Mostrar mensagens com a etiqueta #Ufologia. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta #Ufologia. Mostrar todas as mensagens

OVNI - Ultra Secreto

Arquivo X - OVNI Destino terra"Extraterrestres Entre Nós". Embora o título original do documentário seja "Ufo - Above Top Secret", na versão da Video Três ele foi rebatizado como "Ufos: Uma Nova Tecnologia", com o seguinte texto no estojo: "Luzes começaram a surgir no céu sugerindo que algo observava o curso dos acontecimentos.
--
Em 2 de julho de 1947, W. W. Brazel, um fazendeiro do Novo México, nos Estados Unidos, viu suas terras invadidas pela queda de uma nave espacial. O fato deu início ao famoso Caso Roswell, onde seres pequenos, de olhos grandes e boca e nariz pequenos foram capturados e escondidos do público pelo alto comando militar americano.
-
Outros casos surgiram depois, sempre envolvendo naves espaciais de tecnologia indecifrável para o homem. Tecnologia essa que seria capaz de nos levar por todo o universo.O maior segredo sobre a face da Terra esconde um conhecimento muito além da nossa compreensão.
-
" Depoimentos de Walter Haut, Gal. John Sanford, Judd Roberts, Robert Shirkey, Thomas Jefferson Du Bose, Sappho Henderson, Wendelle Stevens, Virgil Armstrong, John Lear, J. Allen Hynek, Johannes von Buttlar, Hans Petersen, Anthony Dodd, Marina Popovich, Brian O' Leary, Bob Lazar e Thomas E. Bearden. Direção de Yin Gazda.
-
Parte 01
Parte 02

Fonte: YouTube
Continue lendo...

Exército da Noruega encontra objeto estranho, Séria Queda de nave extraterrestre? ou é mais um HOAX , veja (Vídeo)

Exército da Noruega encontra objeto estranho

O portal Section51 publicou imagens mostrando os restos de um objeto desconhecido que lembra uma nave espacial extraterrestre.

-
O estranho objeto foi encontrado no mar junto à costa da Noruega.
-
De acordo com a informação do Section51 o incidente ocorreu em março de 2017.

-

Após o aparecimento do objeto estranho o exército foi enviado para o local para verificar a sua origem.
-

As imagens mostram os blindados do exército se aproximando do enorme objeto flutuando nas águas.
-

-
Após a aproximação dos veículos militares, mais dois engenhos brilhantes apareceram por cima do lugar do suposto naufrágio.
-
Os ufólogos acreditam que o objeto mostrado no vídeo é um OVNI acidentado e que os objetos brilhantes – dois outros OVNI’s que monitoravam a Noruega.

-
Continue lendo...

EUA, Misterioso caso do Visitante Alado de Van Meter em 1903, seria uma criatura extraterrestre?

image

Uma lenda estranha e um mistério que permanece sem resolver por mais de 100 anos de um pequeno povoado de Iowa, EUA.

Desenho do monstro de Van Meter de acordo com à descrição das testemunhas.

-

Por várias noites do ano de 1903, o pequeno povoado de Van Meter, localizado em Iowa, EUA, foi aterrorizado por uma grande criatura parecida com um morcego proveniente de uma mina abandonada e cuja identidade desse misterioso monstro nunca foi descoberta.

-

A lenda remonta a outono de 1903, quando vários dos mais respeitados cidadãos de Van Meter reportaram o encontro com uma entidade metade humana metade animal, com enormes asas de morcego que lhe permitiam voar.

-

Relatos da época dizem que a criatura se movia velozmente, deixando um fedor repulsivo ao passar e que emanava uma luz cegante a partir de um chifre em sua cabeça.

Cada vez que algum dos habitantes tinha a má sorte de encontrar com o monstro, lhe disparava com as armas que tivesse em mãos, mas isso ao que parece, não fazia ferimento algum no estranho visitante.

-

A criatura foi avistada pela primeira vez à noite, sobrevoando os tetos das casas. Ao cair a noite seguinte, foi visto tanto pelo médico do povoado como pelo caixa do banco Peter Dunn, quem conseguiu reproduzir em uma forma de gesso, as impressões "de três dedos" do monstro.

-

À terceira noite, um homem encontrou a criatura pousada sobre um poste de telefone. Outro dos habitantes locais que o viram, disseram que o monstro pulava como um canguru; enquanto a professora da escola local associou a figura da criatura alada com a de um demônio.

-

Assustados e intimidados pelo que haviam experimentado, os cidadãos seguiram o rastro da criatura até uma mina de carvão abandonada, próxima de uma velha olarpia onde haviam escutado peculiares ruídos saindo da mina. "O ruído abriu passo novamente, e pensaram que Satanás e seu regimento de diabos se preparavam para subir à superfície para uma batalha", dizia um artigo publicado no Dê Moines Daily News de 3 de outubro de 1903.

Quando os cidadãos inspecionavam a entrada da mina, o monstro apareceu em companhia de outro que parecia uma versão mais pequena.

-

Quando lançou um flash de luz cegante, os valentes habitantes de Van Meter que haviam se aventurado até ali, fugiram apavorados. Na manhã seguinte voltariam bem armados para "detonar" com os "demônios".

-

As "boas-vindas" que deram aquela manhã às criaturas poderia ter afundado uma frota de navios, mas além do singular fedor e dos ruídos do mundo subterrâneo, os seres alados não pareceram se importar muito. Apenas retrocederam e desceram através do oco da velha mina para nunca mais serem vistos.

-

O caso foi minuciosamente investigado e publicado no livro "O Visitante de Van Meter: Um Verdadeiro e Misterioso Encontro com o Desconhecido" do autor Chade Lewis, quem escreveu 15 livros a respeito de temas paranormais. Lewis contou com a colaboração dos co-autores Noah Voss e Kevin Lee Nelson, e a ajuda da bibliotecária do povoado, Jolena Walker.

-

Os autores foram ao tranquilo povoado e entrevistaram os residentes locais, quem contaram-lhes as histórias que herdaram de seus antepassados sobre a criatura, além de visitar vários locais históricos, incluindo a velha mina.

Ilustração recente da criatura soltando um raio de luz cegante de sua testa.

-

Lewis diz que não encontrou evidência sugerindo que o monstro tenha sido uma fraude, apesar de acreditar que alguns dos fatos da história foram exagerados com o passar dos anos.

-

Mesmo assim, segue sem ter certeza do que era aquele aterrorizante visitante de Van Meter que espalhou o pânico nas ruas do povoado durante às noites de outono de 1903.

-

No entanto, Chade Lewis afirma que a busca pela resposta foi o que realmente o fascinou.

"Era uma época na qual tudo era possível. As descobertas científicas começavam a acelerar.

-

De fato, naqueles tempos descobriram o gorila da montanha. A lendária 'besta da selva' era real. Por isso as pessoas estavam abertas ao fato de que qualquer coisa podia acontecer", disse Lewis.

-

Fonte

Continue lendo...

Estão prestes a revelar a verdade sobre os OVNIs? Leia e Saiba!

UFOOVNI 24

O governo dos EUA poderia logo se abrir e admitir que secretamente estava escondendo evidências de visitas alienígenas da Terra nos últimos 70 anos, alega lobista da causa OVNI.
-
O Paradigm Research Group (PRG), que faz campanha para pôr fim a um suposto “embargo de verdade” para esconder a verdade do mundo, acredita que em breve não haverá retorno para os membros do governo.
-
Steve Bassett, diretor-executivo do grupo, é o único lobista registrado nos EUA sobre a questão da divulgação alienígena.
-

CONTINUE LENDO NA FONTE

Continue lendo...

UFOs OVNIs , Mistérios, vídeos que revelam a verdade oculta

UFOOVNI 02
Alerta OVNIs Ufos
-
Pelo menos na imaginação de muita gente, os objetos voadores não identificados são naves de outros planetas. A ciência não leva isso a sério, mas algumas aparições nunca foram bem explicadas. Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso
VISITE A LISTA DE CASOS QUE OCORRERAM
Fonte: http://feeds.feedburner.com/CuoUfologiaOriginais
-
VEJA OS VÍDEOS ABAIXO E TIREM SUAS CONCLUSÕES! (cOMENTEM)
-
CANAL YOU TUBE UFO OVNI ALERTA CONSPIRAÇÕES
-
END.: DO CANAL - https://www.youtube.com/watch?v=2BQzoVQsEk4
-
Espetacular Avistamento: Jovem na Polônia Passeava em Plantação e filmou UFO OVNI
-
OVNIs UFOs Captados pela NASA e não divulgados ao publico 2017
-
OVNI Sobrevoa Recife PE BR e Danifica Avião que passou Proximo
-
OVNI flagrado sobre Eslováquia
-
Incidente de UFO de Jerusalém A melhor prova de visitantes do outro mundo, ou Hoax
-
Viagem por uma nebulosa
-
Misteriosa formação aparece no céu no EUA, cera uma montagem ou realidade
-
Esta é a verdadeira razão pela qual civilizações antigas construíram centenas de pirâmides
-
As imagens de Stonehenge que não querem que você veja
-
Stonehenge, uma falsa construção antiga
-
http://feeds.feedburner.com/CuoUfologiaOriginais
Continue lendo...

Antártida – Objeto estranho aparece no céu

Antártida Misterio
A Estação  Neumayer III, na Antártida, é usada como um centro de diversas pesquisas, porém nos últimos dias A Estação não chamou a atenção pública e científica devido as suas descobertas, Fenômenos muito estranhos estão ocorrendo sobre a estação.

No vídeo que você leitor verá, abaixo, Note a ausência do sol ou da lua etc. Na segunda metade do vídeo  você pode ver claramente o fluxo  ou o deslocamento antes que ele faça um arco. Os cientistas ainda  não tem idéia do que poderia ser isso isso, e já estão permanentemente na Estação para coletar dado e realizar pesquisas.


Fonte: caixadepandora
Assuntos relacionados:
Antártida - O que há debaixo do gelo
OVNIs - NAVIO OCEANOGRÁFICO OBSERVA OVNIS NA ANTÁRTIDA
Continue lendo...

Ovnis foram observados em missões tripuladas ao espaço

Ovni em direcao a terra
Dias após a missão partir, tripulantes da Apollo 11, incluindo o renomado astronauta Buzz Aldrin observaram um objeto próximo ao módulo. Próximo o bastante para que pudesse ser observado por todos tripulantes da missão. Em contato com o controle em busca de respostas, não obtiveram a resposta desejada. Não estavam sós no espaço, havia algo mais, os observando.
-
Segundo entrevistados não fora a primeira vez. Em missões anteriores, orbitando a Terra, objetos voadores foram vistos observando missões tripuladas.
-
Vejam:


Fonte: Net
Vejam mais sobre este assunto em: Ufologia
Continue lendo...

Buracos que surgem pelo mundo, Quem os fez e por qué?

buracos misteriosos
Em diversas localizações pelo mundo estão aparecendo da noite para o dia, são buracos pequenos outros gigantescos que seria impossível serem feitos pelo homem de maneira que ninguém nota-se, alguns em terra firme outros no oceano e rios outros dentro de casas outros em cima de edifícios, com  isso surgem diversas teorias colocaremos alguns vídeos, fotos e relatos para que todos analisem, quem sabe alguém tenha a resposta?.
Buracos em diversas localizações.
Abaixo, Imagens mostram um buraco de 60 metros de profundidade por 20 metros de diâmetro que se abriu no centro da Cidade da Guatemala.
-
Enormes buracos aparecem pelo mundo,e os cientistas não sabem explicar o que podem ter causado aquilo...
E continua aparecendo e o mistério aumenta, seria a explicação o avistamento de ovni em forma de cilindro ?
-
O vídeo a seguir pertence ao material militar russo desclassificado, ele pode ser visto como um grupo de Soviética caça MIG 21 avistado um UFO com uma forma cilíndrica, para iniciar a perseguir este subitamente acelerado e desapareceu de vista, o objeto foi várias vezes mais avião russo grande e não havia tecnologia na época para alcançar estas velocidades com o lutador ou seu exército e os EUA.

Se algo tiver haver ai surge outra duvida, seria os Anunnaki descrito pelos Sumérios ?, Alguns dizem que os Anunnaki teriam vindo ao nosso planeta no intuito de extrair minerais, fica ai a questão seria tudo isso os Anunnaki?
Pesquisem sobre Buracos misteriosos, Ovni Cilíndrico e Anunnaki
Autor : Jhero
-
This work is licensed under a Creative Commons Attribution By license.
Continue lendo...

Agenda Satânica de Hollywood : Condicionando as Massas Para a Aceitação Da Farsa Extraterrestre

MOSAICO DE FILMES SOBRE OVNI UFO
Em 30 de outubro de 1938 “Guerra dos Mundos”, de Orson Welles foi transmitido pela BBC causando pânico nas ruas de Nova York e Nova Jersey. Ouvintes experimentaram uma invasão alienígenaestava sendo dramatizada por atores no Teatro Mercury. É por este motivo, talvez, que a elite esteja interessada em nossa percepção do fenômeno alienígena? Para nós, a verdade , é mais complicada do que ficção científica.
-
Se você ver alguns se perguntando por que Hollywood tem uma fascinação excessiva por aliens. Muitos têm subestimado o poder do cinema como uma ferramenta de sugestão em massa, resultando em uma forma de pensar que vai de acordo com os desejos da elite e os poderes que comandam Hollywood.
-
LEIA MATERIA COMPLETA ABAIXO NO SCRIBD
-
Continue lendo...

LIVRO DE THOTH - A HISTÓRIA DE UM LIVRO MALDITO

Livro de Thoth


Sempre existiram livros que as autoridades, igreja, combatentes zelosos do desconhecido, procuraram destruir, com freqüência junto com seus autores.

Destinos dramáticos de manuscritos, edições desaparecidas, mortes estranhas. O que ocultam os livros malditos?

Um dos livros mais misteriosos é o livro egípcio antigo “Livro de Thoth”. Considera-se que o deus egípcio antigo da sabedoria e conhecimentos Thoth tinha grande conhecimento que dava poder sobre o mundo. Ele deu aos homens a escrita e era cronista dos deuses.

Era representado na forma de homem, com cabeça de íbis e seu culto na cidade de Hermópolis, estava relacionado com os reinos subterrâneos, e envolto em segredo.

A primeira citação do “Livro de Thoth” é encontrada no papiro de Turim, onde se descreve conspiração contra o faraó usando o livro.

Todos os seus participantes foram executados e o livro maldito, que ensinava ações “contra a lei”, foi queimado.

Posteriormente o livro surge novamente estando à disposição de Khaemwaset, filho de Ramsés II.

Considerava-se que este texto permitia olhar para o sol sem fechar os olhos e também dava poder sobre os mares, terras e estrelas, revelando os segredos da língua dos animais, permitia ressuscitar os mortos e agir à distância. Khaemwaset decidiu que o livro era muito perigoso e queimou-o.

Aproximadamente no ano 300 antes de Cristo o “Livro de Thoth” aparece novamente. Naquela época muitos magos de Alexandria afirmavam que tinham o “Livro de Thoth”.

Essa jactância terminou de modo lamentável - todos eles morreram em consequência de acidentes.

Divulgavam o “Livro de Thoth”, citando-o em textos, reproduzindo trechos isolados. Na Idade Média os divulgadores de manuscritos misteriosos eram queimados cruelmente, mas, mesmo assim, os conhecimentos apareciam.

Apesar de ninguém nunca ter visto com certeza o “Livro de Thoth” impresso ou reproduzido de alguma forma conhecida.

No século XV surgiu uma lenda sobre sociedade secreta, que divulgava um breve resumo do “Livro de Thoth”, em forma de cartões chamados de cartas de Tarô.

Sobre isto escreve em seus trabalhos o cientista francês Antoine Court de Gébelin. Ele afirma que encontrou estes conhecimentos em livro egípcio antigo, que teria escapado depois do incêndio da biblioteca de Alexandria.

Na “Historia da Magia” (1876) de Paul Christian (Pitois) bibliotecário do departamento de educação nacional de Napoleão III também diz que os principais segredos da ciência da civilização egípcia e o conteúdo básico do “Livro de Thoth” estão refletidos nas cartas de Tarô.

Os séculos XIX e XX estão repletos de histórias de magos e alquimistas, que tinham o papiro de Thoth, entretanto ninguém o apresentou ao mundo.

Era muito grande o medo de perecer, pois todos os que recebiam os conhecimentos secretos morriam de morte não natural.

Hoje na biblioteca de Alexandria encontram-se folhas isoladas da primeira cópia do papiro do “Livro de Thoth”. Será realmente o mesmo livro?

A esta pergunta não há resposta, como também, a muitas outras relacionadas com o antigo papiro. Não é tão importante se realmente existiu o manuscrito, as lendas a respeito alimentam nossa imaginação.


Continue lendo...

CIVILIZAÇÕES, INCAS E OS OVNIS, UFOS, VIMANAS














OS INCAS E AS VIMANAS
Aeronaves na Antiguidade


Se o homem tivesse se convencido de que voar é com os pássaros, sequer teria sonhado em ser ele mesmo um pássaro, enquanto homem. Felizmente esse não foi o caso. De tanto sonhar, conseguiu voar, muito além do que imaginou ! Vem de muito longe, no tempo, esse sonho de voar. Quando o sonho se tornou realidade? Não sabemos ao certo, embora sonho e realidade se confundem na história do homem-pássaro. Modernamente se credita o primeiro vôo de um objeto mais pesado que o ar ao nosso Alberto Santos Dumont. Será que isso foi realmente assim ? Existem muitos relatos e registros de máquinas voadoras em diferentes culturas na antiguidade. Encontramos referências entre os indianos, chineses, tibetanos, incas, sumérios, egípcios, judeus e muitas outras culturas. Algumas representações e descrições são por demais realistas para que pensemos serem obra da imaginação muito fértil dos relatores e artistas de então. 
-
Entre os Incas da América do Sul, foram encontrados objetos confeccionados em ouro que a princípio pareciam figuras zoomórficas. Entretanto, numa análise mais cuidadosa, poderíamos perguntar: que tipo de animais são estes? Existiria algum pássaro com a cauda levantada na vertical ? Em verdade, esses artefatos muito se assemelham às aeronaves modernas; seja na disposição das asas, no formato vertical da cauda, no desenho de inconfundível aerodinâmica e até no que parece ser a cabine de um só piloto. Não é razoável, portanto, supor que esses sejam pássaros estilizados.
-
O conhecimento dos Incas é admirável. Construtores de pirâmides sofisticadas que bem mostra o quanto conheciam de geometria, com sofisticados sistemas de medidas, arquitetura e engenharia. Tinham conhecimentos de astronomia e entendiam os movimentos da Terra em relação ao Sol, o que permitiu que elaborassem um calendário bem preciso que muito os ajudava na agricultura. Por tudo isso, podemos deduzir que eram um povo por demais prático e que, ao que parece, não eram afeitos a eventuais perda de tempo. Os Incas, portanto, sabiam muito bem o que estavam fazendo, ao esculpirem figuras que mais se assemelham a objetos voadores.
-
Quanto a esses objetos, ninguém sabe ao certo a data em que os Incas os confeccionaram, muito menos o que os inspirou. Não há indícios de que estejam relacionados com algum ritual ou culto religioso. O que se sabe, todavia, é que existem objetos que representam pássaros, fabricados pelo povo Inca, e que em nada se parecem com os objetos acima. Na verdade eles sabiam muito bem como modelar uma ave, como bem demonstra o tucano ao lado. 

No Templo do Novo Reino situado a alguns quilômetros ao sul do Cairo, Egito, cuja construção data de aproximadamente 3.000 anos, existem intrigantes gravuras, entalhadas nas paredes de pedra, retratando máquinas voadoras cuja semelhança com aeronaves modernas não as deixam passar desapercebidas. O mural hieroglífico, talhado na pedra, situa-se no alto, próximo ao teto, o que de certa forma o resguardou da curiosidade e proximidade daqueles menos cuidadosos. A localização do mural abaixo, no ambiente do Templo do Novo Reino 
-
1 Na China as descrições de veículos voadores remontam aos primórdios da história dessa que é uma das mais antigas civilizações. As máquinas voadoras são descritas como sendo confeccionadas de madeira leve e impulsionadas por meios mecânicos, embora ainda desconhecidos dos pesquisadores. Existem descrições de aparelhos onde "um conjunto de espadas ou lâminas" são acopladas e giram em altíssima velocidade fazendo com que "o pássaro" possa levantar vôos e viaje por longas distâncias. 
-
Embora não exista menção da peça motriz em si mesma, ou o motor, não resta dúvidas de que essas são descrições de um aparelho fabricado com a clara intenção de voar. É relevante notar que embora sejam narrativas que se assemelhem a fábulas ou estórias, contêm, não obstante, não apenas relatos da praticidade desses aparelhos em pleno vôo, mas freqüentes e interessantes instruções de como construí-los

2. Registros semelhantes existem na literatura da Coréia. Um dos textos narra um inventor chamado Jung Pyung Goo que criou um aeroplano dotado de hélices que giravam na parte de cima do seu aparelho, o qual podia viajar a longas distâncias e era capaz de levantar e baixar vôos na vertical à semelhança dos modernos helicópteros. Ele o construiu com base em instruções contidas em documentos antiquíssimos e utilizou seu invento durante a Guerra Im Jin (entre a Coréia e o Japão em 1592-1597) para libertar um amigo que corria perigo e era prisioneiro no Forte Jin Joo, resgatando-o e levando-o a salvo para um local situado a 48 Km de distância 

3. A Suméria foi uma das mais bem sucedidas civilizações da antiguidade. Situada na região que mais tarde seria conhecida como Mesopotâmia (atual Iraque). A civilização sumeriana teve início em torno de 4.500 anos a.C., atingindo o ápice cultural em torno de 3.000 a.C. Floresceu entre os rios Tigre e Eufrates, que lhes garantia terras férteis, no que puderam aproveitar no desenvolvimento da agricultura. Foram inventores da escrita cuneiforme, provavelmente um dos primeiros sistemas de registro. Tinham conhecimentos de Astronomia, baseados na observação, tendo reconhecido os cinco principais planetas, distinguindo-os das estrelas. Encontramos também referências entre os sumérios sobre máquinas voadoras, nos relatos das visitas de deuses e seres superiores. Embaixo, vemos um entalhe sobre pedra narrando a visita de Ea In, que descendeu dos céus numa aeronave.
-
Entre os judeus, não podemos esquecer o estranho episódio narrado no Antigo Testamento (Quarto Livro dos Reis), em que Elias foi arrebatado numa carruagem de fogo com cavalos de fogo e que subiu, levantando um imenso redemoinho. Ezequiel (1, 4-28) teve a visão de um globo de metal, brilhante, envolto numa nuvem como um redemoinho e que emanava fogo. Viu também umas "rodas brilhantes" que emanavam luz azulada (da cor do mar) e que tinham dentro de si outras "rodas menores" feitas de metal que giravam continuamente; tinham uma grandeza e altura nunca visto antes e tinham muitas lamparinas e muitos olhos em todos os seus lados (seriam janelas ?). Essas rodas pairavam acima de quatro objetos metálicos móveis que o profeta os compara com animais. Quando esses moviam, as rodas os acompanhava, quando os "animais" paravam, as rodas também paravam. Tudo brilhava como se fosse um cristal de brilho inigualável e (ao moverem-se) faziam um som como de muitas águas, ou como o murmúrio de uma grande multidão.
-
De todos os relatos antigos sobre a ocorrência de máquinas voadoras em passado remoto, nenhum se compara com as referências à Índia. Os Vedas, antigos tratados filosóficos e religioso da Índia antiga, estão repletos de narrações sobre essas máquinas voadoras. O termo utilizado é , proveniente do Sânscrito e que significa literalmente objeto celestial (objeto que pode voar nos céus) ou máquina voadora. Um sinônimo da palavra em Sânscrito é ou nau de onde derivou a palavra latina navio, nau ou nave. Desta forma, significa literalmente, nave ou aeronave.
No Rig-Veda, o mais antigo dos textos védicos e a mais antiga escritura conhecida, há uma referência à chegada de Vata ou Vayu o semi-deus do vento.
Olhe a grandeza da carruagem ( ) de Vata,
Irrompendo ela vai,
Como um trovão é seu ruído,
que toca aos céus
e produz uma luz brilhante
(um clarão avermelhado)
num turbilhão de poeira sobre a terra.
--- Rig-Veda

O Mahabharata, o Ramayana e o Srimad-Bhagavatam, que estão entre as Escrituras Sagradas mais reverenciadas da Índia, estão repletos de descrições várias sobre essas aeronaves. São descritas desde naves de transporte individual (para um só passageiro) até estruturas mais complexas compreendendo muitos andares e algumas são descritas como pequenas cidades. Umas, ao se moverem, fazem um barulho de trovão com descarga de fogo e fumaça, enquanto outras aeronaves produzem um som melodioso sem emissão de fogo e gases, e outras ainda são completamente silenciosas.
-
Um comentário sobre Ayodhya, a capital do reino do Senhor Ramachandra, é reproduzido a seguir:
-
"As sete maiores cidades do Reino do Senhor Rama, eram conhecidas como 'As sete cidades dos Sábios'. De acordo com os textos antigos indianos, as pessoas tinham máquinas voadoras denominadas . O antigo épico hindu descreve um como uma aeronave circular de duplo-pavimento com janelas circulares e uma cúpula de vidro muito semelhante com as descrições conhecidas de disco voadores ou, ainda, de formatos cilíndricos. Havia pelo menos quatro diferentes tipos de que podiam viajar a velocidade do vento." 

4.No Srimad-Bhagavatam entre inúmeras citações encontramos a seguinte passagem:

"Certa vez, enquanto o Rei Citraketu estava viajando no espaço exterior em um brilhante e refulgente aeroplano que lhe foi presenteado pelo Senhor Vishnu . . . " 

5.--- Srimad-Bhagavatam Sexto Canto , 

Parte 3

O Mahabharata descreve o aeroplano pertencente ao malévolo Salva, feito de ferro e que podia viajar a grandes velocidades, pairar, mover-se em qualquer direção em zig-zag, causar a ilusão de ser muitos ou ficar completamente invisível.
-
Os não se prestavam apenas para o transporte utilitário de passageiros, mas eram utilizadas desde passeios de lazer até o uso militar. Existem descrições de verdadeiras batalhas aéreas envolvendo atacando outros ou destruindo exércitos em terra. A literatura não é somente pródiga em descrições acerca das atividades e usos dessas aeronaves, mas existem textos que explicam minuciosamente os processos de construí-las. 
-
Entre esses textos os mais famosos são o Vaimanika-sastra, o Samarangana Sutradhara, o Dronaparva (parte do Mahabharata) e outros. 
-
O Droanaparva descreve um tipo de feito de ferro, no formato de uma esfera e que podia se mover em todas as direções a grandes velocidades devido a expulsão de um poderoso jato de ar, gerado pela combustão de mercúrio. O Samarangana Sutradhara informa sobre máquinas de ferro de formas aerodinâmicas movidas a mercúrio e que ejetavam uma chama de fogo de barulho ensurdecedor pela parte traseira do veículo.
-
No Samarangana Sutradhara, diversos tipos de aeronaves são mencionadas com detalhes acerca de seus usos e construções. Nesse tratado, a palavra aparece apenas uma vez. O termo comumente empregado é yantra, que significa máquina. Existem yantras com um aparelho propulsor (motor), dois, quatro e muitos. 
-
Os descritos com propulsão a mercúrio, ou outro líquido, são ditos como producentes de ruídos ensurdecedores. Uma observação bastante interessante é feita com respeito aos que usam duas asas e que ejetam chamas de fogo e fumaça ou que apenas ejetam uma forte corrente de ar: esses não podem se mover para trás ! Alguns são descritos como movidos a sons musicais, ou tonalidades melodiosas; esses são muito versáteis e muito velozes, quanto à maneira de voar. Alguns são fabricados de madeira leve e resistente, enquanto outros são feitos de ferro. Há uma distinção entre os usados para deslocamentos de um local para outro em viagens curtas, os utilizados para longas distâncias e aqueles usados para viagens interplanetárias. Essas diferenças fazem-se verificar nos materiais usados e na forma a que são movidos, segundo tipo de viagem a que se destinam.
-
Os também são associados com o termo laghima, traduzido como anti-gravidade. Nessa associação, algumas máquinas voadoras são impulsionadas por essa energia mental, responsável pela habilidade de levitar dos yogis. O Vaimanika-shastra, descreve esse tipo de aeronave movida a laghima juntamente com o tipo mecânico. Neste tratado, existem vários capítulos dedicados à construção de vários tipos de , mecânicos e movidos a energia sutil.
-
Notemos que à época em que os desenhos foram feitos, em 1923, estávamos ainda muito distantes da década de 60, quando teve início a exploração espacial moderna em que o projeto Gemini e Apolo usavam cápsulas espaciais de formato cônico para facilitar a reentrada na atmosfera terrestre. O desenho do Shakuna- 6 (abaixo) foi executado pelo mesmo T. K. Ellapal seguindo as mesmas referências de escrituras antigas. Nesse trabalho, vemos um modelo bastante avançado.
-
Outros textos védicos antigos fazem claras referências às aeronaves do passado. O Kautilya-Astrashastra menciona várias classes de homens de negócio ou tecnocratas, entre eles os kaubhikas "capazes de conduzir aeronaves com muita habilidade". Outro termo significativo é akasha-yodhinah que signica "aquele que pode lutar do céu". No Yuktikalpataru de Bhoja (300 a.C), nos versos 48-50, há uma clara menção aos .
-
Muitos desses textos eram guardados no maior segredo, pois a tecnologia dos jamais poderia cair em mãos erradas, pois havia o risco de serem utilizadas de forma bastante destrutiva. Quanto às aeronaves de passeio, há descrições de como as classes mais abastadas costumavam sobrevoar as cidades em suas aeronaves e até assistiam apresentações de dança e teatro do alto, no conforto de suas .
-
Essas aeronaves eram dotadas de conjunto de lentes e espelhos especiais, que criavam a ilusão de que uma única nave parecesse ser um grupo de muitas, de parecerem paradas quando estavam em fuga ou de parecerem estar em movimento quando estivessem paradas. Às vezes podiam desaparecer por completo, saindo do campo de visão de qualquer potencial agressor, simulando truques de invisibilidade.
-
Antes da eclosão da Segunda Guerra Mundial, sabe-se que especialistas alemães visitavam com freqüência a Índia e o Tibet, sempre a procura de textos relacionados com tecnologias da antiguidade. O mesmo interesse foi despertado em especialistas soviéticos, durante o período da guerra-fria, com finalidades de pesquisar tecnologias referentes aos , não se sabe se para otimizar o programa espacial ou de armamentos bélicos. Curiosamente, cientistas soviéticos descobriram em cavernas do Deserto de Gobi e no Turquestão o que eles mesmos denominaram "instrumentos antigos usados em veículos de navegação cósmica". Os 'instrumentos' são objetos hemiféricos feitos de vidro ou porcelana, tendo um cone em uma extremidade com uma gota de mercúrio dentro.
-
As partes mais interessantes dos tratados originais relacionados aos não se encontram mais disponíveis. Na verdade sempre foram considerados textos secretos. O que se sabe, contudo, é que existem muitas referências a esses tratados em outros trabalhos que os mencionam; alguns tão antigos quanto os originais, outros como comentários posteriores e mesmos esses , não obstante, são textos igualmente antigos e de reconhecida fidedignidade.
-
Parece que não há muita novidade, nos tempos atuais. Pelo menos, nada do que não se tenha pensado antes. Assim como o termo nave, que se refere a um objeto de navegação moderno, na verdade provém de um termo igualmente empregado em tempos remotos ( em Sânscrito), não apenas o termo, mas o próprio objeto, como conceito, parece já ter existido. Uma curiosidade, é que na antiguidade, e mesmo agora, a cúpula ou abóbada principal dos Templos na Índia são chamadas de nave ou , da mesma forma que nos Templos e Igrejas modernas, aqui no Ocidente. 
-
É realmente muito bom olhar para o passado e perceber que muito da tecnologia da qual dispomos hoje parece ter sido, em algum momento, bastante comum. Pelo menos isso nos retira um pouco da vaidade e arrogância por sermos capazes de dominar tecnologias avançadas. Por outro lado, podemos imaginar que a civilização humana parece caminhar em círculos: criando e recriando, descobrindo e redescobrindo, conhecendo e esquecendo as coisas que nos facilite a existência. Isso não significa dizer que não somos realmente criativos, originais. Significa sim, que em todos os momentos em que estivermos diante de desafios, podemos encontrar soluções. 
-
As soluções podem ser semelhantes, em essência, mas diferentes nos detalhes; isso porque, estamos sempre diante dos mesmos desafios, dos mesmos obstáculos, não importa se estamos numa situação de utilizarmos nossos poderes intuitivos ou racionais. O que realmente importa é que tenhamos consciência de nossa incrível capacidade de inventar ou construir aquilo que nos sobrevém em sonhos.

Referências e Créditos

1- Foto originalmente publicada no site www.stevequayle.com
2- Dr. Benjamin B. Olshin, "Mechanical Mythology: Private Descriptions of Flying Machines as Found in m.mEarly Chinese, Korean, Indian, and Other Texts" 
3- Kwon Tokkyu, em um texto coreano de 1923 
4- D. Hatcher Childress, "Ancient Indian Aircraft Technology Anti-Gravity Handbook" 
5- A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, "Srimad-Bhagavatam, Publicado pela BBT - Los Angeles, 1975"
6- Imagens originalmente publicadas no site -- www.atributetohinduism.com

LEIAM TAMBÉM ESTA MATÉRIA Vimanas


O Império Rama existiu há pelo menos 15.000 anos atrás, no norte da Índia. Aparentemente, existiu paralelo à civilização atlante (que, pelos cálculos de Platão, deve ter sido destruída há 12.000 anos atrás). Possuía cidades sofisticadas, muitas ainda a serem encontradas no deserto do Paquistão, norte e nordeste da Índia. Algumas cidades com 5.000 anos já foram encontradas por arqueólogos, e são literalmente inexplicáveis. Numa época em que as pessoas deveriam estar vivendo em tendas (se formos nos basear pelo Egito) essas cidades já possuíam sistema de irrigação, esgoto, largas avenidas e iluminação pública. E o mais fascinante: quanto mais escavam, mais encontram vestígios de outras cidades, ainda mais antigas, e ainda mais modernas! Infelizmente os pesquisadores se defrontaram com um lençol d'água e não podem cavar mais.

As sete grandes capitais do Império Rama são conhecidas nos textos Védicos como As sete cidades Rishi.
-
De acordo com os textos, esse povo utilizava-se de máquinas voadoras que eram chamadas de Vimanas. Ele voava na "velocidade do vento" e produzia um "som melodioso". Decolavam verticalmente e podiam pairar no ar, como um helicóptero. Havia pelo menos quatro tipos diferentes de Vimanas: Um dos tipos é descrito exatamente como imaginamos um disco voador "clássico": circular, com portinholas e um domo. Outros em forma de pires, e outros ainda como um longo cilindro (em forma de cigarro). Todos batem exatamente com descrições de discos voadores feitas no mundo todo, por pessoas que com certeza desconhecem os Vedas.

Os textos antigos sobre os Vimanas são muitos, e envolvem desde a construção de um Vimana até manuais de vôo dos vários tipos de naves, alguns dos quais foram traduzidos para o inglês.

O Samara Sutradhara é um tratado científico lidando com todos os aspectos possíveis dos Vimanas. São 230 tópicos lidando com construção, decolagem, vôos cruzeiros, aterrissagem normal, forçada, e até mesmo a possibilidade de colisão com pássaros (!)

Em 1875 foram redescobertos manuscritos do século 4 a.C. escritos por Bharadvajy, "o sábio",que utilizou textos ainda mais antigos como base. Chama-se Vymaanika-Shaastra, e lida com a forma de pilotar os Vimanas, precauções com vôos longo, proteção contra tempestades e relâmpagos, e como voar com a energia solar. Possui 8 capítulos com diagramas que mostram os tipos de naves, incluindo aparatos que nunca quebravam ou se incendiavam. Também menciona 16 materiais que absorvem luz e calor, essenciais para a construção dos Vimanas. Este documento foi traduzido para o inglês com o nome VYMAANIDASHAASTRA AERONAUTICS, por Maharishi Bharadwaaja, impresso e publicado por Mr. G. R. Josyer, Mysore, India, em 1979.

O Ahnihotra-Vimana possuía dois motores, enquanto o Vimana-elefante possuía mais (outros tipos levavam nomes de outros animais, como o Íbis). A propulsão dos Vimanas é envolta em controvérsia. Em uns textos diz ser movida por um líquido amarelo-esbranquiçado (gasolina?), e algumas vezes por um tipo de composto de mercúrio. Em outro ainda é movida por pulsos (vibração).

Interessante notar que os nazistas desenvolveram motores baseados em pulsos para as suas bombas V-8. Hitler era especialmente interessado na Índia, e mandava expedições para lá e para o Tibet, ainda nos anos 30. Diz-se, inclusive, que eles conseguiram reproduzir o Vimana e fugiram com ele para a Antártida, para formar o 4º Reich (pessoalmente não acredito nisso, mas que eles estavam tentando fazer, estavam. Tem inclusive com fotos dos esquemas alemães de construção que foram capturados pelos aliados).

De acordo com o Dronaparva e o Ramayana, partes do gigantesco épico Mahabarata, um Vimana é descrito como uma esfera que se movia à grande velocidade, em todas as direções, impulsionada por um "vento poderoso" gerado por mercúrio. No Samar, outro texto Hindu, os Vimanas são "máquinas de aço sem emendas, com uma descarga de mercúrio que saía da traseira na forma de uma forte labareda."

Curiosamente, cientistas soviéticos descobriram o que eles chamam de "antigos instrumentos de navegação para veículos cósmicos" em cavernas no Turquistão e no deserto de Gobi. Os aparelhos são objetos esféricos de vidro ou porcelana, que terminam num cone com um pingo de mercúrio dentro.

Acredita-se que o povo Hindu voou nesses veículos por toda a Ásia, Atlântida e - aparentemente - para a América do Sul. Escritos achados em Mohenjodaro, no Paquistão (presumivelmente uma das "7 cidades Rishi do Império Rama") e ainda não decifrados, também foram encontrados em outro lugar do mundo: Ilha de Páscoa!! Essa escrita, chamada de Rongo-Rongo (também não-decifrada) é incrivelmente similar à de Mohenjodaro. 

Voar nessas máquinas não era uma exclusividade dos Hindus: O Hakatha (Leis dos Babilônicos) atesta que "o privilégio de operar uma máquina voadora é grande. O conhecimento do vôo é uma das nossas heranças mais antigas. Um presente dos que vieram do alto. Nós o recebemos como um meio para salvar muitas vidas."

Infelizmente todo conhecimento é sempre usado para a guerra. Os Atlantes, de acordo com os textos Hindus, usaram suas máquinas voadoras, chamadas de Vailixi, para subjugar o mundo. Eram conhecidos como Asvins e aparentemente eram mais avançados tecnologicamente que os Hindus, e certamente mais bélicos.

No Mahabharata vemos a descrição de um ataque nuclear: 

"Gurkha, voando a bordo de um Vimana de grande potência, lançou sobre a tríplice cidade um projétil único, carregado com a potência do Universo. Uma coluna incandescente de fumaça e fogo semelhante a 10 mil sóis se elevou em seu esplendor. Era uma arma desconhecida, o Raio de ferro, um gigantesco mensageiro da morte,que reduziu a cinzas toda a raça dos Vrishnis e dos Andhakas. Os corpos ficaram tão queimados que se tornaram irreconhecíveis;
Os cabelos e unhas dos que sobreviveram caíram; A cerâmica quebrou sem causa aparente, e os pássaros ficaram brancos;
...Após algumas horas todos os alimentos estavam infectados...
...para escapar do fogo os soldados se jogaram nos rios,para lavarem-se e aos equipamentos."


Quando a cidade de Mohenjo-Daro foi escavada por arqueologistas no século 19, eles acharam esqueletos estirados nas ruas, alguns deles de mãos dadas, como se estivessem esperando a morte. Estes esqueletos estão entre os mais radioativos já encontrados, similares aos de Hiroshima e Nagasaki.

Cidades antigas, cujos muros e calçadas foram literalmente vitrificados podem ser encontradas na Índia, Irlanda, Escócia, França e Turquia. Não há explicação lógica para isso, pois é necessário um intenso calor, semelhante ao de um ataque atômico, para derreter e vitrificar esses blocos de pedra.

Mas Mohenjo-Daro - que foi projetada em quarteirões e com um sistema de encanamento superior aos usados na Índia e Paquistão atualmente - possuía espalhado nas ruas várias "formas negras de vidro". Descobriu-se depois que essas formas nada mais eram do que potes de argila que derreteram e vitrificaram sob intenso calor!

É interessante notar que, quando Alexandre "O Grande" invadiu a Índia (há mais de 2000 anos atrás) seus historiadores relatam que, num certo ponto da batalha foram atacados por "brilhantes escudos voadores" que mergulharam contra o seu exército e assustaram a cavalaria.

Outras armas fantásticas, presentes no Mahabharata, são o Dardo de Indra, operado através de um "refletor" circular. Quando ligado, produzia uma "coluna de luz" que consumia tudo o que tocava. É o que hoje nós conhecemos por "laser" (Isso me lembra Austin Powers 2!). Em outro trecho do poema o herói (Krishna) está perseguindo seu inimigo, Salva, no céu, quando o Vimana de Salva fica invisível (assim como os UFOs fazem hoje em dia). Krishna imediatamente usa mão de uma arma especial: "Eu rapidamente disparei uma flecha incandescente, que matava guiando-se pelo som". (James Bond não faria melhor... e isso foi escrito há mais de 6.500 anos!)

Fonte: 
Vedic Theories of Creation - Vimanas

Referências e Créditos

1- Foto originalmente publicada no site www.stevequayle.com
2- Dr. Benjamin B. Olshin, "Mechanical Mythology: Private Descriptions of Flying Machines as Found in m.mEarly Chinese, Korean, Indian, and Other Texts"
3- Kwon Tokkyu, em um texto coreano de 1923
4- D. Hatcher Childress, "Ancient Indian Aircraft Technology Anti-Gravity Handbook"
5- A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada, "Srimad-Bhagavatam, Publicado pela BBT - Los Angeles, 1975"
6- Imagens originalmente publicadas no site -- www.atributetohinduism.com


UFOLOGIA: “Bola de fogo” ilumina céu e assusta moradores na Escócia
UFOLOGIA: ALIENÍGENAS MANTEM BASE NA LUA?
UFOLOGIA: AVISTAMENTO COLETIVO DE OVNI EM MINAS GERAIS (2016)
UFOLOGIA: AVISTAMENTOS OCORREM POR TODO O MUNDO
UFOLOGIA: AVISTAMENTOS, VARIAS OCORRENCIAS
UFOLOGIA: BASES SUBTERRÂNEAS, CRIANÇAS DESAPARECIDAS E EXTRATERRESTRES.
UFOLOGIA: CASO NAGORA, OCORRIDO EM ST.LORENZEN, AUSTRIA EM 1971
UFOLOGIA: CASO ROSWELL UFOS: SURGEM NOVOS FATOS, AGORA NO PARANÁ BRASIL
UFOLÓGIA: CÓDIGOS OVNIS ALIENIGENAS – TODOS DEVERIAM VER!
UFOLOGIA: EX-MILITAR DECLARA EM ENTREVISTA DE TV QUE TRABALHOU COM ETS
UFOLOGIA: EZEQUIEL (BÍBLIA) TEVE UMA MANIFESTAÇÃO DE OVNIs?
UFOLOGIA: IMAGENS DE SONDA CHINESA MOSTRAM SUPOSTA BASE ALIENIGENA NA LUA
UFOLOGIA: INVASÃO - DOCUMENTÁRIO SOBRE OVNIS (COMPLETO DUBLADO)
UFOLOGIA: MARCAS EM PLANTAÇÕES DE CANA, ITATIBA SP
UFOLOGIA: MISTÉRIOS, OVNIS, UFOS, CIRCULOS EM PLANTAÇÕES SE NÃO SÃO REAIS POR QUE NÃO EXPLICAM
UFOLOGIA: OS LUGARES DE MAIOR AVISTAMENTOS DE OVNIS
UFOLÓGIA: OVNI NA SERRA DA MATIQUEIRA ESTADOS SP/RJ/MG/ NO BRASIL
UFOLOGIA: OVNI, UFO ASSUNTOS POLEMICOS
UFOLOGIA: OVNI, UFO, AVISTAMENTOS INEXPLICÁVEIS
UFOLOGIA: OVNI, UFO, AVISTAMENTOS POR TODO O MUNDO
UFOLOGIA: OVNIS ANALISADOS E ACEITOS COMO VERDADEIROS
UFOLOGIA: OVNIS ANALISADOS E ACEITOS COMO VERDADEIROS
UFOLOGIA: OVNIS AVISTADOS PRÓXIMO A BASE AÉREA DE MALMSTROM, MONTANA – EUA
UFOLOGIA: OVNIS UFOS APARIÇÕES FILMADAS EM VARIAS DATAS
UFOLOGIA: Relatos de OVNIs, Anunnaki, Reptilianos verdades ocultas
UFOLOGIA: RESULTADO DE PESQUISA SOBRE OVNI, UFO E ALIENÍGENAS
UFOLOGIA: SOLDADOS AMERICANOS DESAPARECEM APÓS ENCONTRAR UM VIMANA EM CAVERNA DO AFEGANISTÃO
UFOLOGIA: TEORIAS E CONSPIRAÇÕES, ALERTA OVNI
UFOLOGIA: VIMANAS, AERONAVES DA ANTIGA ÍNDIA, SAIBA O QUE SÃO!


Continue lendo...

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR

Mais Populares

Seguir por E-mail

 
Copyright © 2016 REVELANDO VERDADES OCULTAS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top