Mostrando postagens com marcador Revelando Verdades Ocultas. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Revelando Verdades Ocultas. Mostrar todas as postagens

22 março 2017

Explicação para Stonehenge, uma falsa "construção antiga" foi construída no tempo moderno? (Veja Vídeo)

Stonehenge, uma falsa construção antiga 01
De acordo com o que temos conhecido há algum tempo saber, o incrível complexo de pedra em Wiltshire, Inglaterra foi construído de acordo com arqueólogos e estudos em algum lugar de 3000 aC a 2000 aC. Radiocarbon datando em 2008 sugeriu que as primeiras pedras foram levantadas entre 2400 e 2200 aC, enquanto outra teoria sugere que bluestones pode ter sido levantada no local tão cedo quanto 3000 aC. Mas e se tudo isso fosse parte de alguma piada realmente grande? É possível ser um "Stonehenge falso"?
De acordo com imagens que surgiram na internet recentemente, esta incrível construção poderia vir a ser ... bem ... não tão incrível depois de tudo. É possível que Stonehenge tenha sido construído recentemente? As imagens a seguir irão responder a essa pergunta para você.
Continue lendo...

18 março 2017

Fiscal que denunciou 'Carne Fraca' diz que descobriu crimes após retaliação

Daniel Teixeira diz que foi afastado das atribuições porque era 'criterioso'.
Ele ressalta que, apesar das denúncias, carne nacional tem qualidade

image

Denúncias do auditor fiscal federal agropecuário Daniel Gouvêa Teixeira de que carnes estragadas e fora de padrão eram vendidas por frigoríficos da região de Curitiba foram a origem da Operação Carne Fraca, deflagrada nesta sexta-feira (17), na qual funcionários do governo e de grandes empresas do ramo foram presos.

O auditor afirma que só conseguiu investigar as fraudes, em 2014, porque foi afastado de atribuições pelos chefes da Superintendência Federal da Agricultura no Paraná. Ele diz que essa era uma prática comum com profissionais que fiscalizaram as empresas corretamente e incomodavam o esquema.

"A minha ex-chefe [Maria do Rocio Nascimento] tinha me tirado atribuições. Então, eu tive mais tempo para fiscalizar melhor os frigoríficos. A gente tem, geralmente, cinco, seis ou sete frigoríficos para cuidar. É impossível fazer um bom trabalho com esse número. Como sou mais criterioso e as empresas reclamavam de mim, eu fiquei só com dois, por retaliação. Foi aí que me debrucei em toda a pesquisa da fraude", conta ao G1.

Maria do Rocio do Nascimento, chefe do Serviço de Inspeção de Produto de Origem Animal (Sipoa) em Curitiba, presa nesta sexta-feira, é considerada a líder do esquema de fraudes pela polícia.

Teixeira diz que analisou o estoque dos frigoríficos Peccin Agroindustrial Ltda./Italli Alimentos, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), e Souza Ramos Ltda., de Colombo, ambas citadas na investigação da Polícia Federal (PF). Até a publicação desta reportagem, as empresas não haviam se pronunciado sobre as denúncias.

O auditor afirma ter notado, durante as fiscalizações, que dezenas de carretas carregadas com carne mecanicamente separada - cartilagens e carcaças de frango moídos utilizados para substituir a "carne suculenta" - constavam a mais nas planilhas dos frigoríficos.

"A conta não fechava. O erro, se fosse um erro de compras, teria sido um erro em torno de 47 carretas de 27 toneladas [o que equivalente a 1.269 toneladas]. Era um absurdo. Nenhuma empresa erraria isso. Foi aí que comecei a duvidar e investigar", conta.

A carne mecanicamente separada custa quase a metade do que a carne com padrão aceito pelo Ministério da Agricultura e tem muito mais gordura e água, o que pode causar graves doenças, a longo prazo, de acordo com o auditor. Há um limite para que esse tipo de alimento seja usado, o que era totalmente descumprido no caso de Peccin e Souza Ramos.

"Com o custo bem abaixo do que outros, as empresas que se utilizavam desse método concorriam desigualmente e ganhavam licitações, além de terem muito mais vantagem nas vendas nas gôndolas de mercados, por exemplo", explica o denunciante.

A partir disso, com o decorrer das investigações, o fiscal narra ter percebido outros indícios de crimes: a quantidade de carne moída era muito baixa e as máquinas eram adaptadas para fraudar as carnes.

Foi quando Teixeira decidiu denunciar o que via à polícia. O fiscal conta que, ao longo das fiscalizações, o que mais lhe chocou foi ver a compra, preparo e venda de carnes estragadas, "verdes", como ele próprio descreve.

"Ouvi relatos de funcionários que utilizavam carnes verdes, podres. Esses produtos eram limpos com ácido sórbico, para esterilizar, e vendidos. Isso é desumano. É uma deslealdade tremenda". O ácido sórbico, encontrado no frigorífico Peccin, tem substâncias comprovadamente cancerígenas, diz a investigação.

Políticos e lobistas
Daniel Corrêa Teixeira relata que políticos e lobistas eram vistos "quase que diariamente" na Superintendência Federal da Agricultura, em conversas com os chefes de serviço e superintendentes.

"Recebíamos diariamente visitas de lobistas, de políticos e era para tratar justamente dos interesses particulares das empresas. Isso era muito comum até três anos atrás. Depois da [Operação] Lava Jato, tudo ficou mais discreto", declara.

Consumo de carnes
O auditor fiscal ressalta que, apesar das denúncias, é errôneo generalizar que a carne vendida no Brasil é ruim. "Não adianta pensarmos que toda a carne vendida no Brasil é ruim, que toda a fiscalização é corrupta, porque isso é mentira. Nosso produto é muito bom e é por isso que somos destaque na importação. Não vamos criar algo que não existe".

Para Teixeira, a melhor forma de combater fraudes na venda de carnes é cobrar e fiscalizar autoridades. "O consumidor não deve parar de comprar carne. O que ele deve fazer é fiscalizar. Cobrar o Ministério da Agricultura para que ele divulgue quem são as empresas fraudadoras, cujos nomes eles já têm em mãos. Se tivermos conhecimento, podemos escolher o que nos é bom", orienta.

Defasagem
Há defasagem de cerca de 1.000 auditores fiscais federais agropecuários no Brasil, de acordo com Teixeira, que também atua como delegado do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical). Para ele, é isso que gera oportunidades para que crimes como os deflagrados na Carne Fraca sejam praticados.

"O Ministério da Agricultura não repõe o quadro de auditores fiscais, que é extremamente defasado, o que abre oportunidade para as empresas praticarem fraudes como essas. Além disso, todos os cargos altos são ocupados estrategicamente por indicações políticas, quando deveria ser por meritocracia. Se não houver condições para trabalhar, infelizmente, a qualidade do que é consumido pelos brasileiros fica comprometida".

FONTE: G1

Continue lendo...

12 março 2017

A Sociedade Idiotizada, Mais um alerta (Completa)

SORRIA VC ESTA SENDO IDIOTIZADO

 

Existe um esforço deliberado por parte do governo para idiotizar as massas? É difícil provar isto, mas existe uma grande quantidade de dados que confirma que a elite governante não somente tolera, mas também define políticas que têm um efeito prejudicial sobre a saúde física e mental da população.

 

Esta série de artigos examina os muitos modos como o homem moderno está sendo idiotizado.

A Sociedade Idiotizada, Mais um alerta (Completa) by ORIGINAIS NEWS on Scribd

Continue lendo...

09 março 2017

SEGREDO REVELADO: COMO FUNCIONAM OS HOSPITAIS DOS HÍBRIDOS REPTILIANOS EM NOSSO MUNDO

reptelianos rainha

A controvérsia tornou-se o mantra do turbilhão que é a vida de David Icke ao longo das últimas décadas.


Desde o início dos anos 90, ele desafiou os parâmetros das pessoas da realidade, sugerindo que nem tudo é o que parece em relação ao modo como nosso mundo é administrado.

O veredicto de Davi é claro; As pessoas que estão no topo de nossas estruturas de poder estão escondendo um segredo sinistro, que faria alguém parecer louco se fosse verbalizado.

 

VEJA A MATERIA COMPLETA ABAIXO E TAMBEM O VÍDEO:

Segredo Revelado: Como Funcionam Os Hospitais Dos Híbridos Reptilianos Em Nosso Mundo by ORIGINAIS NEWS on Scribd

VIDEO:

Continue lendo...

02 março 2017

O mistério está revelado no Livro de Enoque, A Verdade por trás das Pirâmides do Egito

A Verdade por trás das Pirâmides do Egito

 

O mistério está revelado no Livro de Enoque, A Verdade por trás das Pirâmides do Egito

 

 

LIVRO DE ENOQUE

 

Os Etíopes traduziram o Livrode Enoque em Ge’ez, e tiveram bastante respeito para cuidar dele.Enquanto isso, todas as versões hebraicas desapareceram, mas uma partesubstancial do livro sobreviveu em Grego, e algumas partes em Aramaico,mas até que o viajante Escocês e franco-maçom, James Bruce, retornou daEtiópia em 1773 com três manuscritos, ninguém no ocidente jamais tinha vistoo livro inteiro.

O Livro de Enoque by lucinda34247 on Scribd

Continue lendo...

25 fevereiro 2017

A maioria das religiões afirma que os seres humanos podem ser possuídos por espíritos demoníacos

exorcismo
Demônio e possessão não são apenas coisas de filmes e séries de TV – na verdade, fazem parte de uma das crenças religiosas mais comuns do mundo.
A maioria das religiões afirma que os seres humanos podem ser possuídos por espíritos demoníacos, embora haja algumas diferenças entre elas.
A Bíblia, por exemplo, relata seis casos nos quais Jesus expulsou demônios (embora diversas passagens deste livro sagrado sejam abertas a interpretação). A Igreja Católica é conhecida por já ter feito exorcismos para resolver a ameaça da possessão.
A ideia de que espíritos invasores são inerentemente maus é um conceito judaico-cristão. Outras religiões e sistemas de crenças aceitam posse por ambas entidades beneficentes e malévolas por curtos períodos de tempo, como um aspecto da vida espiritual – por exemplo, o Espiritismo.
Adeptos da Nova Era também já adotaram uma forma de posse chamada canalização, em que espíritos de mortos usam o corpo de um médium para se comunicar através dele (Chico Xavier pode ser um exemplo de médium). Centenas de livros e até mesmo algumas sinfonias foram supostamente compostos por espíritos.

Exorcismo ficcional

 

Hollywood, é claro, não perde tempo em capitalizar sobre a contínua fascinação do público com o exorcismo e a possessão demoníaca, patrocinando filmes muitas vezes taxados de “baseados em uma história verdadeira”.
Existem inúmeros filmes com o tema do exorcismo, como o “O Exorcismo de Emily Rose”, “Filha do Mal” e “O Ritual”. A maior influência cultural do gênero vem do clássico “O Exorcista”.
Nas semanas após o filme ter sido lançado, em 1974, um centro católico em Boston (EUA) recebeu pedidos diários para exorcismos.
Tal roteiro foi escrito por William Peter Blatty, adaptado de seu best-seller de 1971 de mesmo nome. Blatty afirmou que a inspiração para o filme foi um artigo do jornal Washington Post que ele leu em 1949, sobre um menino de Maryland (EUA) que tinha sido exorcizado.
Blatty acreditava (ou dizia acreditar) que era um relato preciso, embora mais tarde pesquisas tenham revelado que a história havia sido sensacionalizada e estava longe de ser credível.
Michael Cuneo, em seu livro “American Exorcism: Expelling Demons in the Land of Plenty”, (em português, algo como “Exorcismo Americano: Expulsando Demônios na Terra da Abundância”), credita Blatty e o “O Exorcista” a grande parte do interesse moderno no exorcismo.
Quanto a sua precisão histórica, porém, Cuneo caracteriza o trabalho de Blatty como uma enorme estrutura de fantasia que repousa sobre o alicerce frágil do diário de um padre.
Realmente houve um menino que sofreu um exorcismo, mas praticamente todos os detalhes sensacionais que aparecem no livro e no filme foram exagerados ou literalmente inventados.

Exorcismo real

 

A palavra exorcismo deriva da palavra grega “exousia” que significa juramento. Conforme o estudioso religioso James R. Lewis explica em seu livro “Satanism Today: An Encyclopedia of Religion, Folklore, and Popular Culture” (em português, algo como “Satanismo Hoje: Uma Enciclopédia de Religião, Folclore e Cultura Popular”), “exorcizar, portanto, significa algo ao longo das linhas de colocar o espírito possuído sob juramento – invocando uma autoridade superior para compelir o espírito – em vez de verdadeiramente ‘expulsá-lo’”.
Isso fica claro quando a entidade demoníaca é ordenada a deixar a pessoa não pela autoridade de um sacerdote, mas, por exemplo, “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.
Enquanto muitos podem pensar que exorcismos reais são relíquias da Idade das Trevas, isso não é verdade: não só eles continuam a ser realizados, muitas vezes em pessoas que são apenas emocionalmente e mentalmente perturbadas, como podem ter finais trágicos.
Exorcismos são feitos em pessoas de fé religiosa forte. A medida em que exorcismos “funcionam” pode refletir o poder da sugestão e da psicologia: se você acredita que está possuído (e que um exorcismo irá curá-lo), então talvez “funcione”.
O Vaticano emitiu orientações oficiais sobre o exorcismo pela primeira vez em 1614, e as revisou em 1999. De acordo com a Conferência dos Bispos dos EUA, sinais de possessão demoníaca incluem força sobre-humana, aversão à água benta e capacidade de falar em línguas desconhecidas. Outros potenciais sinais de possessão demoníaca incluem cuspir, xingar e “masturbação excessiva”.
Além de um punhado de exorcistas sancionados do Vaticano, existem centenas de autointitulados exorcistas em todo o mundo.
Depois de assistir a 50 exorcismos durante a pesquisa para o seu livro, Michael Cuneo afirma que nunca viu nada de sobrenatural ou inexplicável: nenhuma levitação, ou cabeças girando, ou marcas de arranhões demoníacos que aparecem de repente no rosto de alguém – mas viu muitas pessoas emocionalmente perturbadas em ambos os lados do ritual.
Se os submetidos a exorcismo estão verdadeiramente possuídos por espíritos ou demônios não vem ao caso; o problema é que a crença na realidade literal da eficácia do exorcismo pode ter consequências ruins, mortais até.
Em 2003, um menino autista de 8 anos de Milwaukee, Wisconsin (EUA), foi morto durante um exorcismo por membros da igreja que culparam um demônio pela sua deficiência.
Em 2005, uma jovem freira na Romênia morreu nas mãos de um sacerdote durante um exorcismo depois de ser ligada a uma cruz, amordaçada e privada de comida ou água por dias em um esforço para expulsar os demônios.
O próprio filme famoso “O Exorcismo de Emily Rose” trata de um desses casos tristes. Esse roteiro, sim, é baseado em uma história de horror real: a de uma garota com problemas mentais que foi morta por padres exorcistas.
A alemã Anneliese Michel experimentou graves distúrbios psiquiátricos a partir dos 16 anos de idade até sua morte, aos 23 anos, sendo que seu quadro clínico era composto desde desnutrição secundária à doença mental.
Depois de vários anos de tratamento psiquiátrico sem resultado, ela recusou tratamento médico e solicitou um exorcismo.
As graves consequências atribuídas ao ritual de exorcismo sobre a jovem motivaram a abertura de um processo criminal pelos promotores de justiça locais contra os pais de Anneliese e os padres exorcistas, causando uma grande polêmica em toda a Europa.
Tanto os padres quanto os pais de Michel foram condenados por homicídio negligente por terem renunciado ao tratamento médico por meio do exorcismo.

LEIA TAMBÉM:

Exorcismo em muitas culturas antigas


Em muitas culturas antigas como a babilônica e judaica, algumas doenças e catástrofes naturais eram atribuídas aos espíritos malignos, desta forma, para livrar as pessoas destes males que as afligiam era utilizado o exorcismo, que nada mais é, de acordo com a enciclopédia católica:  “ato de expulsar, ou repelir, os demônios ou espíritos do mal de pessoas, lugares ou coisas, que...
LEIA MAIS...

Exorcismo, O caso Emily Rose (Este não e um caso isolado)


Historia de Emily Rose Anneliese Michael, foi uma jovem alemã que viveu com sua família católica na região de Klingenberg am Main (Alemanha), Anneliese  acreditava ter sido possuída por uma legião de demônios, sendo eles: Caim, Nero, Belial, Lúcifer, Hitler, Fleischmann , esse demônios são retratados no filme e sua autenticidade bastante questionável, tendo sido submetida a uma...
LEIA MAIS...









ENTREVISTA COM O PADRE EXORCISTA CÉSAR TRUQUI


O diabo não está em todos os lugares, mas… não o desafiem!   É preciso confessar: exorcismo e possessão diabólica, no geral, despertam em nossa mentalidade uma reação entre fascínio e aberta descrença. Coisa de filme, pensamos. Mas a prática de exorcismo é regulada pela Igreja com o ritual De exorcismis et supplicationibus quibusdam, adotado em 1998 em substituição do anterior (que...
LEIA MAIS...


Possessões, Obsessão, Exorcismos, Encosto,


Nas culturas egípcia, babilônica, assíria e judaica, atribuíam-se certas doenças e calamidades naturais à ação dos demônios. Para afastá-los, recorria-se a algum esconjuro ou exorcismo.  A cultura ocidental recebeu essas idéias através da Bíblia e do cristianismo primitivo. No cristianismo, exorcismo (do grego exorkismós, "ato de fazer jurar", pelo latim exorcismu) é a cerimônia que...
LEIA MAIS...
Continue lendo...

21 fevereiro 2017

Doenças que o próprio corpo cura, mas a mafia medica não quer que saibamos pois isso e prejuízo (Estamos sendo envenenados)


Doenças que o próprio corpo cura, mas a mafia medica não quer que saibamos pois isso e prejuizo (Estamos sendo envenenados)

https://www.youtube.com/playlist?list=PLACB231BB17BECA38

SAIBA TA NA NET REVELANDO VERDADES OCULTAS

Continue lendo...

16 fevereiro 2017

Evidência forte que suporta a existência de Atlantis

" Esta é provavelmente a maior descoberta da história mundial ", afirmou Maxine Asher, co-diretora de uma expedição científica que encontrou Atlantis no fundo do oceano, informou a United Press International e os principais jornais nos Estados Unidos durante o verão De 1973. 

UPI continuou que "Maxine Asher disse que mergulhadores encontraram dados para provar a existência da super-civilização que a lenda diz que afundou debaixo do mar milhares de anos atrás". 

"Os mergulhadores encontraram evidências de estradas e grandes colunas, algumas com motivos espirais concêntricos, no lugar exato descrito pelo filósofo grego Platão". 

"O grupo de cerca de 70 cientistas, professores e aventureiros foi endossado pela Universidade Pepperdine em Los Angeles, Califórnia."


clip_image001


O documento "História das Eras de Ouro" revela mais de 30 ruínas, incluindo pirâmides, cúpulas, estradas pavimentadas, edifícios retangulares, colunas, canais e artefatos que foram encontrados nos fundos oceânicos das Bahamas até as costas vizinhas da Europa e da África O vasto tamanho do continente perdido. 

Dezenas de historiadores e escritores famosos escreveram sobre a Atlântida que acreditavam que existia, como os mianes e astecas haviam dito aos seus conquistadores que eles vinham de Atlântida e Mu, sobre antigas tabuletas fotografadas no Peru mostrando esses dois continentes perdidos, Atlântida e Lemúria e mapas antigos Mostrando claramente Atlantis. 

Apenas algumas das ruínas até agora encontradas incluem: 

1. Uma pirâmide explorada pelo Dr. Ray Brown no fundo do mar das Bahamas em 1970. Brown foi acompanhado por 4 mergulhadores que também encontraram estradas, cúpulas, edifícios retangulares, instrumentos metálicos não identificados e Uma estátua com um cristal "misterioso" contendo pirâmides em miniatura. 

Os dispositivos de metal e cristais foram levados para a Flórida para análise em uma universidade lá.O que foi descoberto foi que o cristal amplificou a energia que passou por ele. 

2. Ruínas de estradas e edifícios encontrados na Ilha Binini na década de 1960 pelas expedições fotografadas e publicadas do Dr. Mansan Valentine. 

Ruínas semelhantes também foram fotografadas fora Cay Sal nas Bahamas. Ruínas submarinas similares foram encontradas fora de Marrocos e fotografadas 50 a 60 pés debaixo d'água. 

3. Uma gigantesca pirâmide de 11 quartos encontrou 10.000 pés debaixo de água no meio do Oceano Atlântico com um enorme topo de cristal , como relatado por Tony Benlk. 

4. Um relatório de 1977 de uma pirâmide enorme encontrada fora de Cay Sal nas Bahamas , fotografado pela expedição de Ari Marshall, aproximadamente 150 pés debaixo d'água. A pirâmide era de cerca de 650 metros de altura. 

Misteriosamente, a água circundante era iluminada por água branca e espumante que saía das aberturas da pirâmide e cercada por água verde, em vez da água preta por toda parte nessa profundidade. 

5. Uma cidade afundada a cerca de 400 milhas de Portugal encontrada por expedições soviéticas lideradas por Boris Asturua, com edifícios feitos de concreto e plásticos extremamente fortes. 

Ele disse que "os restos das ruas sugerem o uso de monorrelhas para o transporte". Ele também trouxe uma estátua. 

6. Uma acrópole de mármore debaixo de água em cinco acres de colunas caneladas levantadasem pilares. 

7. Heinrich Schilemann, o homem que encontrou e escavou as famosas ruínas de Tróia (que os historiadores pensavam ser apenas uma lenda), teria deixado um relato escrito de sua descoberta de um vaso de bronze com um metal desconhecido para os cientistas que o examinaram. Famoso Tesouro Priam. 

8.
Alexander : A cidade afundada descoberta no Triângulo das Bermudas por dois cientistas , Paul Weinzweig e Pauline Zalitzki. O local da cidade antiga - que inclui várias esfinges e pelo menos quatro pirâmides gigantes e outras estruturas.

image

Paulina Zelitsky em seu computador em Havana que estuda uma pedra pyramidal-shaped videotaped

No local de meia milha de profundidade em julho de 2001 por seu veículo operado remoto de ADC (ROV).


De acordo com um relatório de Arclein de Terra Forming Terra, Complexo Cubano de PirâmideSubmarina, a evidência aponta para a cidade sendo simultaneamente inundada com as águas ascendentes ea terra afundando no mar. Isso se correlaciona exatamente com a lenda de Atlantis.

image

  História Reconstrução do canal de Paul Weinzweig e varreduras de Pauline Zalitzki (via Ancient Aliens )


A descoberta foi ignorada pela maior parte, porque está fora do tempo e fora do lugar com a história oficial. 

Estima-se que teria levado 50 mil anos para tais estruturas terem afundado até a profundidade em que se diziam que eram encontradas, Iturralde acrescentou:


"Há 50 mil anos não havia a capacidade arquitetônica em nenhuma das culturas que conhecemos para construir edifícios complexos".

Você pode ler mais sobre a descoberta aqui e aqui

9.
AlexanderO metal raro da Atlântida, Orichalum, se recuperou do naufrágio

Orichalum é um metal que é mencionado em vários escritos antigos, incluindo a história da Atlântida no diálogo Critias, que foi gravado por Platão em torno de 360
​​aC. 

De acordo com o diálogo, o orichalcum era muito valioso e ficou em segundo lugar apenas ao ouro em valor. 

Agora, uma equipe de mergulhadores dizem ter recuperado nada menos que 39 blocos deste precioso metal de um naufrágio que se acredita ter acontecido há 2600 anos. -
Continue lendo

10. Alexander
: Uma enorme pirâmide submarina descoberta perto de Portugal em 2012. 

Notícias portuguesas relataram a descoberta de uma pirâmide submarina muito grande descoberta por Diocleciano Silva entre as ilhas de São Miguel e Terceira nos Açores de Portugal.



 


De acordo com as reivindicações, a estrutura é dita ser perfeitamente quadrada e orientada pelos pontos cardinais. As estimativas atuais obtidas usando a tecnologia digital GPS colocam a altura em 60 metros com uma base de 8.000 metros quadrados. 

A pirâmide foi encontrada em uma área do meio do Atlântico que foi subaquática por cerca de 20.000 anos. Considerando que isto é em torno do tempo da última idade do gelo onde a glaciação estava derretendo de seu pico 2000 anos antes, qualquer civilização, humana ou não, que era em torno antes da idade do gelo, poderia ser responsável para construir a pirâmide. -
Continue lendo

E há mais ...

Dentro dela estão os glifos em fenícios afirmando que era do Rei Chronos da Atlântida. Cerâmica idêntica foi encontrada em Tiajuanaco, Bolívia. 

Muitos outros exemplos de estradas, edifícios e colunas estão disponíveis, muitos deles feitos com materiais não disponíveis em suas áreas. 

Muitos mapas antigos também são conhecidos por ter Atlantis sobre eles, incluindo os antigos gregos estudados por Cristóvão Colombo antes de ele zarpar para a América. 

Antigos escritos dos astecas, dos mianes, dos gregos, dos egípcios, da Espanha, da Índia, do Tibete e das ilhas dos oceanos Atlântico e Pacífico falam de antigos continentes afundados e de sua conexão com eles. 

Peças humanas e estampas de sapatos, um cubo perfeitamente projetado, jóias, um animal pré-histórico com um buraco no crânio que cientistas admitem apenas uma bala poderia fazer, um remanescente de um parafuso, e outros artefatos modernos foram encontrados em camadas de estratos de rocha geólogos admitem Formado sobre esses objetos milhões de anos atrás. 

Todas essas descobertas foram impressas em jornais públicos diários quando ocorreram e deixadas fora dos livros de história simplesmente porque os historiadores não poderiam explicá-las com SUAS teorias. 

Quem eram os atlantes? 

Em primeiro lugar, é importante salientar que a Atlântida não era o único continente dos tempos antigos que afundou sob as ondas. Havia o continente enorme de Lemuria que incorporou também outros países como Mu e Mar no Oceano Pacífico, e Lumania no Oceano Índico. 

Os restos dos continentes perdidos podem ainda ser vistos como os picos de suas montanhas fazem pequenas ilhas no meio de vastos oceanos - a Ilha de Páscoa é pensado para ser um remanescente de Lemuria e ainda carrega as grandes estátuas de pedra, embora apenas suas cabeças estão mostrando acima o chão. 

Havia também as terras de Thule e Hyperborea no norte, que se acredita para ser afundado abaixo do que é agora o pólo norte. 

Há também
informações sobre esta terra no pólo norte que continua a existir hoje em um nível de quarta dimensão - mas isso é outra história. Também a terra que está agora no pólo sul também foi pensado para ser uma vez habitada quando era uma terra tropical. 

A história de como esses vários continentes se tornou habitada por civilizações altamente avançadas é fascinante, mas depois de muitos milhares de anos, tudo terminou pela última vez, há 11.500 anos, com dramáticos eventos planetários que afundaram e deslocaram continentes e cobriram muito Da terra com água. 

Pistas para a história na terra antes de nossa própria história recém-registrada pode ser encontrada nos textos sumérios. 

Então, quem eram os atlantes e como eles viveram? As seguintes informações foram reunidas de várias fontes para uma introdução muito breve. Eu recomendo que você leia os documentos originais para obter informações mais detalhadas [link na parte inferior da página]. 

Os Atlantes originais eram de origem extraterrestre e chegaram à Terra há mais de 50 mil anos. 

Eles eram de forma humana, mas não humanos modernos da terra como nós somos. Eles eram muito altos e pele clara e provavelmente originado do sistema de estrela Lyrian. 

Eles também são conhecidos como os Elohim ou Annunaki e sua história está escondida nos textos do Gênesis. Eles tinham vida útil de cerca de 800 anos e são conhecidos em alguns textos como "os altos". 

Alexander: Eu não concordo com a hipótese de que os atlantes e os Anunnaki eram uma e a mesma espécie. De fato, minha pesquisa me levou a acreditar firmemente que os Anunnaki usaram astúcia para escravizar os habitantes originais, não-físicos de nosso planeta. De acordo com esta fonte muito importante , os Anunnaki manipularam geneticamente as primeiras versões dos seres humanos, como veículos que poderiam ser usados

​​por seres não-físicos. Os atlantes eram os habitantes originais do nosso planeta, mas não eram físicos. Eles estavam realmente interessados ​​em experimentar a vida na Terra em uma forma física. Os Anunnaki, juntamente com outras espécies de extraterrestres que estavam operando em torno de nosso planeta naquela época, usaram truques para fazer os atlantes encarnarem aqui. Você pode ler mais sobre o assunto aqui . A maioria das antigas civilizações acreditava nos Titãs, a raça de seres humanos gigantes que habitaram a Terra há muito tempo. Diferentes raças conheciam-nas por nomes diferentes. Estes 7 a 12 pés humanoids foram pensados ​​para ser lendário até a escavação de mais de uma dúzia de esqueletos 8 a 12 metros de altura, em todo o mundo, chocou arqueólogos. Os conquistadores espanhóis deixaram diários de homens loucos de olhos azuis, de 8 a 12 pés de altura, andando pelos Andes durante a conquista dos Incas. Eles, junto com outros grupos trabalhando no planeta, eventualmente desenvolveram o ser humano menor por manipulação genética, originalmente para uso como trabalhadores. O 'Adamu' (ou homem) foram originalmente criados para trabalhar em vários projetos ao redor do mundo. Alguns deles eram mineração, produção de alimentos, construção, etc. Ao dar ao homem a capacidade de reproduzir por conta própria (o pecado original), a população começou a se multiplicar muito rapidamente. Os Annunaki começaram a clamar por mais trabalhadores. As fêmeas humanas foram ainda alteradas para que a concepção fosse possível não uma vez por ano, mas a cada 28 dias. Os soldados Annunaki finalmente começaram a reproduzir com as fêmeas humanas da terra: "Quando os filhos dos Elohim vieram às filhas do homem, e lhes deram filhos" (Gênesis, capítulo 3, versículo 16 ). Tecnologia na Atlântida A consciência Atlante eventualmente evoluiu de uma forma menos material, de quarta dimensão para o sensual, ou físico.Longe de ser como as outras civilizações "antigas" que conhecemos, o nível de tecnologia atingida quando a Atlântida estava em seu pico era muito superior ao nosso. Entre as realizações dos atlantes, por exemplo, foi "perfeito" controle de wather. Agora, a noção média imediata é de abundantes campos de agitação de grãos em verão interminável ao lado das praias mais bonitas.Eles tinham isso, e entediava-os; Demasiado utilitária para eles, como se pudéssemos olhar para uma vinha. Eles deixaram tais sertões para as criaturas que servem. Os atlantes tinham entrado no mundo físico essencialmente para a estimulação. Eles adoraram as tempestades. Áreas inteiras de suas terras foram cedidas, como parques nacionais, a exposições violentas de turbulência atmosférica. Seus servos, naturalmente, gostavam menos desses acontecimentos, podendo o equivalente a "licença artesanal" derramar-se e matá-los, destruir suas casas, etc. Se os Atlantes notassem e / ou se importassem, poderiam restaurar todo esse dano à vontade. Alguns fizeram, outros não. Eles também tinham a capacidade de realizar eventos geológicos para o seu prazer experiencial. Fontes vulcânicas eram um favorito, mas muito foi feito com vapor e minerais de ventilação para o resultado artístico. Eles tinham muito tempo. Os anteriores ainda eram imortais.Mais de uma montanha vulcânica que cutucava sua cabeça acima das águas do Oceano Atlântico começou desta maneira. Mais tarde, é claro, perderam o controle. O núcleo real da tecnologia atlante que ainda pode ser desenterrado ao redor da Terra estava muito além de algo tão simples quanto o controle do tempo. O que atraiu as forças armadas, como a carniça, é a tecnologia de 'limiar'.Alguma dica disso flutuou no filme ' Stargate ', exceto que a versão Atlante poderia ser chamada 'Probability Gate'. É um dispositivo de estado sólido (sem "dial" selecionável como o stargate no filme, por exemplo) que usa o que pensamos como tempo / espaço como uma fonte de energia. O limiar é uma lente em fluxos de existência provável, ou continua. Esta área foi aprofundada em maisprofundamente com pesquisas como o Philadelphia Experiment . Cristais da Atlântida Os Atlantes usaram cristais de forma bastante extensa e os usaram de tal maneira que eles eventualmente levaram à catástrofe que fez a Atlântida desaparecer no oceano. Os Atlantes usaram o conhecimento da refração, amplificação e armazenamento do cristal. Sabe-se que um feixe de luz dirigido intensley e focado especificamente em certas séries de facetas em uma gema, quando ele sai do plano reflexivo da gema, ser amplificado em vez de diminuído. Além disso, essas energias amplificadas foram divididas em um espectro amplo e sofisticado. Os atlantes usaram o espectro desta energia de modo a serem mais utilizáveis, e para um propósito específico, tanto quanto se usaria o petoleum em termos de suas várias limitações de espectro para propósitos específicos.Extraindo isto e aquilo e outras coisas da mesma substância básica, eles usaram certas divisões da energia para crescer coisas. Outros para a cura, outros para o conhecimento ou aumento da substância. Outras fases do espectro para desmontar estruturas de moléculas, e ainda outras combinações destes estratos para construir, montar estruturas, como em cadeias; Ou produzindo matéria, transmutação da matéria e desse tipo. Sua tecnologia básica ainda está disponível no plano terrestre em vários locais. Os cristais têm a capacidade de transferir energia, mantê-la, manter sua intensidade, focalizá-la e transmiti-la em grande distância para receptores semelhantes, iguais ou comparáveis ​​ao transmissor. Assim, de uma pirâmide para outra, os atlantes, em certo sentido, transmitiram energia. Que quando a face da Terra estava direcionada para um certo ponto, uma pirâmide funcionaria para intensificar e transmitir energias para outras pirâmides que então agiriam como dispositivos receptores e dispersariam energia como era necessário. O oposto seria verdadeiro, quando essa pirâmide estava em ponto unfocusable a seu alinhamento celestial os outros transmitiriam a aqueles. Método muito simples, método muito eficaz. Embora isso lhes trouxe muitas dificuldades mais tarde. Os cristais atlantes eram formas naturais, mas seus crescimentos foram acelerados. Alguns espécimes de quartzo claro foram produzidos a quase 25 metros de altura e 10 metros de diâmetro, tinha 12 lados e foram usados ​​para armazenar e transmitir poder.Pequenos cristais de quatro a cinco pés de altura foram infundidos com cores diferentes e tiveram um número variado de facetas, para serem usados ​​para diferentes propósitos, tais como cura, meditação, desenvolvimento psíquico, aumento da capacidade mental, comunicações, geração de energia, desmaterialização e Transporte de objetos, campos de força magnéticos e viagens a velocidades nunca sonhadas por nossa cultura hoje. Uma série de cristais foram formados em pirâmides invertidas, com quatro a seis lados, foram infundidos com vários tons de rosa ou rosa, que criou um feixe de luz para a cirurgia, alterando a estrutura molecular, e para a dor calmante, especialmente nas áreas delicadas de O cérebro, os olhos, o coração e os órgãos reprodutivos. Os cristais de ouro ou amarelo alteraram as cores para tons mais profundos na presença de doenças ou distúrbios vibratórios corporais. Ruby e pedras roxas ajudaram a curar problemas emocionais e espirituais; E os cristais pretos, não mais existentes, eram protetores poderosos. Para o rejuvenescimento geral e um retorno de vitalidade, os antigos atlantes meditaram periodicamente 15 a 20 minutos dentro de um círculo de 6, 11, 22 ou 24 pedras de diferentes tipos, segurando um quartzo claro em suas mãos, que atuou como um controle e focalizador. Todos estes vários cristais receberam seu poder de uma variedade de fontes, incluindo o Sol, o sistema de energia da rede da Terra, ou uns dos outros. As pedras maiores, chamadas Fire Crystals, eram as estações centrais de recepção e transmissão, enquanto outras agiam como receptores para cidades, edifícios, veículos e casas particulares. Em um nível espiritual mais elevado, os quartos feitos de cristais eram lugares onde os Iniciados deixaram seus corpos na Transcendência Final, muitas vezes para nunca mais retornar. No moderno Triângulo das Bermudas, no fundo do oceano, onde as ruínas da Atlântida agora existem, a acumulação de energia nos Cristais de Fogo afundados e danificados pode periodicamente desencadear a desmaterialização de qualquer coisa na área. Uma das descrições mais detalhadas do uso Atlante de um misterioso instrumento chamado de Grande Cristal foi dada por Edgar Cayce, que mencionou muitas vezes. O cristal, disse ele, estava alojado em um edifício especial de forma oval, com uma cúpula que poderia ser revertida, expondo o Cristal à luz do sol, da lua e das estrelas no momento mais favorável. O interior do edifício foi revestido com metal não condutor ou pedra, semelhante ao amianto ou baquelite, um plástico termoendurecível. O cristal em si, que Cayce também chamou a Pedra Tuaoi, ou Firestone, era de tamanho enorme, cilíndrico em comprimento, e de forma prismática, cortada com seis lados. No topo do cristal havia uma pedra angular móvel, usada tanto para concentrar os raios de energia entrantes como para direcionar correntes para várias partes do campo Atlântico. Parece que o Cristal reuniu energias solares, lunares, estelares, atmosféricas e da Terra, bem como forças elementais desconhecidas e concentrou-as em um ponto específico, localizado entre o topo do Cristal eo fundo do capstone. A energia foi usada para vários propósitos. No início, foi usado como uma ferramenta puramente espiritual por iniciados que poderiam lidar com a grande energia. Os primeiros Atlantes eram pessoas pacíficas. À medida que desenvolveram mais corpos materiais físicos, eles usaram o cristal para rejuvenescer seus corpos e foram capazes de viver centenas de anos, mantendo uma aparência jovem. Mais tarde, o Cristal foi posto a outros usos. Correntes de energia foram transmitidas por toda a terra, como ondas de rádio, e alimentadas por estes, artesanato e veículos atravessaram a terra, através do céu e sob o mar à velocidade do som. Pela utilização de outras correntes provenientes do Cristal, os atlantes também foram capazes de transmitir a grandes distâncias a voz humana, e imagens, como a televisão moderna. Da mesma forma, mesmo o calor ea luz poderiam ser dirigidos a edifícios específicos ou arenas abertas, dando iluminação e calor por meios aparentemente invisíveis. No final de sua existência, no entanto, os Atlantes se tornaram mais gananciosos por mais poder, a operação do Cristal foi tomada por aqueles de menor fortaleza espiritual, e as energias do Grande Cristal foram ajustadas a freqüências mais altas e mais destrutivas. Finalmente, o Cristal foi ajustado muito alto, ativando vulcões e montanhas derretidas, acabando por causar a submersão da Atlântida, e talvez até mesmo o deslocamento do eixo da própria Terra. Excertos de:  História da Idade Dourada - por Steve Omar Restos Acessíveis de Atlântida - por Mark Hammons Crystal Power e Energias em Atlântida - por Geoffrey Keyte The Way - por T. Donovan Adições por Alexander Light, HumansAreFree.com

Continue lendo...

Mais Populares

 
Copyright © 2016 SAIBA TANANET • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top