Mostrando postagens com marcador UFOLOGIA CASOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador UFOLOGIA CASOS. Mostrar todas as postagens

Por que as pessoas que veem ovnis se sentem tão bem?

A maioria dos cientistas descarta a ovniologia ou ufologia (estudo dos OVNIs/UFOs), considerando-a como pseudociência. No entanto, Dr. Bob Davis pensa totalmente diferente.

A cada ano, a cidade de Fênix, no Arizona é anfitriã do Congresso Internacional UFO, a maior reunião anual dedicada ao estudo deste fenômeno. Uma das coisas mais impressionantes que notei enquanto falava com os participantes do congresso deste ano foi sua insistência sobre a realidade dos OVNIs, mesmo antes de eu ter expressado qualquer dúvida. Ovniólogos sempre parecem estar na defensiva, um ‘tic’ de conversação que sem dúvida foi aprendido após conversarem com céticos por anos.

Em outras palavras, ovniólogos sempre serão os primeiros a dizer que não acreditam em OVNIs, pois sabem que os OVNIs são reais.  Mas a lacuna entre a crença e o conhecimento é muito grande, um precipício que separa o científico do pseudocientífico. Desde que a ovniologia se tornou algo como um campo organizado de estudo, embora às margens de tudo, na década de 1950, a grande maioria da comunidade científica não hesitou em rotular o campo como sendo pseudocientífico, o que deixa os ovniólogos irados.

Embora os EUA tenham lançado pesquisas formais sobre o fenômeno dos OVNIs, pouco mudou nas últimas seis décadas para indicar que a ovniologia será algo mais do que um pseudociência. Mas Bob Davis, um neurocientista aposentado e auto-descrito como “agnóstico de OVNIs” quer mudar isso. Eu o encontrei no Congresso Internacional UFO para descobrir porque ele pensa que a ovniologia pode se tornar uma disciplina científica séria. Nossa conversa foi editada para ficar mais clara e reduzir seu comprimento.

Motherboard: Olá Bob! Você é um neurocientista aposentado, mas a maioria dos cientistas não leva os OVNIs a sério. Por que?

Bob Davis: Eu tenho sido um ovniólogo de armário a minha vida toda; eu acho que é devido ao medo do ridículo por outros. Quando minha esposa e eu visitamos Sedona, no Arizona há uns dois anos, vimos dois globos alaranjados no céu noturno. Não estou inteiramente certo do que eram, mas isso me motivou a começar a escrever um livro: The UFO Phenomenon (O Fenômeno OVNI). Agora sou um membro da Fundação Dr. Mitchell para Pesquisa de Encontros Extraterrestres, que está explorando a essência desse fenômeno.

Que tipo de pesquisa esta organização faz?

Estudamos 3057 indivíduos que alegam ter memória consciente e explicita de contato com uma nave física, associada com alguma forma de inteligência não humana.

O que vocês descobriram baseado nesta pesquisa?

Ovniólogos sempre pensaram que este fenômeno era uma experiência negativa e hostil, mas estamos descobrindo justamente o contrário. O que descobrimos é que aproximadamente 85% das pessoas que estão passando pelo fenômeno estão sendo transformadas de forma comportamental e psicoespiritual muito positiva. Geralmente as pessoas se tornam mais humanas e se sentem em unidade com o mundo.

Elas se tornam menos interessadas em religião organizada, elas se tornam mais espirituais, elas têm menos interesse em valores monetários e se tornam mais sensíveis ao bem estar ecológico de nosso planeta, entre muitos outros resultados psicoespirituais. É um resultado real e poderoso que geralmente é ignorado pela comunidade OVNI.

Alguma ideia do porquê disso?

Acreditamos, mas não fingimos que temos a resposta, mas sentimos que a teoria holográfica quântica da consciência delineada pelo Dr. Edgar Mitchell, o co-fundador da FREE, fornece uma explicação possível da essência do fenômeno.

Baseamos isto novamente, em parte, nos aspectos transformadores que a experiência tem nos indivíduos. As pessoas relatam que se tornam cientes, baseadas nas suas interações com o fenômeno, que há na verdade uma realidade multi-dimensional, que há vida após a morte. O que estamos tentando aplicar, em outras palavras, é uma explicação científica, mas não estamos alegando ter a resposta.

A comunidade psicológica reconheceu esta pesquisa?

Nossos resultados aparecerão em dois periódicos no final deste ano, o The Journal of Consciousness e o Journal of Scientific Exploration.

O Journal of Consciouness não é revisado por pares, e o The Journal of Scientific Exploration é considerado muito extremo pela maioria dos cientistas.

Não estamos dizendo que temos evidência irrefutável do que este fenômeno seja; simplesmente queremos apresentar nossos resultados e aumentar a consciência pública, especialmente a de tendência predominante, para que eles possam encarar este tópico de forma muito mais séria.  Uma vez que publicarmos nossos resultados nestes periódicos, esperançosamente eles irão estimular mais interesse e atenção, e esperançosamente será uma pesquisa que é construída em cima de descobertas preliminares.

Você notou quaisquer similaridades entre as pessoas que reportaram estas experiências?

A questão óbvia é se estes indivíduos poderiam estar tendo uma inclinação para ilusão ou fantasia, alguma patologia psicologicamente aberrante que poderia dar início às suas alegações de que seus comportamentos estão transformados. Isto é descontado em grande parte, porque se eles de fato estavam tendo algum tipo de aberração psicológica, seria muito improvável que reportariam tais resultados comportamentais positivos como resultado de suas interações com este fenômeno.

O fato de que tantos, aproximadamente 85 por cento, dizem a mesma coisa, também diminui a possibilidade de que há uma aberração psicológica latente associada a isto. Infelizmente, não temos o tempo e o dinheiro para filtrarmos alguns problemas psicológicos de todos os indivíduos. Pesquisa futura deverá olhar a este componente do indivíduo que está reportando este tipo de experiência.

Soa como se estas pessoas estivessem descrevendo uma experiência religiosa.

Muitas dessas transformações positivas são similares ao despertar espiritual. Chame isto de psicoespiritual, chame isto de religioso, chame isto de seja lá do que for, mas a grande maioria destas pessoas são transformadas de forma positiva.

Você acha que os OVNIs são de origem extraterrestre, ou um fenômeno inexplicado da Terra, como uma nave militar, ou algo assim?

A maioria dos ovniólogos alega que este fenômeno é de natureza extraterrestre, mas a ciência deve olhar para outras explicações. Infelizmente, isto provavelmente ainda continuará a ser visto como pseudociência pela comunidade científica em geral, o que é uma grande infelicidade, porque este fenômeno é válido e está impactando milhares de pessoas pelo mundo todo.

Sem dúvida, temos que tornar isto mais rigoroso cientificamente. A variável confusa é que neste momento não temos princípios científicos para aplicar, a fim de ajudar a responder a essência oculta do que governa e regula este fenômeno. Provavelmente nunca teremos evidência irrefutável do que seja este fenômeno. Podemos somente fazer conclusões indiretamente.

Talvez, ao longo do tempo estes princípios evoluirão, e isso pode ser mais especificamente aplicado como um meio de qualificar e quantificar as evidências na forma de relatos, que é o que temos de milhares de pessoas. A evidência relatada não pode ser mensurada num laboratório e a maioria dos cientistas quer dados tangíveis.

Neste caso, como isto se pareceria? A captura real de um OVNI?

Essa seria a prova. Muitos alegam que temos OVNIs sendo armazenados em lugares por aí. As pessoas alegam ter a resposta, mas não sabemos quem ou no que acreditar. A Ovniologia está repleta de tais desinformações, as pessoas que fabricam conclusões sem suficiente evidência.

É muito difícil separar o fato da ficção, sensatez de besteiras, o que é a razão porque a maioria dos cientistas considera isto uma pseudociência e não querem se envolver. Além disso, não há agências de financiamento que irão fornecer fundos para os cientistas engajarem neste tipo de pesquisa, assim isto também desanima muito da comunidade científica, especialmente no ambiente acadêmico.

Você atuou 30 anos como neurocientista, mas agora não duvida da ovniologia como um estudo legítimo. O que precisaria para convencer outros cientistas a tomarem isto de forma séria?

Há muitos cientistas que estão interessados no fenômeno e o levam a sério. Mas precisa ter mais; um esforço de pesquisa pelos pesquisadores de muitas disciplinas trabalhando de forma cooperativa para estudarem este fenômeno com intenção muito mais séria. Há um óbvio receio do ridículo, assim as pessoas não revelam seus interesses por esta área. Isto é uma pena, porque a comunidade científica deveria ser mais engajada, ao invés de ser amplamente desassociada do estudo do fenômeno.

Embora organizações como a Mutual UFO Network devotam muito do seu tempo estudando os OVNIs, mas continuam a analisar este fenômeno da forma que fazem, que é uma análise retrospectiva de eventos anteriores, nossa compreensão do fenômeno não irá avançar. Precisamos aplicar protocolos científicos mais rigorosos, usando uma abordagem multi-disciplinar. Acredito que esta seria a única forma de ganharmos mais conhecimentos sobre o fenômeno.

Continue lendo...

Caso Varginha - Militar reformado faz novas revelações (Video)

Alerta ufo a verdade que tentam ocultar

Caso Varginha - Militar reformado faz novas revelações, documentario em video feito com novas revelações sobre este caso que ainda entriga muita gente.

Continue lendo...

UFO do Mar Baltico, Sonar revela linhas...(Arquivo)

ufo mar baltico

O que era estranho ficou mais estranho ainda... o time de exploração submarina OceanX descobriu, usando um sonar 3D que dentro da misteriosa estrutura encontrada nas profundezas do mar baltico,existem corredores ou paredes com superficies perfeitamente retas que se asemelham a uma escadaria, e tudo indica não serem obras naturais.

Devido a profundidade e pouca visibilidade ainda não foi possivel indentificar a natureza do objeto , se realmente é um acaso natural ou algo além disso, durante as tentativas de uma observação mais definida do objeto ocorreram alguns incidentes , como falha repentina dos equipamentos, mal tempo na região, entre outros obstáculos.

O time da OceanX prepara pra mais alguns dias o envio de um equipamento controlado remotamente ( ROV ) com o qual se espera obter melhores resultados e enfim desvendar esse mistério que anda mexendo com a cabeça da comunidade ufológica mundial.

ufo mar baltico sonda

Fonte: Net
Arranjo: Jhero
Continue lendo...

UFO OVNI sobre a Esfinge e as pirâmides de Gizé

Pirâmides de Gizé

A Esfinge e Pirâmides de Gizé são sem dúvida consideradas como dois dos destinos turísticos mais atraentes do mundo. No entanto, a questão de como eles foram criados e que os havia criado ainda está sem resposta. Pesquisadores apresentaram teorias, mas nem mesmo um deles mostra uma prova incontestável. Talvez, a teoria mais interessante é que os povos antigos que construíram poderia obter ajuda de extraterrestres.

Autor Stephen Mehler menciona em seu livro "A Terra de Osiris" sobre o envolvimento de estrangeiros na construção das pirâmides. Mehler observa que houve uma civilização avançada chamada Khemitians no Norte de África que teve um encontro com extraterrestres , alegando que a existência de vida em outros mundos é verdade. Ele acredita que esses povos antigos foram fornecidos pelos seres sobrenaturais com uma tecnologia extraordinária, que eles usaram para construir as pirâmides.

O aspecto mais intrigante da construção destas grandes pirâmides é o uso de rampa. Muitos acreditam que seria impossível para a rampa para manter a pirâmide de entrar em colapso, dado que a altura da pirâmide é de 450 pés. Outra parte misteriosa é a colocação de pedras das pirâmides, que se estima ter peso entre 2 e 70 toneladas cada.

Além disso, outros pesquisadores acreditam que estas pirâmides foram criados antes da grande inundação que é mencionado na Bíblia. Além disso, os extraterrestres poderiam ter feito as três pirâmides de Gizé, alinhadas semelhantes para as três estrelas do cinturão de Órion na constelação de Orion. E a parte mais fascinante é a ereção da grande pirâmide no centro exato do mundo. Talvez, há mais teorias que poderia vir, mas o mistério é mais provável que permanecem sem solução.

Fonte: Pesquisa Net
Arranjo: JTC
Continue lendo...

As verdades bíblicas sobre os OVNIs


Este é um assunto que atualmente tem chamado a atenção, não só das personalidades e comunidades científicas, mas também dos escolhidos de Deus ( Povo de Deus ), assim como daqueles que concluímos serem "leigos" no assunto. 

E, lendo alguns livros e relatos sobre o assunto, sinto-me na obrigação de fazer conhecida por todos o que considero serem as verdades bíblicas sobre OVNIs.

Vivemos em um mundo conturbado por problemas sociais que a cada dia dilatam mais ainda as idéias sobre as possibilidades e teorias sobre muitas coisas envolvendo o ocultismo, entre elas a ufologia. 

Eu apenas quero dar motivos (nos quais eu creio e afirmo com toda convicção da sua verdade) para que creiamos que os nossos visitantes não são bem aquilo que pensamos!

Um texto bíblico que chama a atenção sobre o assunto está em Lucas 21.11 que diz assim:

"Em vários lugares haverá grandes tremores de terra, falta de alimentos e epidemias. Acontecerão coisas terríveis, e grandes sinais serão vistos no céu".

Jesus Cristo, nos adverte contra o que haveria de acontecer no considerado pelos cristãos de todo o mundo como o final dos tempos. 


Apenas uma profecia apocalíptica para que nos preparássemos. 

Essas coisas realmente tem acontecido, só que muitas pessoas não tem procurado a verdade sobre tudo, porém existe algo mais, existe uma trama maligna diante dessas aparições e fenômenos anormais, que procura profanar o evangelho de Jesus Cristo. 

A finalidade principal, creio eu, é acabar com dogmas e doutrinas do cristianismo e consequentemente pregar as doutrinas do ocultismo, espiritismo e, finalizando, erguer a Nova Era e suas mentiras.

Quanto a isso, o apóstolo Paulo também nos adverte na carta aos Gálatas 1. 8:

"Mas, se alguém, mesmo que sejamos nós ou um anjo do céu, anunciar a vocês um evangelho diferente daquele que temos anunciado, que seja amaldiçoado!".

Paulo expressa sua preocupação neste texto sobre o cuidado com as contradições que esses "visitantes" afirmam quanto ao evangelho. 

Ele adverte ao povo, quanto a astúcia do maligno em usar pessoas e até mesmo criaturas "celestiais" para profanar e desmoralizar a Palavra de Deus. O termo "anjo do céu" refere-se aos anjos decaídos do céu, os quais foram a favor de Lúcifer e seus ideais. 

Faz-se então necessário esclarecer o que se refere a celestial. Biblicamente, existem três dimensões do chamado céu. 
 - Um é o que nós enxergamos, onde só existe mesmo o que é visível. 
 - O Segundo Céu são as chamadas Regiões Celestiais, onde acontecem as constantes batalhas espirituais entre os anjos de Deus e os do Diabo. 
 - O Terceiro céu é onde conhecemos como o Céu de Deus, onde habita o Deus Supremo e seus anjos.

Dr. Walter Martin, considerado a autoridade máxima em seitas e ocultismo declara:

O segredo é a teologia deles. 

Dizem todos a mesma coisa e tudo é uma deturpação da Bíblia. 

Isso me faz acreditar que o que a Bíblia disse que ocorreria está acontecendo. 

Estamos tratando com uma outra dimensão da realidade que a Bíblia menciona freqüentemente. 

Ela é chamada de ‘domínio das potestades do ar’. Em outras palavras, trata-se de uma manifestação sobrenatural que o cristianismo, o islamismo e o judaísmo chamariam de demoníaca. 

Não penso que exista um demônio por trás de cada arbusto ou árvore. 

Estou apenas dizendo: o que poderíamos esperar no fim dos tempos em nossa cultura avançada? 

Esperaríamos uma manifestação que se ajustasse às estruturas da nossa era. 

Que melhor maneira de atrair-nos do que com visitantes intergalácticos? ... 

Temos obsessão por eles!.

Elaine Morganelli, uma das participantes da reunião de Whitley Strieber (autor de vários best sellers sobre o assunto, como Communion e Transformation. Strieber possuía ainda antecedentes fortes no ocultismo (Zen, cartas de tarô, estados alterados de consciência, Gurdjieff e Ouspenjsky) e além dos livros sobre OVNIs, escreveu ainda vários livros ocultistas, como Black Magic, Night Church, The Hunger... ), conclui o que acontecera; uma resposta amedrontadora, mas real: 

"O que me chamou a atenção foi quando ele (Strieber) se referiu ao Senhor e seus anjos como ‘Nazistas do Ar’. Quando ele fez esse comentário, pensei: ‘É isso! Estou fora’" .

Paulo preocupava-se com esse tipo de artimanha do maligno para nossa época. 

Paulo estava completamente certo!
Strieber, na condição de adepto das filosofias ocultistas, tem importantes definições dos nossos ‘amigos’ do espaço. 

Em um dos trechos de seus livros, Whitley relata uma curiosidade sobre a sua relação com OVNIs, reparem uma certa "conscidência" com o ocultismo:

"Fiquei completamente amedrontado. O medo era tão grande que pareceu fazer com que toda a minha personalidade se evaporasse... ‘Whitley’ deixou de existir. O que ficou foi um corpo e uma sensação extrema de medo, tão grande que me envolveu como uma cortina pesada e sufocante, transformando a paralisia numa condição semelhante à morte... eu morri, e um animal selvagem apareceu em meu lugar.

Em outros pontos retrata fatos importantíssimos ao descrever um dos alienígenas: 

"Parecia quase um demônio, com um rosto estreito e escuro, olhos puxados. Falou comigo numa voz aguda e guinchante".

Strieber comenta seus pensamentos: 

"Fiquei pensando que talvez estivesse nas garras de demônios, ... é claro que eram demônios!", e fala ainda sobre agonias íntimas (seqüelas e traumas dos seqüestros).

Se cremos que a Bíblia é completa e indivisível, se cremos que existe um Deus lá no céu que escreveu a sua Palavra Divina através de homens comprometidos com Ele, não podemos deixar de atentar para o fato de Ovnis serem entidades demoníacas, que estão cumprindo as profecias apocalípticas.





 
OVNIS, Biblia
Technorati Tags: ,,
Windows Live Tags: Biblia,OVNIS,verdades
WordPress Tags: Biblia,OVNIS,verdades
Blogger Labels: Biblia,OVNIS,verdades
Continue lendo...

As aparições bíblicas, seriam extraterrestres?

extraterrestres as aparições bíblicas
Em 1859, quando Charles Darwin publicou seu livro “A Origem das Espécies”, a teoria da evolução iniciou uma jornada que levaria tal teoria ao status de única explicação acerca das nossas origens. Muitas fraudes e equívocos acompanharam a teoria da evolução, na mesma época, muitas vozes criacionistas se levantaram em favor da criação.
Semelhantemente, em 1935 foi lançado um livro que suscitaria ilusões sobre a origem e o desenvolvimento da humanidade. Erich von Däniken, escreveu o livro: Erinnerungen an Die Zukunft, (Recordações do Futuro), ou conforme o título em português: ‘Eram os deuses astronautas?’ Este livro trouxe aplausos dos céticos e a revolta no meio evangélico.
Estariam os seres humanos sozinhos no universo? Existiriam outros seres com uma tecnologia avançada que manipulava a história humana? Seriam os Escritos Sagrados, normas morais desenvolvidas pelos alienígenas[i]? As visões dos profetas e seu cumprimento foram interferências de extraterrestres? Depoimentos de ‘rapto’, visitações, contatos imediatos de primeiro[ii], segundo e terceiro grau; merecem crédito?
Berço da Civilização – Babá Extraterrestre?
Däniken sugeriu que o desenvolvimento da humanidade ocorreu devido a constantes visitações de astronautas (extraterrestres) ao nosso planeta. Desde as primeiras civilizações até ocasiões de delicados relacionamentos diplomáticos, astronautas visitavam a terra e cooperavam no desenvolvimento da civilização humana. Até mesmo no aspecto genético, afirmam que houve influência de elementos extraterrestres, outros conjecturam que a humanidade seria uma experiência genética ou cobaia de outros mundos, apostam alguns ufólogos.
Essas visitações eram excitantes para os humanos, e então lhes imputavam uma posição de deuses. Como observadores que desconheciam qualquer tecnologia poderiam expressar as visitações de astronautas? Os estrondos, aspectos cintilantes e as roupas espaciais teriam um esplendor magnífico que forneceriam as visões registradas nos livros sagrados – deve-se entender que segundo os ufólogos todas as civilizações tiveram algum tipo de interferência extraterrestre que ocasionou tais escritos.
Como uma visitação de aeronaves extraterrestres poderia ser relatada por observadores primitivos? Os registros dos profetas são aclamados como provas dessas visitações. O exemplo mais utilizado pela ufologia encontra-se no Livro bíblico de Ezequiel. O profeta foi detalhista no relato de sua visão e expressou minuciosamente a glória de Deus. Contudo, teríamos neste livro indícios de alguma visitação alienígena? Seriam as manifestações de Deus apenas visitações extraterrestres?
Apesar dos mentores da ufologia procurarem nas Escrituras evidências de manifestações extraterrestres, uma das dificuldades que encontram é a consistência da mensagem bíblica que é coerente desde Gênesis até Apocalipse. Visto que a Bíblia abrange toda a história humana e foi escrita durante um período de cerca de 1500 anos, tendo cerca de 40 escritores inspirados, tem portanto, demonstrado singularidade e presciência no conteúdo de Sua mensagem. Contudo, esforçam-se os ufólogos em fazer interpretações que indicam algumas passagens como visitações. Vejamos um exemplo dessa associação, observemos o livro de Ezequiel.
Visões Celestiais Interpretadas como Visitações Extraterrestres
Um exemplo popular da associação de visitações extraterrestres às visões celestiais é comentada no livro ‘Eram os deuses astronautas?’. Citando a visão de Ezequiel, procuram simular uma visitação de astronautas como segue: Quem falou com Ezequiel? Que espécie de seres era? “Deuses”, segundo a concepção tradicional, certamente não eram, pois esses provavelmente não necessitavam de um veículo para ir de um local a outro. A nós, essa espécie de movimentação nos parece incomparável com a concepção de um Deus Todo-Poderoso. Sobre o motivo da visita dos astronautas afirmam: Os “deuses” falaram com Ezequiel e instaram para que doravante restaurasse a lei e a ordem na Terra.[iii]
Apologia ao Livro de Ezequiel
As Escrituras têm um padrão moral e espiritual que objetiva restaurar o homem a uma relação aprovada diante de Deus. Também ensina as Escrituras que isso somente é possível mediante Jesus Cristo. A Palavra de Deus não tem um interesse político ou diplomático dissociado da moralidade e dos pactos instituídos com o Seu povo. Quando esses elementos políticos aparecem, são apenas conseqüências da desobediência por parte da nação de Israel, ou do desrespeito das nações para com Israel.
Por outro lado, alguns ufólogos dizem que determinadas decisões governamentais são fruto de interferências alienígenas. Isto é, os extraterrestres visitavam a Terra periodicamente e comunicava alguma orientação aos povos. Isso, afirmam, foi feito aos diversos povos espalhados pelo mundo. Em outras palavras, veríamos traços alienígenas em todas civilizações. Semelhantemente, afirmam que as intervenções divinas na nação de Israel seriam intervenções alienígenas e não do Deus vivo.
Essa idéia é ventilada na afirmação de Däniken[iv], que extraterrestres estariam orientando os procedimentos mundiais. Não é isso que encontramos no Livro de Ezequiel. Se realmente os alienígenas desejassem uma intervenção internacional, deveriam ter se apresentado a Nabucodonozor, rei de Babilônia, e não a um profeta humilde de um povo cativo.
Qual foi a amplitude da visão? Foi uma visita de astronautas? Em Ezequiel capítulo 1, lemos que o profeta Ezequiel estava no meio dos cativos e teve visões: abriram-se os céus, e eu tive visões de Deus. O povo que estava com Ezequiel não teve as mesmas visões, logo não houve qualquer visitação de astronautas! Os céus foram abertos, então, Ezequiel passou primeiramente a ouvir a Palavra de Deus. Depois, ele continuou vendo a manifestação da glória de Deus. Os detalhes das visões de Ezequiel demonstram a realidade da presença de Deus. O povo cativo de Israel estava atribulado, mas recebeu vigor das visões de Ezequiel, contudo não viram o que o profeta contemplava.
Novamente no capítulo 8 do Livro de Ezequiel encontramos outro relato das visões do profeta, nessa ocasião ele estava em casa junto aos anciãos de Israel, mas somente Ezequiel foi transladado e teve a visão em espírito, das coisas ocultas em Jerusalém. Houve uma visitação de extraterrestres ou uma visão divina? Obviamente foi uma visão, pois os demais companheiros de Ezequiel não participaram, apenas ouviram seu relato. Isso contraria a afirmativa dos ufólogos, pois dizem que as visitas dos extraterrestres causavam transformações nas culturas primitivas.
Outro fator essencial do Livro de Ezequiel é sua mensagem profética. Seriam as profecias provenientes de ‘ditados’ extraterrestre? Se as profecias fossem de origem extraterrestre, também não dependeriam dos mesmos agentes para seu cumprimento? As Escrituras nos ensinam que a base do cumprimento das profecias bíblicas é a atuação de Deus: Ainda veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Que é que vês, Jeremias? E eu disse: Vejo uma vara de amendoeira. E disse-me o SENHOR: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para a cumprir (Jr 1.11,12).
Vejamos um exemplo das profecias no Livro de Ezequiel. No capítulo 26, registra-se que a Palavra do Senhor veio a Ezequiel, encontramos cerca de sete previsões bem específicas: 1. Nabucodonosor destruirá a cidade de Tiro localizada no continente (26.8). 2. Muitas nações lutarão contra Tiro (26.3). 3. Será feita como uma penha descalvada; plana como o topo de uma penha (26.4). 4. Pescadores espalharão suas redes no local (26.5). 5. Lançarão o entulho na água (26.12). 6. Jamais será construída (26.14). 7. Jamais voltará a ser encontrada (26.21). Diferente do ocorrido em Sodoma e Gomorra que foi repentino, o cumprimento da profecia do Livro de Ezequiel arrastou por centenas de anos até o nosso século, seu cumprimento está inteiramente ligado à onipotência e onisciência de Deus.
Vejamos o cumprimento dessa profecia: Três anos após a profecia, Nabucodonosor veio a sitiar a cidade de Tiro, localizada no continente. Na Enciclopédia Britânica, lemos: Depois de treze anos de cerco (585-570 aC.) por Nabucodonosor II, capitulou e reconheceu a soberania babilônica. Em 538 aC. Tiro com o restante da Fenícia passou para a soberania da Pérsia aquemênida. A cidade continental foi destruída em 573 aC. (Predição 1). Em 333 aC. Alexandre III, depois de derrotar Dario III, marchou para o sul. Demoliu a velha Tiro, localizada no continente, e com o entulho construiu um molhe de 60 metros de largura, atravessando o estreito que separava a antiga e a nova cidade, edificando torres e engenhos de guerra na ponta do molhe. (Predição 5) A marinha utilizada por Alexandre foi composta pela contribuição de várias cidades e regiões: Sidom, Árado, Biblo (essas contribuíram com 80 navios à vela), 10 de Rodes, 3 de Solos e Malos, 10 de Lícia, um bem grande da Macedônia, e 120 de Chipre (Predição 2). A parte maior do local onde outrora havia a grande cidade é hoje em dia um local plano como o alto de uma Penha (Predição 3). É um lugar próprio para os pescadores, que ainda hoje utilizam para espalharem suas redes para secarem (predição 4) Até hoje não foi construída (Predição 6). Suas ruínas foram lançadas ao mar e seu nome não mais é encontrado. Plínio o Velho apresenta uma grande conclusão: Tiro… outrora famosa, mas hoje toda a reputação de Tiro se limita ao nome de um molusco e de um corante de cor púrpura[v] (Predição 7).
Quando tais profecias poderiam depender de interferência extraterrestre? Foram cumpridas em todos seus detalhes até os nossos dias. Isso totaliza 26 séculos! Stoner comenta que: Se Ezequiel tivesse em sua época olhado para Tiro e tivesse feito essas sete predições pela sabedoria humana, essas estimativas indicam que as chances de todas elas se concretizarem seria de apenas uma em 75 milhões. Todas se concretizaram nos mínimos detalhes.[vi]
Grandes civilizações que detêm, entre ufólogos a elite das visitações extraterrestres, desapareceram. Maias, Incas, Astecas, povos que floresceram e desvaneceram. Onde estavam os seus mentores quando chegou a adversidade? Por outro lado, tudo que as Escrituras profetizaram tem se cumprido plenamente.
Fatores Essenciais no ‘Fenômeno’ dos Ovnis
O primeiro exemplo de um ‘fenômeno’ dos Ovnis registrado, ocorreu em Washington, EUA, 1947[vii]. Desde que um homem de negócios contou ter visto algo semelhante a um “pires” voando, centenas de milhares de pessoas em todo o mundo anunciaram suas próprias visões de objetos voadores não-identificados. A palavra Ufologia vem da sigla UFO (Unidentified Flying Objects), que corresponde a OVNI (Objeto Voador Não Identificado). A ufologia é a área que estuda a possível existência de seres em outros planetas e galáxias.
A parapsicologia é um fator essencial no contato com supostos extraterrestres. Relatos de abduções[viii] são acompanhados com detalhes parapsicológicos. Muitas vezes os testemunhos somente são possíveis através da hipnose. Outro fator que acompanha os testemunhos são os relatos de contato sexual com extraterrestres. Finalmente, procuram transmitir uma mensagem. A mensagem ufológica coincide com os ensinamentos esotéricos. Enquanto o esoterismo ‘deu vida’ aos elementos da natureza, duendes e demais frutos da fantasia, enchendo-lhes de ensinamentos filosóficos e místicos, a ufologia tem atribuído semelhantes ensinamentos aos imaginários mestres cósmicos.
Divergências no mundo da Ufologia
Longe de lançarem mãos de fatos em seus argumentos sobre a existência e a interação dos extraterrestres, suas conclusões advêm de observações a alguns eventos que são interpretados como evidência alienígena. Todavia, encontramos divergências no meio ufológico. A ufologia tem divisões internas que expõem a fragilidade do movimento. Temos dois ramos principais na ufologia, a científica e a mística. A Ufologia dita Científica não poupa ataques ao exagerado esoterismo, à confusão de idéias e à duvidosa religiosidade que permeia sua rival, por isso mesmo denominada Mística. – explica A. J. Gevaerd, editor da revista Ufo. Assim, o correto é que se divida a Ufologia, doravante, não mais em Mística ou Científica, mas sim em “séria” e “não séria”. Onde se fixará este limite, no entanto, dependerá da sensibilidade, da maturidade e da experiência de cada ufólogo. Que tenhamos capacidade para aproveitar o que houver de sério e útil em cada uma dessas correntes. E que não nos falte sabedoria para discernir e descartar aquilo que não nos servir. Conclui o editor.
A Ufologia Científica depende exclusivamente de fatos, contudo, na prática, utilizam evidências circunstanciais: fotos, filmes, impressões no corpo, na terra, em plantações. Evidências que são, em primeira mão, inusitadas. Mas desbaratadas com o tempo e esclarecimento. Essa é a posição do respeitado cientista Carl Sagan, que embora cria em vida extraterrestre, e procurasse investir em sua busca, através de comunicação por sofisticados aparelhos, a ponto de criar um centro de escuta intergalático, admitiu que nunca conseguiu sequer um contato bem sucedido. Carl Sagan fundou a Planetary Society, uma renomada instituição na vanguarda do rastreamento de sinais de vida fora do nosso planeta. O projeto Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI), ou Busca por Inteligência Extraterrestre, não alcançou êxito. Em Socorro, Novo México, encontra-se o Very Large Array (VLA) é um aglomerado de vinte e sete radiotelescópios conectados eletronicamente, como se fossem um único telescópio do mesmo tamanho até nos menores elementos, ou um radiotelescópio de dezenas de quilômetros de extensão[ix]. Toda essa estrutura científica não conseguiu localizar outras civilizações alienígenas, quer inferiores quer superiores, ou mesmo algum planeta que tenha semelhanças com o planeta Terra.
O ‘Outro Evangelho’ – das Estrelas
Além dos fantásticos relatos das visões ufológicas, encontramos também o surgimento de seitas apocalípticas envolvidas com manifestações de ovnis. Um exemplo exótico é a Fundação Uranius, sediada nas proximidades de San Diego, Califórnia, e administrada pela autodenominada “visionária cósmica” Ruth Norman, também conhecida pelo nome de Uriel. Ela afirma ter recebido transmissões de seres “supercelestiais” e ter visitado nada menos que 60 planetas. “Através de meus ensinamentos, os humanos poderão atingir um plano espiritual mais elevado, de preferência a tempo de saudar as 33 naves estelares da Confederação Interplanetária que irão aterrissar em San Diego em 2001” afirma Norman.
Outro exemplo do misticismo no movimento ufológico ocorreu em Londres, Inglaterra. A Sociedade Aetherius, caracterizada por cultos a contatos extraterrestres, contudo com algo inusitado, entre os extraterrestres encontram-se Jesus e diversos santos, que moram em Vênus, conforme George King, fundador do movimento em 1956. King afirma que como interessado pelo misticismo oriental, certo dia, em estado de transe, recebeu mensagens de seres extraterrestres. Eles afirmavam que Jesus estava vivo e morava em Vênus.
Segundo Edenilton Lampião, quando editor da revista Planeta, escreveu um artigo publicado em 10 de setembro de 1984 do jornal Folha da Tarde, no qual alertava para a sofisticação dos métodos e da linguagem das seitas no Brasil. Lampião classificou-as em três tipos: as profundamente místicas (de inspiração cristã, em que Jesus surge como comandante de frotas de naves-mãe em trânsito pelas galáxias), aquelas que falam em nome de uma nova “consciência cósmica” (um líder serve de mediador com os Ets, aos quais, claro, só ele e mais uns poucos privilegiados têm acesso) e as mais traiçoeiras de todas, a corrente de seitas esotérico-científicas que se adaptam ao gosto do linguajar moderno dos meios de comunicação.
Esperava-se que suas mensagens refletissem cultura altamente desenvolvida, principalmente na área científica. Contudo, não é isso que propagam. Suas mensagens refletem idéias ocultistas, principalmente tentando atingir as Escrituras como sendo espúrias.
Depois de observarmos diversos livros, revistas e jornais que propagam a ufologia, obtemos um extrato de suas afirmações, vejamos algumas:
1. Acusam a Bíblia de falsidade, no entanto, usam diversas passagens para indicar a existência de ovnis. Algumas supostas mensagens de alienígenas interpretam as Escrituras de uma forma particular, atribuindo-lhes a autoria.
2. Afirmam que os mentores galácticos aguardam algum tipo de adoração por parte dos habitantes da Terra.
3. Atribuem ao homem uma capacidade divina, que deve ser desenvolvida através de exercícios, meditações, amuletos e marcas. Aguardando um advento de centenas de naves alienígenas que conduziram a humanidade a uma nova era.
4. Aguardam uma nova era, quando o ser humano ultrapassará as fronteiras do conhecimento. A constituição de um código civil mundial que trará paz ao planeta. O auto conhecimento libertará o homem, ou o divinizará.
5. Deus, o homem, e os animais fazem parte da mesma essência divina e material; portanto, é necessário um místico respeito ecológico.
6. Entidades alienígenas e/ou espirituais estão agora presentes para ajudar a humanidade a ajustar-se à Nova Era de avanço espiritual.
Extraterrestres e anjos parecem confundir-se no imaginário popular. São excitantes para a mente popular devido as seguintes características: 1. vêm de um outro mundo (planeta ou céu). 2. formas de vida avançadas, proporcionando ultrapassar fronteiras tecnológicas ou espirituais. 3. geralmente suas qualidades são expressas em beleza física. 4. têm excelente comunicação com humanos. 5. habilidade em vôo. 6. aparições acompanhadas com luz brilhante e cintilante. 7. branco, azul e cinza são as cores mais populares. 8. profetizam mudanças no meio ambiente e a inauguração de uma nova era. 9. incentivam a divinização do homem, a busca do ‘eu’ interior. 10. Negam ou omitem o pecado, a real condição do homem e, portanto não tem nenhum plano de salvação que inclua o arrependimento, fé e santificação. Tanto aqueles que afirmam falar com ‘anjos’ quanto os que afirmam que falaram com Ets têm as características acima. Os conceitos de pecado, e condição geral da humanidade parecem muito com as atuais filosofias materialistas e liberais.
As chances de ver um Ovni aumentaram
Com a difusão do sistema de telefonia, que usam satélites de última geração, as chances de ver um ‘ovni’ aumentaram surpreendentemente. Há cerca de dois anos foram lançados em órbita 72 desses satélites, com cerca de 640 kg e orbitando a Terra a 780 km de altitude. Eles compõem a primeira rede global de telefonia celular e paging via satélite do mundo. Por emitirem um brilho rápido e forte, têm sido confundidos com objetos voadores não identificados (Ovnis) e proporcionando um aumento das incidências dos relatos de testemunhos de pessoas que viram ovnis.
A revista Ufo relata: Proporcionalmente ao seu tamanho, o brilho dos satélites Iridium (empresa de satélites para uso no sistema de telefonia) é mais forte que o da Lua: um aparelho da rede pode ter seu brilho na magnitude 9, considerado alto pelos ufólogos… Os satélites podem ser avistados com certa facilidade após o crepúsculo, ou antes, do alvorecer, em qualquer ponto do azimute. Têm elevação variada, podendo chegar ao zênite 90º perpendicular ao solo, acima de nossas cabeças. À oeste, os satélites são vistos no início da noite e, à leste, pouco antes do amanhecer – mas a maioria dos “avistamentos” é ao norte ou ao sul, no início e fim da noite.[x] Muitos sinais luminosos são apenas reflexos dos mais diversos sistemas de satélites utilizados. Mesmo a atmosfera pode refletir luz, formando a impressão que seja algum óvni. Portanto, se dividirmos os testemunhos de pessoas que avistaram óvnis encontraremos a seguinte escala: fraude fotográfica e testemunhal, reflexos na atmosfera, reflexos de satélites e visões paranormais.
Identificando os Ovnis – a fronteira
O imaginário popular adquiriu um espaço sem fronteiras em grande parte devido às viagens espaciais, ficção cientifica e a indústria cinematográfica. Além disso, onerosos projetos científicos estão em operação, buscando com verdadeira seriedade encontrar vida e inteligência nos espaço sideral. Em resultado disso, está ficando cada vez mais difícil para as pessoas, especialmente os jovens, dizer onde termina a ciência e onde começa a ficção. A existência de seres extraterrestres e a possibilidade de se comunicar com eles e de ser influenciado por eles invadiram sutilmente a mente das pessoas, como que pela porta dos fundos.
As Escrituras afirmam que a Terra era sem forma e vazia, essa condição verificamos também nos planetas vizinhos e naqueles que podem ser observados por diversos meios. Encontramos a mesma condição quando observamos fotos dos planetas de nosso sistema solar. Por outro lado as Escrituras admitem que existe vida fora da terra. O apóstolo Paulo relatou que além de haver vida fora da terra, ela está em luta com o ser humano. Em sua carta aos Efésios (6.12) ele escreveu: Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. As Escrituras também advertem dos riscos do envolvimento com entidades espirituais: Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados. (1 Co 12.2). As Escrituras admitem a existência de outros seres, além dos humanos, e até mesmo atribui-lhes poder sobre-humano. Mas não encontramos afirmação de seres que residam em outros planetas. Entretanto, afirma a Bíblia a existência de dois níveis de habitat, o terrestre e o celestial.
Por outro lado, alguns professos cristãos, liberais, afirmam que existem outros mundos habitados e estes talvez fossem também visitados por Jesus, onde, morrendo por tais extraterrestres, poderia alcança-los, salvando-os. Assim, seria apenas uma repetição do que aconteceu a cerca de dois mil anos. Imagine diversos mundos que também foram visitados por Jesus, onde viveu e morreu sacrificialmente. Para tais liberais, esta seria uma resposta plausível e até provável. Encontramos alguns problemas no contexto bíblico, que não podemos deixar de considerar. Primeiro, a morte de Cristo para o perdão de pecados é única: assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação (Hb 9:28). A manifestação de Cristo é impar, primeiro para tirar o pecado e uma segunda vez, para aqueles que O aguardam. Interferir Deus na criação diversas vezes em mundos diferentes através de Cristo está fora do contexto bíblico, Apocalipse relata a exaltação de Cristo diante de todo o universo, e não sistematicamente nos quadrantes do universo (Ap 12.12; 18.20). E depois disto, uma preparação universal: novos céus e nova terra (Ap 21.1). Se existissem outros mundos, estariam sujeitos ao juízo que está ocorrendo no céu (devido à rebelião de satanás) e ao juízo que advém sobre a terra (devido à condição caída da humanidade), sem ao menos ser citado no contexto bíblico?
Em um vasto universo, não poderia Deus criar outros mundos? Sim, mas, temos que concordar que houve um princípio, um início criativo. E segundo as Escrituras a seqüência da criação é bem conhecida: No princípio criou Deus os céus e a terra. Nos céus Deus criou os anjos, em diversos níveis e na terra Deus criou a natureza, os animais e finalmente o homem. Notamos a citação clara da criação dos animais, répteis e aves. Se houvesse outros mundos, isso seria relevante e seria registrado. Somente encontraremos no Universo três naturezas, a Divina, que somente subsiste na Trindade; a celestial que se aplica a todas as classes de anjos; e a humana. Uma quarta natureza está sendo preparada, a natureza incorruptível dos santos, (mortos e vivos) que na manifestação do Senhor Jesus adquirirão.
Encontramos duas ferramentas para identificar os ovnis, primeiramente pelo equivoco daqueles que tiveram a experiência, e então pelos frutos. A identidade das engenhocas espaciais que aparecem podem ser identificadas na seguinte ordem: 1. confusão com o planeta Vênus, este planeta é o mais brilhante para o observador comum, transmite a impressão que está rodando rapidamente no seu eixo. 2. balões meteorológicos; 3. meteoros; 4. aviões ou helicópteros; 5. parélio, isto é, mancha brilhante que aparece em um lado do sol; 6. equivoco nos relatos, a dificuldade relatar o que realmente viu contribui para uma interpretação errônea e carregada de imaginação. 7. paranormal, além da hipnose, atribuindo elementos ocultistas. A segunda ferramenta de identificação é os frutos. Pelos seus frutos os conhecereis. Colhem-se, porventura, uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos? (Mt 7.16). Que fruto está produzindo tais ‘aparições’? Os seus ensinos, conforme comentamos acima, demonstram que toda a árvore, isto é, todo o assunto relacionado com ovnis está comprometido com o ocultismo, portanto condenado pelas Escrituras.
Outra característica comum das aparições dos supostos seres extraterrestres é a deformidade física: cabeças desproporcionais ao corpo, pele desbotada, olhos exagerados ocupam 30% da cabeça; corpo minúsculo e falta de comunicação oral, enfatizando os poderes telepáticos. Alias, a telepatia[xi] sempre é o meio de comunicação com os terrestres, talvez esta seja a razão da necessidade de hipnose para comunicar com supostos alienígenas. Em fim, as ‘criaturas’ que aparecem nas retratações daqueles que afirmaram ter visto algum extraterrestre não passam no crivo das Escrituras, pois Deus ao criar, sempre testificou que sua criação era boa. Vemos uma bela criação, desde a grande variedade de paisagens no planeta, como uma variedade de animais e vegetais que transmitem um belo visual e até mesmo a harmonia de sons, quando voltamos nossa atenção para os pássaros. Coroando a criação Deus criou o homem e a mulher. Definitivamente, os supostos seres extraterrestres não trazem a assinatura de Deus – o belo. (Gn 1.4,10,12,18,21,25,31)
Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas (Lc 21.25).

Bibliografia
[i] Alienígena – Alguém que é de um outro país. Essa palavra é popularmente aplicada a população extraterrestre.

[ii] Contatos imediatos: 1º grau: refere-se ao contato através do som; 2º grau: contato através da visão; 3º grau: contato através do tato, pessoal.
[iii] Eram os deuses astronautas? – Melhoramentos – pg. 50 – edição 1969.
[iv] Däniken, Erich von, 1935 – autor do livro Erinnerungen an die Zufunft – em português: Eram os deuses astronautas?
[v] Veja pormenores sobre essa profecia no livro Evidência Que Exige Um Veredito, Vol. I. Autor: Josh McDowell. Editora: Candeia. São Paulo, p. 340 – 343;
[vi] Stoner, Peter W. Science Speaks: An Evaluation of Certain Christian Evidences. Chicago: Moody Press, 1963.
[vii] Mistérios do Desconhecido – Contatos Alienígenas – Editores de Time-Life Livros – p. 7
[viii] Abduções: Rapto com violência, fraude ou sedução.
[ix] Cosmos. Carl Sagan. Editora: Livraria Francisco Alves Editora S.A. pg. 261.
[x] Revista Brasileira de Ufologia – Ufo – nº 66
[xi] Telepatia: Transmissão ou comunicação extra-sensorial de pensamentos e sensações, a distância, entre duas ou mais pessoas.
Fonte: cacp
Continue lendo...

UFO OVNI Coletânea de Avista-mentos para futuras comparações para pesquisa ufológica

Coletânea de Avista-mentos para futuras comparações para pesquisa ufológica
Aparições acidentes ovnis osnis

By Jhero
Continue lendo...

Religiões que acreditam em ETs

Por mais que as religiões “mais populares” indiretamente falem da existência de seres extraterrestres (ou seja, seres viventes que não habitam o planeta), há aquelas em que a própria crença gira em torno de OVNIs e ETs, conheçamos algumas:
religiões que acreditam em ETs 01

Chen Tao

O cultuo do “Caminho Direto” foi formado em 1993, pelo ex-professor de sociologia Hon-min Chen, e reúne a inusitada combinação de cresças cristã e budista, além do New Age (Música da Nova Era) e dos OVNIs
Na cabeça deles, a ideia comum era que uma guerra nuclear criou e aniquilou o sistema solar em quatro diferentes Eras, e os sobreviventes seriam salvos por Deus em um disco voador.
Eles aguardavam o fim do mundo para o ano de 1998 e que Deus iria aparecer na televisão mundial (ao mesmo tempo), tendo inicio logo depois uma guerra nuclear e desastres naturais, como nada aconteceu, eles desapareceram na obscuridade.

Ordem Fiat Lux

Fundada em 1973, pela suíça Erika Bertschinger, após a mesma cair de uma passeio de cavalo e bater a cabeça (sim, ela bateu a cabeça!).
Ela descobriu ser a própria Virgem Maria, mudou seu nome para Uriella e percebeu que tinha a capacidade de se comunicar com seres transcendentais, como Inri Cristo Jesus Cristo
religiões que acreditam em ETs 02
Ela também acreditava que o mundo seria devastado em 1998, os autores da destruição seriam discos voadores nazistas e desastres naturais, e no meio de toda a destruição, alguns ETs amigos viriam resgatar os humanos eleitos para criar uma novo paraíso na Terra.

Academia de Ciências Unarius

Formada em 1954 pelo casal Ernest e Ruth Norman, eles juravam serem as reencarnações de um ser poderoso chamado Unarius, e ensinavam  ”física iterdimensional” aos seus seguidores.
Eles previam que em 2001 a Terra iria se chocar com outro planeta (Planeta X?) e iniciar uma Nova Era de prosperidade, e neste período varias naves espaciais desembarcariam em nosso planeta (Acredito que antes do choque!).
Como nada aconteceu! Houve quem argumentasse que os ataques as Torres Gêmeas nos Estados Unidos, mostrou ao universo que ainda não estávamos prontos para o contato! Devem ter ficado com medo!

Formas Dimensionais Exteriores

A Outer Dimensional Forces (ODF), fui fundada por Orville Gordon que afirmava que “forças dimensionais do terror” (O PT?) iniciariam o Armagedom na Terra, devido a destruição do planeta causada pelos humanos.
Posteriormente Orville mudou seu nome para Nodrog (“Gordon” de trás para frente) e transformou sua casa em uma base de pouso para discos voadores, para que ele e seus seguidores fossem resgatados por ETs durante o juízo final.

One World Family Commune


Conhecida como Igreja Industrial do Consolador do Novo Mundo, essa religião com cara de hippie, surgiu em 1973 na Califórnia, Estados Unidos, fundada pelo pintor Allen Noonan.
religiões que acreditam em ETs 03
Ele teria experimentado, uma serie de encontros sobrenaturais com ETs e recebia instruções de aliens comunistas, carinhosamente apelidados de “Galactic Elohim of Galactica”.

I Am Activity

Esta é uma das principais religiões UFO do nosso planeta, ele iniciou suas atividade em 1930. Segundo seu fundador Guy Ballard, ele teve um encontro com o lendário mestre dos martinistas St. Germain (em outro post falamos mais sobre ele), que teria dado instruções telepáticas.
Eles acreditam em seres iluminados que transcendem a existência humana, tornando-se seres sobrenaturais e até extraterrenos. Possuem muitos vínculos com o espiritismo e cristianismo.

Tempelhofgesellschaft

Conhecida como a Sociedade Templo é uma religião que combina o gosto neonazista e sua suposta superioridade racial com o fascínio por aliens.
religiões que acreditam em ETs 04
A Tempelhofgesellschaft foi fundada em meados de 1990, e em tese, sua crença aponta uma origem extraterrestre para os arianos, que seriam descendentes dos antigos sumérios do planeta Aldebaran.

Seekers

Em 1954, Leon Festinger, revelou que estava recebendo mensagens de seres chamados“Guardiões”, que vieram do planeta Clarion.
O aviso, afirmava que o mundo acabaria em 21 de dezembro daquele ano, e os Guardiões teriam instrúidos seus fiesis para ficarem atentos ao dia do resgate. Estranhamente o grupo ainda está ativo, mesmo que nada tenha ocorrido!

Fundação Urântia

Os membros desta fundação, acreditam que um grupo de ets, chamados de “Comissão Orvonton” teria lhe passado ensinamentos em um livro nomeado de “O Livro de Urântia“.
religiões que acreditam em ETs 05
Os textos, teriam sido escritos  pelo médico Sadler, em meados de 1930 por mensagens recebidas durante o sono e em momentos de meditação. Segundo o Livro de Urântia, o verdadeiro nome de Jesus era Michael e o universo é composto de sete anéis concêntricos, sendo que Deus habita no meio deles.

O Círculo Cósmico da Comunhão

Para finalizar, tenho um grupo formado no início de 1950, nos Estados Unidos. Seu fundador, Willian Ferguson, afirmou ter feito contato com seres de outros planetas.
Segundo seus relatos, ele teria sido transportado para a “Sétima Dimensão“, onde recebeu a iluminação plena. Ele também ficou amigo de um ser chamado Khauga (uma espécie de Deus) que o levou para Marte.
Fonte: Mega Curioso
Continue lendo...

VEJA TAMBÉM!

ULTIMAS NOTICIAS

 
Copyright © 2016 SAIBA TA NA NET • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top