossa lealdade a Jeová e aos seus princípios deve criar em nós uma forte aversão aos que deliberadamente se revoltam contra Jeová e tomam posição como inimigos de Deus. Satanás e seus demônios são alguns desses inimigos declarados de Deus. É provável que alguns humanos também se enquadrem nessa categoria. Contudo, pode ser muito difícil para um cristão identificar essas pessoas pela aparência. Não podemos ler o coração. (Jeremias 17:9, 10) Seria errado presumir que alguém que pratica coisas erradas seja um inimigo incorrigível de Deus. Em muitos casos, o transgressor simplesmente não conhece as normas de Deus.
Assim, de modo geral, os cristãos não se precipitam em odiar outras pessoas. Mesmo quando abominam fortemente certos estilos de vida, não procuram ferir outros, nem os tratam com rancor ou maldade. Em vez disso, a Bíblia aconselha os cristãos a serem “pacíficos para com todos os homens”. — Romanos 12:9, 17-19.
“Deus não é parcial”
Jeová perdoa a pessoa que realmente se arrepende, não importa que espécie de imoralidade ela talvez tenha praticado. Não há evidência de que Jeová encare uma forma de imoralidade como pior do que outra. “Deus não é parcial.” (Atos 10:34, 35) Considere o exemplo da congregação de Corinto, no primeiro século, a quem o apóstolo Paulo escreveu: “Nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem homens mantidos para propósitos desnaturais, nem homens que se deitam com homens, nem ladrões, nem gananciosos, nem beberrões, nem injuriadores, nem extorsores herdarão o reino de Deus.” Daí, Paulo mencionou que alguns anteriores fornicadores, adúlteros, homossexuais e ladrões haviam sido aceitos na congregação cristã em Corinto. Ele explicou: “E, no entanto, isso é o que fostes alguns de vós. Mas vós fostes lavados, mas vós fostes santificados, mas vós fostes declarados justos no nome de nosso Senhor Jesus Cristo e com o espírito de nosso Deus.” — 1 Coríntios 6:9-11.
Naturalmente, Jeová não tolera a violação contínua e persistente de suas perfeitas normas de moral. Ele definitivamente odeia o desrespeito obstinado a seus princípios. Mas ele mantém aberta a porta para a reconciliação. (Salmo 86:5; Isaías 55:7) Em harmonia com isso, os cristãos não tratam os homossexuais, nem qualquer outra pessoa, com má vontade, ridicularizando-a ou importunando-a. Os cristãos verdadeiros encaram as outras pessoas como discípulos de Cristo em potencial, e as tratam com respeito e dignidade. A Bíblia diz: “Isto é excelente e aceitável à vista de nosso Salvador, Deus, cuja vontade é que toda sorte de homens sejam salvos e venham a ter um conhecimento exato da verdade.” — 1 Timóteo 2:3, 4.
Os cristãos acolhem os arrependidos
Vez após vez a Bíblia declara que Deus é perdoador. Ela o descreve como “Deus de atos de perdão, clemente e misericordioso, vagaroso em irar-se e abundante em benevolência”. (Neemias 9:17; Ezequiel 33:11; 2 Pedro 3:9) A Bíblia também o compara com o pai da parábola de Jesus sobre o filho pródigo, que desperdiçou sua herança levando uma vida devassa numa terra distante. O pai recebeu o filho de braços abertos quando esse finalmente caiu em si, arrependeu-se e voltou para casa. — Lucas 15:11-24.
De fato, é possível que um transgressor mude. As Escrituras confirmam isso e incentivam todos a se livrarem da velha personalidade e se revestirem duma nova, e a ‘serem feitos novos na força que ativa a mente’. (Efésios 4:22-24) Aqueles que praticam o que é mau, incluindo os homossexuais, podem fazer mudanças drásticas em seu modo de pensar e em seu comportamento, e muitos, de fato, têm tido êxito em fazer essa transformação. O próprio Jesus pregou a pessoas como essas e, quando elas demonstraram arrependimento, tornaram-se aceitáveis a ele. — Mateus 21:31, 32.
Os cristãos acolhem pessoas arrependidas de diversas camadas sociais. Depois de abandonarem práticas imorais, não importa quais tenham sido, todas podem desfrutar dos plenos benefícios do perdão de Deus, porque “Jeová é bom para com todos, e suas misericórdias estão sobre todos os seus trabalhos”. — Salmo 145:9.
Os cristãos estão prontos a oferecer o apoio espiritual necessário, até mesmo àqueles que ainda lutam contra inclinações homossexuais. Isso está em harmonia com a demonstração de amor do próprio Deus, pois a Bíblia diz: “Deus recomenda a nós o seu próprio amor, por Cristo ter morrido por nós enquanto éramos ainda pecadores.” — Romanos 5:8.
Continue lendo...

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR

Mais Populares

Seguir por E-mail

 
Copyright © 2016 REVELANDO VERDADES OCULTAS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top