Mostrando postagens com marcador RELIGIÕES. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador RELIGIÕES. Mostrar todas as postagens

Maias Profetizaram a Onda de Calor que esta ocorrendo, vejam!

2012 As 7 profecias maias 
A terceira profecia diz que uma onda de calor aumentará a temperatura do planeta provocando mudanças climáticas, geológicas e sociais de magnitudes sem precedentes e a uma velocidade assombrosa.

Os Maias disseram que esse aquecimento se dará por vários factores. Alguns deles pelo ser humano que por sua falta de sincronismo com a Natureza só poderá produzir processos de auto-destruição. 

Outros factores serão gerados pelo sol, que ao acelerar sua actividade pelo aumento da sua vibração, produzindo mais irradiação aumentando a temperatura do planeta.

Cada um de nós, de uma forma ou de outra, ajudamos a desflorestar o planeta ou a contaminá-lo. Com nossos automóveis, com nossos consumos excessivos levando a mais exploração aos recursos naturais do planeta e produzindo lixo de todo o género. 

Contribuímos assim para que o clima do planeta volte-se contra nós. As mudanças já estão acontecendo, mas como estão acontecendo muito lentamente nos adaptamos a elas e nem as percebemos.

O processo global de industrialização que teve lugar no século XX mudou dramaticamente a atmosfera com suas emissões de gases tóxicos. A chamada chuva ácida, um subproduto da queima de carvão ou derivados de petróleo e emissões de sulfetos e óxidos de nitrogênio das industrias tem lugar no mundo todo e concentra-se nas áreas urbanas, corroem os monumentos e pontes,  destrói a pintura externa, os bosques, causa damos à vida marinha e aos solos cultivados, transforma a água potável em tóxica e reduz a visibilidade. As chaminés contaminantes de milhões de fabricas indiferentes ao dano que causam, modificaram as temporadas de chuvas, as estações do ano e o clima.

Tudo isso deu lugar ao aparecimento do 'Efeito Estufa'  e o "Aquecimento Global" pois a concentração de CO2 que fica flutuando na atmosfera  reage quimicamente com dióxidos aumentando a temperatura. O ar que respiramos está cheio de partículas de monóxido de carbono, dióxido de nitrogênio e metano, produtos resultantes da combustão de gasolina no motor de milhões de automóveis e de milhares de usinas térmicas e de geração de electricidade em todo o mundo.

A depredação de selvas e florestas para terras de cultivo ou para ampliar as cidades tornou-se uma prática comum. Os bosques que purificam o ar ao transformar gás carbônico em oxigênio, são incendiados. O ser humano não é consciente do mal que está causando ao planeta, nem que é preciso plantar para repor a vegetação que consome. 

O planeta transformou-se num grande depósito de lixo. Enviamos contentores com resíduos radioactivos para o fundo do mar, carregamos navios inteiros com substancias não-degradáveis, já não falando das marés negras causadas pelo derramamento de petróleo dos grandes petroleiros cujos acidentes ocorrem periodicamente.

As variações climáticas, conseqüência das relações danosas do ser humano e das mudanças do comportamento do sol, produzem uma alteração das chuvas, diminuem sua intensidade, quantidade e regularidade. O aumento da temperatura produzirá fortes ventos, furacões e tufões.

Os furacões são tormentas gigantescas e violentas, um redemoinho de destruição e morte. São chamados de FURACÃO em homenagem ao deus do mau dos aborígines do Caribe. O furacão Mithi e os fenômenos associados ao El-niño são evidencias da tendência para grandes desastres causados pelo clima.

O sistema hídrico é fundamental, pois cerca de 70% da superfície do planeta está coberta por água. Com o aumento da temperatura, diminui a humidade relativa do ar que trará como conseqüência menos nuvens e maior exposição ao sol, agravando assim o problema, assim será evaporada a água dos solos, produzindo muitas secas e grandes incêndios em todo o planeta, o falto d’água produzirá grave inconveniente à vegetação, reduzindo seu crescimento e diminuindo consideravelmente o tamanho das colheitas. 

Ao reduzir-se a quantidade de água das chuvas, diminuirá também o fluxo dos açudes e lagos, criando sérios problemas à fauna da terra.

Tudo isso causará um forte impacto na economia, haverá desabastecimento e muitos produtos que dependem do clima como a água, as folhagens, os cereais, os pescados e a geração de energia eléctrica terão aumentos vertiginosos de preço, serão épocas de racionamento e haverá grande descontentamento social, aumentará o numero de pragas, insectos e doenças tropicais como a malária.

O comportamento do ser humano será crucial para suportar o aumento geral da temperatura causada pela sua própria conduta inconsciente e depredatória.
Os Maias sabiam do Aquecimento Global e das conseqüentes catástrofes que aconteceriam - forçando o ser humano a se sintonizar com o Criador, consigo próprio e com a Natureza ou a ter que enfrentar o Caos, a destruição e a morte que se sucederiam.

Os Maia foram uma cultura eminentemente astronômica. Conceberam o ser humano como uma projecção de energia. Eles nos deixaram seus estudos nos calendários mais precisos de todas as civilizações da Terra, os quais são a base de suas profecias.
Vejam também:

As 7 Profecias Maias é outras Profecias

Continue lendo...

Bob Marley aceitou Jesus e foi batizado sete meses antes de morrer

bob marley
Robert Nesta Marley, ou simplesmente Bob Marley, morreu em 21 de maio de 1981. Seu pesado caixão de bronze foi levado para o topo da colina mais alta da vila Nine Mile, onde, 36 anos antes, ele havia nascido.
Juntamente com o corpo embalsamado de Marley, estavam no caixão a sua guitarra vermelha Gibson Les Paul e uma Bíblia aberta no Salmo 23. No final da cerimônia, sua viúva, Rita, jogou um pé de maconha.
O funeral foi precedido de um culto de uma hora de duração para a família e amigos íntimos na Igreja Ortodoxa Etíope da Santíssima Trindade, celebrado por Abuna Yesehaq, arcebispo da Igreja no hemisfério ocidental. Ele contou que havia batizado Marley em Nova York, em novembro do ano anterior, logo após seus últimos shows no Madison Square Garden. Seguindo a tradição etíope, Bob recebeu um novo nome durante o batismo: Berhane Selassie, ou “Luz da Trindade”.
Logo após as 11 da manhã, o culto começou com um hino anglicano, “Ó Deus, nossa ajuda em épocas passadas”, acompanhado pelos percussionistas da United Africa Band. Como a melodia do antigo hino, o arcebispo, leu passagens do Livro de João, em Ge’ez, uma antiga língua da Etiópia.
O governador-geral da Jamaica leu um trecho de 1 Coríntios: “O último inimigo a ser destruído é a morte” A congregação cantou outro hino conhecido, “Quão Grande És Tu”. Logo depois, foi lido parte de 1 Tessalonicenses 3: “Por esta razão, irmãos, ficamos consolados acerca de vós, em toda a nossa aflição e necessidade, pela vossa fé, Porque agora vivemos, se estais firmes no Senhor”.
O ritual fúnebre tipicamente cristão parece estranho para alguém que ficou mundialmente conhecido por ser seguidor do rastafarismo, seita tipicamente jamaicana que proclama Hailê Selassiê I, imperador da Etiópia, como a representação terrena de Jah (Deus). O termo rastafári tem sua origem em Ras (“príncipe” ou “cabeça”) Tafari (“da paz”) Makonnen, o nome de Selassiê antes de sua coroação.
O motivo disso é que a família de Bob Marley sabia, embora não aceitasse que o cantor recebera Jesus como seu Senhor e renegara o rastafarismo.
A jornalista Christine Thomasos do site Christian Today Austrália, cita uma entrevista de 1984 que o arcebispo Yesehaq deu ao jornal Jamaica Gleaner.
bob marley 2
“Bob era realmente um bom irmão, um filho de Deus, independentemente de como as pessoas olhavam para ele. Ele tinha o desejo de ser batizado há muito tempo, mas havia pessoas próximas a ele que tentavam controla-lo e que estavam ligadas a um ramo diferente do Rastafari. Mas ele vinha à igreja regularmente”.
De acordo com Thomasos, Yesehaq explicou que o câncer terminal de Marley foi a motivação por trás de sua conversão: “Quando ele visitou Los Angeles, Nova York e a Inglaterra, ele compartilhou sua fé ortodoxa, e muitas pessoas dessas cidades vieram à igreja por causa do Bob.
Muitas pessoas pensam que ele foi batizado porque sabia que estava morrendo, mas não foi assim. Ele fez isso quando já não havia qualquer pressão sobre ele. Quando ele foi batizado, abraçou sua família e chorou, todos choraram juntos por cerca de meia hora”.
Andre Huie, do site GospelCity, escreve sobre o testemunho de Tommy Cowan, amigo íntimo de Bob Marley e esposo da cantora gospel jamaicana Carlene Davis. Cowan diz: “o que pode ser uma agradável descoberta para alguns é que Marley, pouco antes de morrer, confessou Jesus Cristo como Senhor. Em outras palavras, ele negou que Haile Selassie era Deus (como Rastas acreditam) e confessou a Jesus como o único Deus vivo e verdadeiro”.
Falando sobre o batismo de Bob Marley, Tommy disse ter ouvido o bispo descrever assim o batismo: “Em um momento ele (Bob) chorou por 45 minutos sem parar, suas lágrimas molharam o chão. O Espírito Santo desceu sobre seu corpo e ele gritou três vezes: “Jesus Cristo, Jesus, meu Salvador, Jesus Cristo”.
Fonte: Apocalink
Continue lendo...

Filosofia e os cristãos? Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia

filosofia
COLOSSENSES 2:8 – Esse versículo quer dizer que os cristãos não devem estudar filosofia? 

PROBLEMA: Paulo nos adverte: “Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas” (Cl 2:8). Isso significa que os cristãos não deveriam estudar filosofia? Se for assim, por que Deus nos deu uma mente e nos ordenou que pensássemos (Mt 22:37) e que raciocinássemos (1 Pe 3:15)?

SOLUÇÃO:
Primeiro, a Bíblia não é contra a filosofia, da mesma forma que não é contra a religião. Ela não é contra a filosofia, mas é contra a vã filosofia, que Paulo chama de “vãs sutilezas” (v. 8). De igual modo, a Bíblia não se opõe à religião, mas apenas à vã religião (cf. Tg 1:26-27).

Paulo não está falando de filosofia em geral, mas de uma filosofia em particular, geralmente entendida como sendo uma forma primitiva do gnosticismo. Isso se evidencia por ter Paulo usado o artigo definido (no grego), que poderia ser traduzido por “a filosofia” ou “esta filosofia”. Paulo estava se referindo a essa filosofia em particular, da linha do gnosticismo, que havia invadido a igreja em Colossos, e que envolvia o legalismo, o misticismo e o ascetismo (cf. Cl 2); não se referia a toda filosofia.

Ainda, o próprio Paulo recebera um bom treinamento nas filosofias de seus dias, e até mesmo as citava de quando em quando (cf. At 17:28; T: 1:12). Ele com sucesso “arrazoou” com os filósofos gregos no Areópago, ganhando até mesmo alguns para Cristo (At 17:17, 34).

Em outras passagens ele disse que um bispo deve ser capaz de “exortar pelo reto ensino como para convencer os que o contradizem” (Tt 1:9), e que ele tinha sido “incumbido da defesa do Evangelho” (Fp 1:16). Pedro exortou os crentes, dizendo: “estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós” (1 Pe3:15). Com efeito, Jesus disse que o grande mandamento é amar “o Senhor teu Deus de todo … o teu pensamento” (Mt 22:37, SBTB).

Finalmente, Deus não premia a ignorância. De fato, ele sabe que nós não podemos ter “cuidado” em relação a uma filosofia, se nós não a conhecemos. Ninguém irá consultar um médico que não estudou medicina. Mas é aqui que está o perigo. O cristão deve aproximar-se das falsas filosofias deste mundo da mesma maneira como um pesquisador da Medicina se aproxima do vírus da AIDS. O cientista deve estudá-lo objetivamente e com todo cuidado, para descobrir todo o mal que ele traz, mas não subjetivamente e de forma pessoal, a ponto de ser contaminado por essa doença.

Fonte: MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia
Autores: Norman Geisler – Thomas Howe


Mais sobre este assunto:

Filosofia

A palavra grega fi·lo·so·fí·a significa, literalmente, “amor à sabedoria”. No uso moderno, o termo se relaciona com os empenhos humanos de compreender e interpretar por raciocínio e especulação a totalidade da experiência humana, inclusive as causas e os princípios subjacentes à realidade.

As palavras gregas para “filosofia” e “filósofo” ocorrem, cada uma, apenas uma vez nas Escrituras Gregas Cristãs. (Col 2:8; At 17:18) Evidentemente, quando Paulo escreveu à congregação em Colossos, na Ásia Menor, alguns ali corriam perigo de ser afetados pela ‘filosofia e vão engano, segundo a tradição de homens’. As filosofias gregas tinham então muito destaque. Mas o contexto de Colossenses 2:8 mostra que Paulo estava especialmente preocupado com os judaizantes, que tentavam trazer os cristãos de volta para a observância da Lei mosaica, com suas exigências de circuncisão, de dias festivos e da abstinência de certos alimentos. (Col 2:11, 16, 17) Paulo não se opunha ao conhecimento, pois orava para que os cristãos ficassem cheios dele. Mas, conforme mostrou, é preciso reconhecer o papel de Jesus Cristo na realização do propósito de Deus, para obter verdadeira sabedoria e conhecimento exato. (Col 1:9, 10; 2:2, 3) Os colossenses deviam acautelar-se para evitar que alguém, com argumentos persuasivos, os levasse como presa sua, por meio de raciocínios ou conceitos humanos. Tal filosofia seria parte das “coisas elementares [stoi·kheí·a] do mundo”, isto é, dos princípios ou componentes básicos e dos fatores motivadores do mundo, “e não segundo Cristo”. — Col 2:4, 8.

Quando Paulo estava em Atenas, ele teve um confronto com ‘os filósofos epicureus e estóicos’. (At 17:18) Eles chamaram o apóstolo de “paroleiro”, usando a palavra grega sper·mo·ló·gos, que se aplica literalmente a uma ave que apanha sementes. A palavra também transmite a idéia de alguém que apanha migalhas de conhecimento e as repete sem ordem ou método. Esses filósofos desprezavam Paulo e sua mensagem. A filosofia epicuréia era basicamente que a obtenção de prazer, especialmente de prazer mental, era o principal bem na vida (1Co 15:32); embora reconhecesse deuses, explicava-os como estando além da experiência e do interesse humanos. A filosofia dos estóicos enfatizava a sorte ou o destino natural; a pessoa devia ser muitíssimo virtuosa, mas esforçar-se a ser indiferente à dor ou ao prazer. Nem os epicureus, nem os estóicos, criam na ressurreição. Paulo, no seu discurso perante estes homens, salientou a relação e a responsabilidade da pessoa para com o Criador, e ligou isso com a ressurreição de Cristo e a “garantia” que isto fornecia aos homens. Para os gregos que buscavam “sabedoria”, a mensagem a respeito de Cristo era “tolice”. (1Co 1:22, 23), e quando Paulo mencionou a ressurreição, muitos dos seus ouvintes começaram a mofar, embora outros se tornassem crentes. — At 17:22-33.

Paulo, nas suas cartas inspiradas, enfatizou diversas vezes que a sabedoria e o falsamente chamado conhecimento do mundo são tolice para Deus e devem ser evitados pelos cristãos. — 1Co 1:18-31; 2:6-8, 13; 3:18-20; 1Ti 6:20.
Continue lendo...

A alma existe antes de sua concepção?

A alma
Os kardecistas afirmam que Jeremias 1.5 é uma referência à preexistência da alma. Como explicar esse versículo? 

Além dos kardecistas, outros movimentos ensinam a doutrina da reencarnação. Os mórmons e os membros do movimento Nova Era, por exemplo, crêem que o versículo em pauta indica que Jeremias preexistiu como uma alma sem o corpo antes de ser encarnado.

Enquanto os reencarnacionistas crêem que a alma está em uma espécie de peregrinação e após a morte volta em outro nascimento, aqueles que acreditam na preexistência da alma afirmam que existe uma espécie de pré-mundo ou mundo espiritual ou até mesmo um tipo de sala em que todas as almas foram primeiramente criadas por Deus e ali estão confinadas até o tempo apropriado para que possam encarnar. Essa é a diferença entre essas duas crenças.

O texto em estudo, no entanto, não fala de reencarnação e muito menos de preexistência da alma antes do nascimento. O foco aqui não está na alma de Jeremias, mas no fato de que Deus conhece, chama e separa Jeremias para o ministério profético. 

Ele foi escolhido por Deus da mesma forma que o oleiro escolhe o material para construir um vaso. Deus tem conhecimento cabal do futuro e da constituição do homem. Conhece até mesmo o feto que está sendo gerado (Sl 139.11-16). 

É dessa forma que, em sua sabedoria, Deus unge e designa alguém, antes mesmo que essa pessoa tenha nascido, para determinada obra, o que não significa que a alma dessa pessoa conheça, antes do nascimento, a tarefa para a qual fora escolhida pelo Senhor. 

Absolutamente. As Escrituras não indicam que a alma tenha qualquer existência antes de sua concepção, e muito menos que tenha qualquer qualidade própria. Mas Deus conhece todas as coisas.

Logo, esse versículo não fala da preexistência da alma antes da concepção. Ao contrário, afirma a preordenarão de Jeremias como vaso escolhido. Tudo isso se deve à soberania e onisciência de Deus.

Fonte: Revista DF
Continue lendo...

A formação do cânon Bíblico - critérios usados

biblia-vulgata[1]
A palavra “cânon” vem do grego “kanóni” e do hebraico “qenéh” e significa régua ou cana de medir. Na teologia, é a lista dos livros bíblicos considerados, desde sempre, como inspirados por Deus.

Quais os critérios usados para determinar se um livro era ou não inspirado? Quando surgiu a lista definitiva dos livros da Bíblia? Quem escolheu estes livros? São perguntas que queremos tratar neste texto.

O Antigo Testamento já estava completamente canonizado pelos judeus até a primeira metade do século III e nesta lista os livros apócrifos nunca foram incluídos, o que mostra que desde os primórdios eles não eram aceitos, a ponto de, Jerônimo (347-420 A.D.), o erudito cristão, tradutor da Vulgata, os considerar como não inspirados.

Para determinar se um livro era canônico, isto é, inspirado ou não, para o Novo Testamento, os antigos cristãos usavam os seguintes critérios:

a) O autor deveria ser um apóstolo ou ter ligação direta com um deles;

b) O livro deveria ser aceito pela totalidade do Corpo de Cristo e não apenas por algumas congregações;

c) O ensino apresentado no livro deveria estar de acordo com a verdadeira doutrina cristã;

d) O livro deveria conter ensinos morais e espirituais que evidenciam a obra do Espírito Santo. Para um livro ser aceito precisava preencher TODOS estes requisitos, se faltasse um era desconsiderado.

O concílio de Laodicéia (363 A.D.) já havia definido os 27 livros canônicos do Novo Testamento, mas desde o primeiro século, muitos deles são citados por diversos autores renomados, como tal (2Pe 3:15-16).

Aqui é importante notar que os cristãos apenas reconheceram a obra do Espírito Santo sobre aqueles textos declarando-os canônicos, mas tais livros, como obra de Deus são inspirados em si mesmos e não foi a igreja que os fez assim, ela simplesmente reconheceu o que Deus já havia feito.

Portanto, dizer que a igreja A, B ou C ou que o líder religioso A, B ou C fizeram o cânon bíblico é desonestidade histórica e teológica. A Bíblia só tem, de fato, um autor – Deus e é Ele quem autentica Sua obra (Mt 5:18), nenhum ser humano ou instituição podem fazê-lo e jamais o fizeram.

Podemos crer com toda certeza que a Bíblia Sagrada que hoje temos é realmente Palavra de Deus e não palavra da igreja ou de homens. Além dos fatos aqui apresentados existem sólidas evidências científicas e arqueológicas que corroboram os dois Testamentos das Escrituras. Podemos ter plena certeza que, realmente, temos a Palavra de Deus. Agora, cumpre-nos decidir: Viveremos por ela? Estamos dispostos a obedecê-la? Que Deus nos ajude!

Continue lendo...

Conheça mais sobre o inimigo de Deus, o Diabo!

Quem é o Diabo?
    Satanás, o Diabo — de onde veio ele? (1, 2)
    Como Satanás desencaminha as pessoas? (3-7)
    Por que você deve resistir ao Diabo? (7)
1. A palavra “diabo” refere-se a alguém que diz mentiras maldosas sobre outra pessoa. “Satanás” significa inimigo ou opositor. São termos aplicados ao principal inimigo de Deus. No começo, ele era um anjo perfeito no céu, junto a Deus. No entanto, mais tarde ficou muito convencido e quis para si a adoração que de direito é de Deus. — Mateus 4:8-10.

2. Este anjo, Satanás, falou a Eva por meio de uma serpente. Por contar-lhe mentiras, induziu-a a desobedecer a Deus. Satanás atacou assim o que se chama de “soberania” ou posição de Deus, como o Altíssimo. Satanás questionou a forma de Deus governar, se era digna e nos melhores interesses dos Seus súditos. Satanás levantou também dúvidas sobre se algum humano permaneceria leal a Deus. Satanás tornou-se assim inimigo de Deus. Foi por isso que passou a ser chamado de Satanás, o Diabo. — Gênesis 3:1-5; Jó 1:8-11; Revelação (Apocalipse) 12:9.

3. Satanás procura enganar as pessoas para que adorem a ele. (2 Coríntios 11:3, 14) Um modo de desencaminhar as pessoas é a religião falsa. Quando uma religião ensina mentiras a respeito de Deus, ela na realidade serve aos objetivos de Satanás. (João 8:44) Os membros das religiões falsas talvez creiam sinceramente que estão adorando o verdadeiro Deus. Mas na realidade servem a Satanás. Ele é ‘o deus deste mundo’. — 2 Coríntios 4:4.

         A religião falsa, o espiritismo e o nacionalismo desencaminham as pessoas

4. O espiritismo é outra forma de Satanás dominar as pessoas. Essas talvez invoquem espíritos para obter proteção, para prejudicar outros, para predizer o futuro ou para fazer milagres. Satanás é a força perversa por trás de todas essas práticas. Para agradarmos a Deus, não devemos ter nada que ver com o espiritismo. — Deuteronômio 18:10-12; Atos 19:18, 19.


5. Satanás desencaminha também as pessoas por meio de um extremo orgulho de raça e do culto de organizações políticas. Alguns acham que sua nação, ou raça, seja melhor do que a de outros. Mas isto não é verdade. (Atos 10:34, 35) Outros esperam que organizações políticas resolvam os problemas do homem. Com isso, eles rejeitam o Reino de Deus. Este é a única solução dos nossos problemas. — Daniel 2:44.

Resista a Satanás por continuar a aprender algo sobre Deus

6. Outra maneira de Satanás desencaminhar as pessoas é tentá-las com desejos pecaminosos. Jeová diz que devemos evitar práticas pecaminosas, porque sabe que essas nos prejudicam. (Gálatas 6:7, 8) Alguns talvez queiram que você participe com eles em práticas assim. Lembre-se, porém, de que é realmente Satanás quem quer que faça essas coisas. — 1 Coríntios 6:9, 10; 15:33.

7. Satanás talvez use perseguição ou oposição para afastá-lo de Jeová. Alguns dos seus entes queridos talvez se zanguem muito porque você estuda a Bíblia.

Outros talvez zombem de você. Mas a quem deve a vida? Satanás quer amedrontá-lo para que pare de aprender algo sobre Deus. Não deixe Satanás vencer! (Mateus 10:34-39; 1 Pedro 5:8, 9) Por resistir ao Diabo, pode tornar Deus feliz e mostrar que defende a Sua soberania. — Provérbios 27:11.

Fonte: Net
Continue lendo...

À procura de uma criança desaparecida no Vaticano descobrem milhares de ossos (Video)

O especialista genético Giorgio Portera disse que observou milhares de ossos de dezenas de indivíduos, adultos e crianças, em ossários do Vaticano.

"Queremos saber por que e como" os restos mortais chegaram lá, disse o especialista, confessando que "não esperávamos encontrar um número tão grande".

Os restos encontrados nas sepulturas foram removidos e submetidos a uma avaliação inicial. No momento, não é possível prever quanto tempo levará a análise morfológica dos ossos, disse o porta-voz da Santa Sé, Alessandro Gisotti.


Os ossários subterrâneos foram encontrados graças a inspeções na área do Colégio Teutônico (onde fica o cemitério homônimo), iniciado depois que a Promotoria do Vaticano abriu as sepulturas de duas princesas alemãs.


Estes foram Sophie von Hohenlohe e Charlotte Federica de Mecklenburg, que morreram na primeira metade do século 19, e foi em resposta a uma carta anônima recebida no verão passado com uma foto do túmulo e da frase "Encontre onde o anjo indica", mas não encontrou nenhum esqueleto.


O desaparecimento de Emanuela Orlandi constitui um dos casos mais misteriosos da Itália. Desde que desapareceu sem deixar vestígios em 22 de junho de 1983, no início das aulas de música no Vaticano, a pesquisa foi virtualmente incessante.


Conjecturas também têm sido frequentes. Seu desaparecimento veio a ser atribuído a um seqüestro da máfia, como uma medida de pressão para recuperar um empréstimo que teria sido feito à Santa Sé.


Outras fontes afirmaram que a criança teria sido seqüestrada para exigir a libertação de Mehmet Ali Agca, o turco que tentou assassinar o papa João Paulo II em 1981.


A família dos desaparecidos, e especialmente seu irmão Pietro, geralmente crítico da limitada colaboração do Vaticano no caso, continua buscando incansavelmente Emanuela e exigindo justiça. "Meu dever é buscar a verdade", disse ele.

  .
Continue lendo...

Versículos na Bíblia sobre Fornicação

Biblia sagrada
"Os alimentos foram feitos para o estômago e o estômago para os alimentos", mas Deus destruirá ambos. O corpo, porém, não é para a imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor para o corpo. Por seu poder, Deus ressuscitou o Senhor e também nos ressuscitará. Vocês não sabem que os seus corpos são membros de Cristo? Tomarei eu os membros de Cristo e os unirei a uma prostituta? De maneira nenhuma! Vocês não sabem que aquele que se une a uma prostituta é um corpo com ela? Pois como está escrito: "Os dois serão uma só carne". Mas aquele que se une ao Senhor é um espírito com ele. Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo. Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de vocês mesmos? Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo.

1 Coríntios 6:13-20
mas, por causa da imoralidade, cada um deve ter sua esposa e cada mulher o seu próprio marido. 

1 Coríntios 7:2
Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos. 

Efésios 5:3
Assim, façam morrer tudo o que pertence à natureza terrena de vocês: imoralidade sexual, impureza, paixão, desejos maus e a ganância, que é idolatria. 

Colossenses 3:5
Também não se arrependeram dos seus assassinatos, das suas feitiçarias, da sua imoralidade sexual e dos seus roubos. 

Apocalipse 9:21
Pois do coração saem os maus pensamentos, os homicídios, os adultérios, as imoralidades sexuais, os roubos, os falsos testemunhos e as calúnias. 

Mateus 15:19
"Não se deite com a mulher do seu próximo, contaminando-se com ela. 

Levítico 18:20
No fim dos setenta anos o Senhor se lembrará de Tiro. Esta voltará ao seu ofício de prostituta e servirá a todos os reinos que há na face da terra. 

Isaías 23:17
Você se prostituiu com os egípcios, os seus vizinhos cobiçosos, e provocou a minha ira com sua promiscuidade cada vez maior. 

Ezequiel 16:26
Por toda parte se ouve que há imoralidade entre vocês, imoralidade que não ocorre nem entre os pagãos, a ponto de um de vocês possuir a mulher de seu pai. 1 Coríntios 5:1
Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativose, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus. 

1 Coríntios 6:9-10
Receio que, ao visitá-los outra vez, o meu Deus me humilhe diante de vocês e eu lamente por causa de muitos que pecaram anteriormente e não se arrependeram da impureza, da imoralidade sexual e da libertinagem que praticaram. 2 Coríntios 12:21
Ora, as obras da carne são manifestas: imoralidade sexual, impureza e libertinagem; 

Gálatas 5:19
Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também de nenhuma espécie de impureza e de cobiça; pois essas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidade, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças. Porque vocês podem estar certos disto: nenhum imoral, ou impuro, ou ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus. 

Efésios 5:3-5
A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, 

1 Tessalonicenses 4:3-4
De modo semelhante a esses, Sodoma e Gomorra e as cidades em redor se entregaram à imoralidade e a relações sexuais antinaturais. Estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo. 

Judas 1:7
com quem os reis da terra se prostituíram; os habitantes da terra se embriagaram com o vinho da sua prostituição". Apocalipse 17:2



Compartilhar no Facebook
Continue lendo...

Pesquisa revela o nome de Deus

Saiba por que o nome de Deus foi ocultado, analise este documento se baseando em sua bíblia para que chegue a conclusão não deixando duvidas de qual é o nome de Deus.

BAIXE O DOCUMENTO NO LINK ABAIXO:
https://drive.google.com/file/d/1j7tfydGFRCcYbMwz49aAxIU6vO0jgl9Q/view?usp=sharing
Continue lendo...

Verdades Sobre o Fim dos tempos, com base em fonte segura!

monitor de terremotos Acima terremotos no mundo

1 Afastando-se então, Jesus ia sair do templo, mas os seus discípulos aproximaram-se para mostrar-lhe os edifícios do templo. 

2 Ele, porém, disse-lhes: “Não observais todas estas coisas? Deveras, eu vos digo: De modo algum ficará aqui pedra sobre pedra sem ser derrubada.”

3 Enquanto estava sentado no Monte das Oliveiras, aproximaram-se dele os discípulos, em particular, dizendo: “Dize-nos: Quando sucederão estas coisas e qual será o sinal da tua presença e da terminação do sistema de coisas?”

4 E Jesus, em resposta, disse-lhes: “Olhai para que ninguém vos desencaminhe;

5 pois muitos virão à base do meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo’, e desencaminharão a muitos. 

6 Ouvireis falar de guerras e relatos de guerras; vede que não fiqueis apavorados. Pois estas coisas têm de acontecer, mas ainda não é o fim.

7 “Porque nação se levantará contra nação e reino contra reino, e haverá escassez de víveres e terremotos num lugar após outro. 

8 Todas essas coisas são um princípio das dores de aflição.

9 “Então vos entregarão a tribulação e vos matarão, e sereis pessoas odiadas por todas as nações, por causa do meu nome. 

10 Então, também, muitos tropeçarão e trairão uns aos outros, e se odiarão uns aos outros. 

11 E surgirão muitos falsos profetas, e desencaminharão a muitos; 

12 e, por causa do aumento do que é contra a lei, o amor da maioria se esfriará. 

13 Mas, quem tiver perseverado até o fim é o que será salvo. 

14 E estas boas novas do reino serão pregadas em toda a terra habitada, em testemunho a todas as nações; e então virá o fim.

15 “Portanto, quando avistardes a coisa repugnante que causa desolação, conforme falado por intermédio de Daniel, o profeta, estar em pé num lugar santo, (que o leitor use de discernimento,) 

16 então, os que estiverem na Judéia comecem a fugir para os montes. 

17 O homem [que estiver] no alto da casa não desça para tirar de sua casa os bens; 

18 e o homem [que estiver] no campo não volte para casa para apanhar a sua roupa exterior. 

19 Ai das mulheres grávidas e das que amamentarem naqueles dias! 

20 Persisti em orar que a vossa fuga não ocorra no tempo do inverno, nem no dia de sábado; 

21 pois então haverá grande tribulação, tal como nunca ocorreu desde o princípio do mundo até agora, não, nem tampouco ocorrerá de novo. 

22 De fato, se não se abreviassem aqueles dias, nenhuma carne seria salva; mas, por causa dos escolhidos, aqueles dias serão abreviados.

23 “Então, se alguém vos disser: ‘Eis aqui está o Cristo!’, ou: ‘Ali!’, não o acrediteis. 

24 Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios, a fim de desencaminhar, se possível, até mesmo os escolhidos. 

25 Eis que eu vos avisei de antemão. 

26 Portanto, se vos disserem: ‘Eis que ele está no deserto!’, não saiais; ‘eis que ele está nos aposentos interiores!’, não o acrediteis. 

27 Pois, assim como o relâmpago sai das regiões orientais e brilha sobre as regiões ocidentais, assim será a presença do Filho do homem. 

28 Onde estiver o cadáver, ali se ajuntarão as águias.

29 “Imediatamente depois da tribulação daqueles dias, o sol ficará escurecido, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e os poderes dos céus serão abalados. 

30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se baterão então em lamento, e verão o Filho do homem vir nas nuvens do céu, com poder e grande glória. 

31 E enviará os seus anjos com grande som de trombeta, e eles ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma extremidade dos céus até à outra extremidade deles.

32 “Aprendei, pois, da figueira o seguinte ponto, como ilustração: Assim que os seus ramos novos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que o verão está próximo. 

33 Do mesmo modo, também, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo às portas. 

34 Deveras, eu vos digo que esta geração de modo algum passará até que todas estas coisas ocorram. 

35 Céu e terra passarão, mas as minhas palavras de modo algum passarão.

36 “Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente o Pai. 

37 Pois assim como eram os dias de Noé, assim será a presença do Filho do homem. 

38 Porque assim como eles eram naqueles dias antes do dilúvio, comendo e bebendo, os homens casando-se e as mulheres sendo dadas em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, 

39 e não fizeram caso, até que veio o dilúvio e os varreu a todos, assim será a presença do Filho do homem. 

40 Dois homens estarão então no campo: um será levado junto e o outro será abandonado; 

41 duas mulheres estarão moendo no moinho manual: uma será levada junto e a outra será abandonada. 

42 Portanto, mantende-vos vigilantes, porque não sabeis em que dia virá o vosso Senhor.

43 “Mas, sabei isto, que, se o dono de casa tivesse sabido em que vigília viria o ladrão, teria ficado acordado e não teria permitido que a sua casa fosse arrombada. 

44 Por esta razão, vós também mostrai-vos prontos, porque o Filho do homem vem numa hora em que não pensais.

45 “Quem é realmente o escravo fiel e discreto a quem o seu amo designou sobre os seus domésticos, para dar-lhes o seu alimento no tempo apropriado? 

46 Feliz aquele escravo, se o seu amo, ao chegar, o achar fazendo assim! 

47 Deveras, eu vos digo: Ele o designará sobre todos os seus bens.

48 “Mas, se é que aquele escravo mau disser no seu coração: ‘Meu amo demora’, 

49 e principiar a espancar os seus co-escravos, e a comer e beber com os beberrões inveterados, 

50 o amo daquele escravo virá num dia em que não espera e numa hora que não sabe, 

51 e o punirá com a maior severidade e lhe determinará a sua parte com os hipócritas. Ali é onde haverá o [seu] choro e o ranger de [seus] dentes.

Fonte : Mateus 24:1-51
Continue lendo...

A Decadência de Salomão

Os magníficos projetos de construção e as vastas exigências de exército forçaram tanto a economia israelita que mesmo os imensos rendimentos de Salomão provaram ser insuficientes para financiar o programa, de forma que certa vez ele teve de ceder 20 cidades galiléias à fenícia como pagamento por madeira e ouro necessários (1Rs 9.10-14).

Seguindo o costume dos monarcas orientais, Salomão tinha um vasto harém, e tentava promover uma atitude amigável internacionalmente casando-se com princesas da maioria das nações circunvizinhas, inclusive os egípcios.

De tal modo  foi o coração de Salomão foi pervertido por essas mulheres que ele chegou a adorar os falsos deuses, como Astarote, dos sidônios, Moloque, dos amonitas, e Camos dos moabitas, aos quais edificou templos em Jerusalém (1Rs 11.1-8; Ne 13.26).

Salomão se deixou envolver pela idolatria e os seus pecados trouxeram o castigo anunciado (2Sm 5 7.14; 1Rs 11.9-13), e apareceram os inimigos (1Rs11.14-40), enevoando seus últimos dias.

Vemos entrar na história a figura de Jeroboão, um efraimita de Zerete, filho de Nebate, servo de Salomão. 

Ele ao encontrar-se com o profeta Aías, ouve dele a profecia de que receberia dez das tribos de Israel para ser rei , por causa da ira de Deus sobre os pecados cometidos por Salomão.

Ao fim dos quarenta anos que reinou sobre todo o Israel, morre Salomão e é sepultado na Cidade de Davi, seu pai; e Roboão, seu filho, reinou em seu lugar.
Continue lendo...

Querem acabar com obrigatoriedade da Bíblia em escolas e bibliotecas

Procurador-geral da República quer acabar com obrigatoriedade da Bíblia em escolas e bibliotecas
Biblia sagrada
Rodrigo Janot, procurador-geral da República, quer retirar obrigatoriedade da inclusão da Bíblia no acervo de escolas e bibliotecas públicas.
Nesta quinta-feira (12), ele ajuizou, perante o Supremo Tribunal Federal, quatro ações diretas de inconstitucionalidade questionando leis estaduais de tal obrigatoriedade no Rio de Janeiro, Amazonas, Rio Grande do Norte e Mato Grosso do Sul.
Além disso, ele propôs um veto contra outra lei de Rondônia que oficializa a Bíblia como publicação-base de ‘fonte doutrinária para fundamentar princípios, usos e costumes de comunidades, igrejas e grupos’.
Para o procurado, o Estado de Roraima extrapolou os limites, "chegando ao ponto de oficializar naquele ente da federação livro religioso adotado por crenças específicas, especialmente as de origem cristã, em contrariedade ao seu dever de não adotar, não se identificar, não tornar oficial nem promover visões de mundo de ordem religiosa, moral, ética ou filosófica", diz ele.
“O princípio da laicidade lhe impede de fazer, por atos administrativos, legislativos ou judiciais, juízos sobre o grau de correção e verdade de uma crença, ou de conceder tratamentos privilegiados de uma religiosidade em detrimento de outras”, pondera Janot.
Em suas palavras, o procurador lembra que a promoção de livros adotados por crenças deve ser de resposabilidade de particulares e não do Estado.


Fonte: cpadnews.com.br
https://www.facebook.com/groups/originaisbr/?ref=bookmarks
Continue lendo...

Livros da Bíblia o escritor de cada livro é o lugar da escrita!

alpha_and_omega_copy
Livros da Bíblia o escritor de cada livro é o lugar da escrita!
(Indicando o escritor de cada livro, o lugar da escrita, o tempo da terminação da escrita,
e o tempo abrangido pelos eventos do livro.)
[Não há certeza sobre os nomes dos escritores de alguns dos livros e dos lugares em que foram escritos.
Muitas datas são apenas aproximadas, o símbolo a. significando “antes de”,
c. significando “cerca de” ou “por volta de”, d. significando “depois de”.]
Livros das Escrituras Hebraicas Antes da Era Comum (Cristã)



Nome do Livro:             Gênesis
O(s) Escritor(es):          Moisés
Lugar em Que Foi Escrito:   Ermo
Escrita Terminada (AEC):    1513
Tempo Abrangido (AEC):      “No princípio” até 1657



Nome do Livro:              Êxodo
O(s) Escritor(es):          Moisés
Lugar em Que Foi Escrito:   Ermo
Escrita Terminada (AEC):    1512
Tempo Abrangido (AEC):      1657-1512



Nome do Livro:              Levítico
O(s) Escritor(es):          Moisés
Lugar em Que Foi Escrito:   Ermo
Escrita Terminada (AEC):    1512
Tempo Abrangido (AEC):      1 mês (1512)



Nome do Livro:              Números
O(s) Escritor(es):          Moisés
Lugar em Que Foi Escrito:   Ermo e Planícies de Moabe
Escrita Terminada (AEC):    1473
Tempo Abrangido (AEC):      1512-1473



Nome do Livro:              Deuteronômio
O(s) Escritor(es):          Moisés
Lugar em Que Foi Escrito:   Planícies de Moabe
Escrita Terminada (AEC):    1473
Tempo Abrangido (AEC):      2 meses (1473)



Nome do Livro:              Josué
O(s) Escritor(es):          Josué
Lugar em Que Foi Escrito:   Canaã
Escrita Terminada (AEC):    c. 1450
Tempo Abrangido (AEC):      1473–c. 1450



Nome do Livro:              Juízes
O(s) Escritor(es):          Samuel
Lugar em Que Foi Escrito:   Israel
Escrita Terminada (AEC):    c. 1100
Tempo Abrangido (AEC):      c. 1450–c. 1120



Nome do Livro:              Rute
O(s) Escritor(es):          Samuel
Lugar em Que Foi Escrito:   Israel
Escrita Terminada (AEC):    c. 1090
Tempo Abrangido (AEC):      11 anos de domínio pelos juízes



Nome do Livro:              1 Samuel
O(s) Escritor(es):          Samuel; Gade; Natã
Lugar em Que Foi Escrito:   Israel
Escrita Terminada (AEC):    c. 1077
Tempo Abrangido (AEC):      c. 1180-1077



Nome do Livro:              2 Samuel
O(s) Escritor(es):          Gade; Natã
Lugar em Que Foi Escrito:   Israel
Escrita Terminada (AEC):    c. 1040
Tempo Abrangido (AEC):      1077–c. 1040



Nome do Livro:              1 Reis
O(s) Escritor(es):          Jeremias
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá e Egito
Escrita Terminada (AEC):    1 rolo 580
Tempo Abrangido (AEC):      c. 1040-580



Nome do Livro:              2 Reis
O(s) Escritor(es):          Jeremias
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá e Egito
Escrita Terminada (AEC):    1 rolo 580
Tempo Abrangido (AEC):      c. 1040-580



Nome do Livro:              1 Crônicas, 2 Crônicas
O(s) Escritor(es):          Esdras
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém (?)
Escrita Terminada (AEC):    1 rolo c. 460
Tempo Abrangido (AEC):      Após 1 Crônicas 9:44:1077-537



Nome do Livro:              Esdras
O(s) Escritor(es):          Esdras
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    c. 460
Tempo Abrangido (AEC):      537–c. 467



Nome do Livro:              Neemias
O(s) Escritor(es):          Neemias
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    d. 443
Tempo Abrangido (AEC):      456–d. 443



Nome do Livro:              Ester
O(s) Escritor(es):          Mordecai
Lugar em Que Foi Escrito:   Susã, Elão
Escrita Terminada (AEC):    c. 475
Tempo Abrangido (AEC):      c. 493-475



Nome do Livro:              Jó
O(s) Escritor(es):          Moisés
Lugar em Que Foi Escrito:   Ermo
Escrita Terminada (AEC):    c. 1473
Tempo Abrangido (AEC):      Mais de 140 anos entre 1657 e 1473



Nome do Livro:              Salmos
O(s) Escritor(es):          Davi e outros
Lugar em Que Foi Escrito:
Escrita Terminada (AEC):    c. 460
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Provérbios
O(s) Escritor(es):          Salomão; Agur; Lemuel
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    c. 716
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Eclesiastes
O(s) Escritor(es):          Salomão
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    a. 1000
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Cântico de Salomão
O(s) Escritor(es):          Salomão
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    c. 1020
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Isaías
O(s) Escritor(es):          Isaías
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    c. 732
Tempo Abrangido (AEC):      c. 778-732



Nome do Livro:              Jeremias
O(s) Escritor(es):          Jeremias
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá; Egito
Escrita Terminada (AEC):    580
Tempo Abrangido (AEC):      647-580



Nome do Livro:              Lamentações
O(s) Escritor(es):          Jeremias
Lugar em Que Foi Escrito:   Perto de Jerusalém
Escrita Terminada (AEC):    607
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Ezequiel
O(s) Escritor(es):          Ezequiel
Lugar em Que Foi Escrito:   Babilônia
Escrita Terminada (AEC):    591
Tempo Abrangido (AEC):      613–c. 591



Nome do Livro:              Daniel
O(s) Escritor(es):          Daniel
Lugar em Que Foi Escrito:   Babilônia
Escrita Terminada (AEC):    c. 536
Tempo Abrangido (AEC):      618–c. 536



Nome do Livro:              Oséias
O(s) Escritor(es):          Oséias
Lugar em Que Foi Escrito:   Samaria (Distrito de)
Escrita Terminada (AEC):    d. 745
Tempo Abrangido (AEC):      a. 803–d. 745



Nome do Livro:              Joel
O(s) Escritor(es):          Joel
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá
Escrita Terminada (AEC):    c. 820 (?)
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Amós
O(s) Escritor(es):          Amós
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá
Escrita Terminada (AEC):    c. 803
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Obadias
O(s) Escritor(es):          Obadias
Lugar em Que Foi Escrito:
Escrita Terminada (AEC):    c. 607
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Jonas
O(s) Escritor(es):          Jonas
Lugar em Que Foi Escrito:
Escrita Terminada (AEC):    c. 844
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Miquéias
O(s) Escritor(es):          Miquéias
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá
Escrita Terminada (AEC):    a. 716
Tempo Abrangido (AEC):      c. 777-716



Nome do Livro:              Naum
O(s) Escritor(es):          Naum
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá
Escrita Terminada (AEC):    a. 632
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Habacuque
O(s) Escritor(es):          Habacuque
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá
Escrita Terminada (AEC):    c. 628 (?)
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Sofonias
O(s) Escritor(es):          Sofonias
Lugar em Que Foi Escrito:   Judá
Escrita Terminada (AEC):    a. 648
Tempo Abrangido (AEC):



Nome do Livro:              Ageu
O(s) Escritor(es):          Ageu
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém reedificada
Escrita Terminada (AEC):    520
Tempo Abrangido (AEC):      112 dias (520)



Nome do Livro:              Zacarias
O(s) Escritor(es):          Zacarias
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém reedificada
Escrita Terminada (AEC):    518
Tempo Abrangido (AEC):      520-518



Nome do Livro:              Malaquias
O(s) Escritor(es):          Malaquias
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém reedificada
Escrita Terminada (AEC):    d. 443
Tempo Abrangido (AEC):
Livros das Escrituras Gregas Escritos Durante a Era Comum (Cristã):



Nome do Livro:              Mateus
O Escritor:                 Mateus
Lugar em Que Foi Escrito:   Palestina
Escrita Terminada (EC):     c. 41
Tempo Abrangido:            2 AEC–33 EC



Nome do Livro:              Marcos
O Escritor:                 Marcos
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 60-65
Tempo Abrangido:            29-33 EC



Nome do Livro:              Lucas
O Escritor:                 Lucas
Lugar em Que Foi Escrito:   Cesaréia
Escrita Terminada (EC):     c. 56-58
Tempo Abrangido:            3 AEC–33 EC



Nome do Livro:              João
O Escritor:                 Apóstolo João
Lugar em Que Foi Escrito:   Éfeso, ou cercanias
Escrita Terminada (EC):     c. 98
Tempo Abrangido:            Após preâmbulo, 29-33 EC



Nome do Livro:              Atos
O Escritor:                 Lucas
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 61
Tempo Abrangido:            33–c. 61 EC



Nome do Livro:              Romanos
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Corinto
Escrita Terminada (EC):     c. 56
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              1 Coríntios
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Éfeso
Escrita Terminada (EC):     c. 55
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              2 Coríntios
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Macedônia
Escrita Terminada (EC):     c. 55
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Gálatas
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Corinto ou Antioquia da Síria
Escrita Terminada (EC):     c. 50-52
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Efésios
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 60-61
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Filipenses
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 60-61
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Colossenses
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 60-61
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              1 Tessalonicenses
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Corinto
Escrita Terminada (EC):     c. 50
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              2 Tessalonicenses
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Corinto
Escrita Terminada (EC):     c. 51
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              1 Timóteo
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Macedônia
Escrita Terminada (EC):     c. 61-64
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              2 Timóteo
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 65
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Tito
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Macedônia (?)
Escrita Terminada (EC):     c. 61-64
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Filêmon
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 60-61
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Hebreus
O Escritor:                 Paulo
Lugar em Que Foi Escrito:   Roma
Escrita Terminada (EC):     c. 61
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              Tiago
O Escritor:                 Tiago (irmão de Jesus)
Lugar em Que Foi Escrito:   Jerusalém
Escrita Terminada (EC):     a. 62
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              1 Pedro
O Escritor:                 Pedro
Lugar em Que Foi Escrito:   Babilônia
Escrita Terminada (EC):     c. 62-64
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              2 Pedro
O Escritor:                 Pedro
Lugar em Que Foi Escrito:   Babilônia (?)
Escrita Terminada (EC):     c. 64
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              1 João
O Escritor:                 Apóstolo João
Lugar em Que Foi Escrito:   Éfeso, ou cercanias
Escrita Terminada (EC):     c. 98
Tempo Abrangido:



Nome do Livro:              2 João
O Escritor:                 Apóstolo João
Lugar em Que Foi Escrito:   Éfeso, ou cercanias
Escrita Terminada (EC):     c. 98
Tempo Abrangido:

Nome do Livro:              3 João
O Escritor:                 Apóstolo João
Lugar em Que Foi Escrito:   Éfeso, ou cercanias
Escrita Terminada (EC):     c. 98
Tempo Abrangido:

Nome do Livro:              Judas
O Escritor:                 Judas (irmão de Jesus)
Lugar em Que Foi Escrito:   Palestina (?)
Escrita Terminada (EC):     c. 65
Tempo Abrangido:

Nome do Livro:              Revelação
O Escritor:                 Apóstolo João
Lugar em Que Foi Escrito:   Patmos
Escrita Terminada (EC):     c. 96
Tempo Abrangido:

Arranjo: Jefferson Chagas
Continue lendo...

VEJA TAMBÉM!

ULTIMAS NOTICIAS

 
Copyright © 2016 SAIBA TA NA NET • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top