Mostrando postagens com marcador PIRÂMIDES. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador PIRÂMIDES. Mostrar todas as postagens

AS 7 PIRAMIDES MAIS FASCINANTES DO MUNDO

Ao longo dos 5 continentes, as civilizações da antiguidade construíram estruturas piramidais até formar uma incrível rede planetária. Mostramos 7 das pirâmides mais impressionantes do mundo.

1. A GRANDE PIRÂMIDE DE KEOPS

1. A GRANDE PIRÂMIDE DE KEOPS

-

O mais famoso e imponente de todos eles sem dúvida é a Grande Pirâmide de Keops. Localizados no planalto de Gizé, ao lado das pirâmides monolíticas de Kefrén e Nicerinos, estão alinhados com as estrelas do cinto Orion.

-

As teorias que giram em torno da Grande Pirâmide são incontáveis. A arqueologia considera um túmulo porque, em um dos seus quartos, o quarto do rei contém um sarcófago ... vazio! Então, a idéia de que a pirâmide é um ótimo monumento mortuário é uma dessas muitas teorias.

-

A questão do namoro também é surpreendente. O canon oficial afirma que tem cerca de 4500 anos, enquanto muitas outras evidências parecem apontar para sua construção em tempos muito antigos. Há aqueles que recuam até 12000 anos para falar sobre o início de sua construção.

-

Se isso fosse demonstrado, levaria décadas de pesquisa para reescrever a história desde há muito tempo, assumiu-se que era impossível imaginar construções de tal tamanho. Com base nestas teorias proliferantes de semideuses que habita a Terra, extraterrestres que visitaram e educaram o homem na antiguidade, raças de gigantes e civilizações desaparecidas das quais os egípcios eram pessoas herdadas.

-

A quantidade de mistérios que Cheops nos deixa para uma excelente bibliografia impossível de reproduzir aqui. A verdade é que, mesmo com tanta informação, nunca deixa de nos surpreender, recentemente descobriu-se que, no interior , está escondido um grande espaço vazio que mantém o mundo em suspenso graças ao projeto scanpyramids.

-

2. A GRANDE PIRÂMIDE DA BÓSNIA

-

2. A GRANDE PIRÂMIDE DA BÓSNIA

-

Esta pirâmide incomum está localizada a poucos quilômetros de Sarajevo, a capital da Bósnia. Até a sua descoberta presumida, sempre foi considerada uma colina.

-

No entanto, seu descobridor, Semir Osmanagic, afirma que é, sem dúvida, uma pirâmide, e afirma ter encontrado túques, blocos de pedra, velhos motos e outros tipos de objetos e materiais. Ele sustenta que foi criado pela mesma civilização que criou as pirâmides do Egito e as do México.

-

A arqueologia, no entanto, continua a negar a evidência em que Osmanagic baseia sua teoria, de modo que, embora a pirâmide da Bósnia tenha sido descoberta, sob os oficiais ainda é uma colina.

-

3. O MAUSOLÉU DE QIN SHI

3. O MAUSOLÉU DE QIN SHI

-

Você ainda não sabia? Sim, é surpreendente, mas na China também existem pirâmides . Esta é a maior e mais antiga de todas as pirâmides da China: 350 m de lado e entre 50 e 70 de altura, construído em 3,5 milhões de toneladas de terra batida, constitui esse sinal arquitetônico.

-

Foi o túmulo do primeiro imperador da China unificada, Qin Shi Huan, e realmente é apenas uma pequena parte do seu gigantesco complexo funerário, que pode medir mais de 10 quilômetros quadrados.

-

A câmara de enterro do imperador nunca foi aberta, no entanto, os antigos relatos nos dizem que o reino da China está representado no mausoléu, com modelos de palácios, estrelas no céu e rios e lagos recriados com mercúrio.

-

Análises recentes do terreno corroboram a teoria. É muito notável o fato de que 8000 guerreiros de terracota foram enterrados no mausoléu perto do imperador. O imperador Qin Shi Huan foi para a vida após a morte com todo o seu exército, e ele não era pequeno.

-

4. PIRÂMIDE DE CHICHEN ITZÁ

4. PIRÂMIDE DE CHICHEN ITZÁ

-

Apenas o nome já é curioso, significa, da maya, "boca do poço dos feiticeiros da água", fazendo referência ao Cenote sagrado, uma das entradas do submundo. Encontramos isso em Yucatán, no México, e é uma das mais importantes pirâmides da cultura maia.

-

É dedicado ao deus Kukulcán, a chamada serpente de penas Quetzalcoal, o deus principal do panteão pré-hispânico de onde surgem os outros deuses; Ele também é o deus da vida, da luz, da sabedoria, da fertilidade e do conhecimento, o patrono do dia e dos ventos.

-

Isto é dedicado a este deus até o ponto em que o design desta pirâmide foi feito de modo que ao colocar a pirâmide colocassem as plataformas de sua fachada para que sua sombra pudesse ser projetada nos lados da escada, dando forma ao corpo de uma das divindades acima mencionadas, cuja cabeça é esculpida ao pé da pirâmide.

-

Todos os equinócios, os cálculos dos arquitetos são cumpridos e o sol projeta a sombra dos terraços formando a sinuosa figura da serpente. Este fenômeno reúne mais de 25 mil pessoas por ano. Chichen Itza é uma área cerimonial onde encontramos inúmeros edifícios religiosos.

-

É curioso ver que neste caso, como nas Pirâmides de Gizé, os edifícios próximos a esta pirâmide também têm alinhamentos com as estrelas, dentre elas, o cinto de Orion e as Plêiades.

-

5. TEMPLO BOROBUDUR

5. TEMPLO BOROBUDUR

-

Este magnífico templo em forma de pirâmide é encontrado em Java, a poucos quilômetros de Yogyakarta. Seu nome significa, do sânscrito, "templo budista na montanha". Visto do ar, você pode ver como sua estrutura arquitetônica forma um maravilhoso mandala .

-

O monumento consiste em seis plataformas quadradas cobertas por três plataformas circulares e é decorada por 2,672 painéis de relevo e 504 estátuas de Buda. Em si, é considerado um stupa, isto é, um tipo de arquitetura budista feita para manter as relíquias , de fato, nas diferentes pequenas stupas deste lugar é onde encontramos as numerosas estátuas de Buda na posição de meditação.

-

6. ESTRUTURAS YONAGUNI

6. ESTRUTURAS YONAGUNI

-

Não há certeza de que esta seja uma pirâmide ou esteja relacionada a elas, embora a verdade seja que essas estruturas distribuídas em terraços poderiam ser semelhantes.

-

O problema deste enclave é que está submerso nas profundezas das costas de Yonaguni, num lugar de acesso muito difícil pelas fortes correntes marinhas. Eles foram descobertos pelo mergulhador Kichahiro Aratake. No Japão é conhecido como um "monumento" e acredita-se que este megalito posiblimente esculpido por seres humanos - outros consideram a erosão - estava na superfície antes da era do gelo, e é especulado que poderia pertencer a uma civilização antiga desconhecida como poderia seja Mu, Lemuria, Thule ou Atlantis eles mesmos. Todo um mistério sob as águas é difícil de resolver .

-

7. A PIRÂMIDE DESAFIADORA DE GUNUNG PADANG

7. A PIRÂMIDE DESAFIADORA DE GUNUNG PADANG

-

Essa suposta pirâmide também está na Indonésia e se as teorias que circulam sobre isso são confirmadas, a história deve ser completamente reescrita. A verdade é que este lugar chegou a ser datado de cerca de 26 mil anos de idadee, em caso afirmativo, seria o primeiro lugar em que a civilização se originou, e não a Mesopotâmia, como eles dizem.

-

A verdade é que ele desafia completamente qualquer cânone oficial, é por isso que também é tão desconhecido. Um grupo de pesquisadores indonésios encontrou colunas de andesita alinhadas horizontalmente de leste a oeste, o que não é natural.

-

Além disso, em relação ao resto do ambiente, em vez de colocar a pirâmide com altas concentrações de ferro, sílica mineral e carvão, outra indicação que pode indicar que estamos enfrentando uma civilização desconhecida.

-

Se os pesquisadores conseguirem corroborar essas datas, estaremos enfrentando o verdadeiro berço da humanidade, que não é pouco para uma civilização que não conhecemos.

Continue lendo...

Pirâmides antigas da Bósnia: Uma forma de Internet cósmica

image

-

s pirâmides são consideradas lugares de sepultura sagrados. Grandes governantes foram colocados e preparados para o sono final. Não há aplicabilidade envolvida ao falar sobre esses magníficos monumentos espalhados por todo o mundo, com exceção dos inúmeros símbolos apontando precisão para várias regiões e eventos cósmicos.

-
Enquanto alguns historiadores e especialistas estavam confiantes com a idéia acima mencionada, outros decidiram seguir uma estrada desafiadora que acabaria por desvendar o verdadeiro significado das pirâmides, se houvesse realmente uma.
-
Vamos concentrar nossa atenção no Dr. Semir Osmanagic, um pesquisador da Bósnia que estudou essas heranças complexas deixadas por nossos antepassados ​​por mais de 25 anos. Se seu nome não lhe tocar um sino, você pode conhecê-lo como o descobridor das pirâmides da Bósnia, um antigo site da Europa Oriental que remonta há milhares de anos.

Desde a primavera de 2005, quando essas estruturas grandiosas foram encontradas, o Dr. Osmanagic fez várias outras descobertas incompreensíveis que parecem contrariar o paradigma estabelecido em vários níveis.

-
As escavações começaram de volta em 2006, e depois de mais de 10 anos de escavação, o site se tornou o mais arqueologicamente ativo no mundo. Este projeto sem fins lucrativos reúne centenas de voluntários.

Pyramids of Bosnianteers e inúmeros especialistas de vários campos a cada ano, porque a exploração desses vestígios antigos oferece insights históricos. Vamos destacar alguns deles:

-
as pirâmides da pequena cidade de Visoko, na Bósnia, são os primeiros desses monumentos desenterrados na Europa. Isso não é nenhuma surpresa, mas sim como uma adição a um capítulo da história até agora desconhecido para nós, em uma parte do mundo que se sabe ter sido governada por uma misteriosa civilização [Vinča] com um sistema de escrita cuneiforme anterior ao dos sumérios .
-
Estas pirâmides são "as maiores, as maiores do planeta", de acordo com o Dr. Osmanagic. A "Pirâmide do Sol", que é a maior das três, se estende por cerca de 360 ​​metros no lado leste e a 220 metros no lado norte, onde encontra as colinas.

-
É bem sabido que pirâmides em todo o mundo não foram colocadas aleatoriamente, mas uma série de fatores importantes foram levados em consideração antes de terem sido erguidos. O complexo bosniano de pirâmides não faz exceção, pois sua orientação para os pontos cardinais é extremamente precisa, com os quatro cantos apontando nas quatro direções cardinais.

-
Abaixo da camada densa de solo e vegetação, os pesquisadores encontraram blocos sólidos de concreto que constituem o corpo das pirâmides, incluindo trabalhos notáveis ​​de pedra. As recentes varreduras a laser revelaram que essas estruturas eram pirâmides pisadas em tempos remotos antes de serem cobertas pela vegetação.

Uma forma de Internet Cósmica Detectada no Complexo das Pirâmides da Bósnia

-
Ao examinar o perímetro dos monumentos para anomalias, os pesquisadores detectaram algumas ondas incomuns descritas pelo próprio Nikola Tesla. Eles são chamados de ondas escalares, ou ondas estacionárias, e acredita-se que viajem a uma velocidade de bilhões de vezes (embora este aspecto seja discutido) mais rápido do que a velocidade da luz.

-
Essas ondas não são afetadas por radiação cósmica ou por qualquer outra massa cósmica. Por isso, a idéia de uma "Internet cósmica" foi inventada, e se refere a uma rede intergaláctica que permite comunicar entre lugares extremamente distantes da galáxia em apenas um instante, semelhante à forma como a internet funciona em nosso planeta , mas em um nível maior.


"Para muitos outros pesquisadores, entre os quais o mais proeminente é Nikola Tesla, ondas escalares ou ondas estacionárias, criadas na interação do campo de torção, estão viajando a uma velocidade mais rápida do que a da luz", disse o Dr. Semir Osmanagic.

"Estima-se que seja 10 bilhões de vezes mais rápido do que as luzes. Assim, os campos de torção podem se mover através de qualquer corpo cósmico (planeta, sol) sem desperdiçar energia ".


"Isso significa que eles são capazes de viajar a grande velocidade, transferir informações e energia, e que não há perda da quantidade de informação. O ideal é ter em ambos os lados dois produtores (geradores) da energia que se comunicam mutuamente através do Campo de Torsão de Tesla (ondas). A transferência de informações é quase instantânea entre duas partes distantes do Cosmos e as informações não perdem a qualidade durante a transferência ".


Descobertas de descobertas, como as do complexo bóssico das pirâmides, trazem as conquistas abertas dos antigos que contradizem a ideia acordada de moradores primitivos da Terra que haviam percorrido a Terra antes da última era glacial.

-

Na verdade, as instituições que ditam a nossa história têm medo das explicações e revisões que eles teriam que fazer se colassem as peças da história hoje aceitas para a realidade real desde tempos remotos.

-

Felizmente, somos livres para explorar e entender (por enquanto) o patrimônio complexo e rico deixado por nossos antepassados. Se isso vai trazer mudanças em uma escala global, ainda estamos para descobrir, mas uma coisa é certa: os próximos anos proporcionará um salto gigantesco na compreensão do nosso papel nesta terra e na intrincada natureza humana.

-
Mais referências estão aguardando na parte inferior deste artigo, bem como material de vídeo relevante. Se você gostou do material, ajude-nos, espalhando a palavra.

-

Mais detalhes no seguinte vídeo:

-

-

Fontes:

Canal Youtube: OS OUTROS
www.matrixdisclosure.com

Continue lendo...

REVELADO O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS PIRÂMIDES DA ANTÁRTIDA

image

A jornalista russa Yulia Tróitskaya, investigou quais podem ser essas formações misteriosas e que se esconde atrás das imagens que chocaram os internautas em 2013.

-

Em 2013, imagens perturbadoras acompanhadas de pequenos textos explicativos apareceram na Internet . Isso, presumivelmente, mostrou pirâmides na Antártida.

image

Essas construções ciclópicas teriam sido criadas artificialmente por civilizações antigas ou, o que era ainda mais impressionante, especulava que eram o trabalho de extraterrestres.

Foi relatado que a descoberta foi o trabalho de vários pesquisadores de oito universidades dos EUA. e a Europa - cujas identidades não foram reveladas - e foi explicado que planejavam enviar uma expedição para realizar um estudo detalhado dos objetos.

Recentemente, Yulia Tróitskaya, jornalista da Russia Today ( RT ), investigou o que essas formações misteriosas poderiam ser e quem estava por trás das imagens sugestivas

Tróitskaya enfatiza que no vídeo aparece o logotipo do Alien Disclosure Group (ADG), um grupo do Reino Unido especializado na divulgação de documentos secretos sobre UFOs e tecnologia extraterrestre.

-

Assim, o autor do documento é Stephen Hannard, um dos membros da comunidade que, segundo o jornalista, foi criticado repetidamente por fornecer falsas evidências sobre a existência de OVNIs.

-

O jornalista russo revela que essas "pirâmides" são, na realidade, duas visões de uma montanha do maciço Vinson, a mais alta da Antártida. Aparentemente, Hannard tirou as fotos de um blog de alpinistas em 2010 e qualquer pessoa pode ver esse recurso geográfico com a ajuda do Google Maps.

-

Quanto à terceira foto, que mostra uma "pirâmide" perto da costa, provavelmente é uma fotomontagem, pois está em uma plataforma de gelo flutuante onde nenhuma construção poderia ser mantida.

-

Se eles não foram criados artificialmente, como essas estruturas estranhas foram formadas?

O jornalista procurou a opinião do geólogo Yuri Kozlov e do geomorfologista Konstantin Loviaguin que acreditam que a forma piramidal incomum da montanha é o resultado de uma combinação de erosão e a forma natural do objeto.

-

Loviaguin enfatiza que não é um fenômeno único, pois é devido à composição mineralógica das rochas e pode ser encontrado em diferentes lugares da Terra, como na Itália ou nos Cárpatos.

-

-
Continue lendo...

Duas pirâmides submersas descobertas na costa da Flórida por um renomado caçador de anomalias

2 piramides descobertas na florida

-

Duas estruturas submersas em forma de pirâmide foram encontradas por um renomado caçador de anomalias, ao largo da costa da Flórida.

Enquanto deslocava o site de Scott C. Warring, o renomado UFO e caçador de anomalia que apenas alguns meses atrás anunciou que seu projeto de divulgação havia parado, encontrei essas impressionantes imagens de formações parecidas com pirâmides no fundo do oceano .

Aparentemente, Scott Warring não conseguiu encontrar alívio sem caçar sites incomuns no mapa, e eu tenho que admitir que ele publicou um bom desta vez.

Usando o Google Maps, ele descobriu duas formações submersas de pirâmide em cerca de 4 milhas (6,6 km) ao sul da Ilha Nova Providência. Ele imediatamente os levou para o site dele, onde os disponibilizou para o público.

Encontrei estas duas pirâmides no fundo do oceano, perto da ilha da Nova Providência. Isso não está longe da Flórida ", ele escreveu. "As linhas das pirâmides são fáceis de distinguir e são uma prova de que a ilha vizinha já foi habitada por uma antiga gente adega ou asteca".

Bem, ele adora tirar conclusões, mas ele tem o direito de expressar sua opinião sobre sua descoberta e em seu site. Afinal, ele pode até estar certo. Então, Warring continuou oferecendo uma descrição detalhada das formações.

As duas pirâmides não são as mesmas. Uma é uma estrutura perfeita de três lados. O outro tem uma camada mental onde teve uma área semelhante a uma etapa antes de chegar ao topo. Este é muito semelhante às pirâmides maias no México ".

Embora não possamos negar uma conexão Maya / Azteca ao site devido à sua localização próxima do Caribe e da América Latina, ainda há informações muito escassas sobre o site até que alguém realmente mergulhe lá e fornece imagens de sonar extensas.

-

O que realmente é intrigante é a localização do site que, se visto de um ângulo diferente, repousa ao largo da costa de Cuba.

-

É mais intrigante e relevante, considerando que em estreita proximidade com este site foram encontrados em 2002 por uma equipe profissional de caçadores de tesouros os restos de um complexo antigo submerso com pirâmides e outras estruturas que se assemelham a uma esfinge.

-

Não se esqueça de que a National Geographic prometeu ao mundo um documentário sobre esse site, mas eles nos enganam e os anos passaram e a notícia emocionante se afogou em águas rasas.

-

É o caso de Scott Warring que despertou nosso interesse novamente, e poderia potencialmente ter informado a Marinha de outro "sítio arqueológico proibido".

-

O que é extremamente importante a notar é que, abaixo dos caribeños, encontra-se uma herança submersa complexa de estruturas piramidais e outras formações de interesse.

O número 1 marca o primeiro local na costa da Flórida, e nr '2' marca o segundo site descoberto em 2002, perto de Cuba

-

Parece que, nos tempos antigos, antes do aumento substancial do nível do mar, as ilhas dos caribeños faziam parte da massa terrestre da América do Norte e, possivelmente, se conecam à América do Sul.

-

Imagine isso! Uma civilização evoluída que erigiu pirâmides e cidades complexas que foram misteramente engolidas pelas águas. A cereja em cima do bolo é o entusiasmo das autoridades que rapidamente fecharam os olhos sobre essa descoberta potencialmente reescrevendo a história.

-

Claro, tudo é pura especulação por enquanto, mas estou extremamente ansioso para ver o que o futuro da arqueologia tem reservado para nós ... se conseguimos, em algum momento, descentralizar essa prática.

-

O que você acha desse achado? É uma formação rochosa simples? Nossa imaginação nos faz truques? Ou talvez um potencial link para a cidade submersa da Atlântida?

-

Seja qual for o caso, devemos agradecer a Scott Warring por essa formidável descoberta.

Aqui estão as coordenadas: 24 * 56'26.50 "N / 77 * 19'39.35" W


Referências:

  1. http://alienpolicy.com/submerged-sphinx-like-structures-and-huge-pyramids-found-near-cuba-advanced-ancient-technology-allegedly-recovered/
  2. http://www.ufosightingsdaily.com/2017/10/two-pyramids-found-on-ocean-floor-new.html
Continue lendo...

This Is The Oldest Egyptian Papyrus Ever Found, And It Reveals How The Pyramids Were Built

PAPITO MAIS ANTIGO INDICA ATE CONSTRUÇÃO DE PIRAMIDES
-Not long ago, the Cairo museum has put on display the oldest ancient Egyptian papyrus found so far, dating from the era of Pharaoh Khufu, who reigned in ancient Egypt more than 4,500 years ago.

The document mentions the construction of the Great Pyramid of Giza, west of Cairo.

This ancient manuscript was discovered with other papyri in 2013 by a team of French and Egyptian archaeologists in the Wadi Al Jarf region, in the southeast of Cairo, on the shores of the Red Sea.

PAPITO MAIS ANTIGO INDICA ATE CONSTRUÇÃO DE PIRAMIDES 03

The Great Pyramid of Giza is the only eight-sided Pyramid.

The papyri narrate the life of the workers who participated in the construction of the Great Pyramid of Cheops, which was erected, according to mainstream scholars, as the eternal resting place for King Khufu, Pharaoh of the fourth dynasty.

The papyri reveal the life of a man named Merer, who was responsible for a team of workers who moved massive stones from the east bank of the Nile River, to build the Great Pyramid of Giza.

This papyrus “details the daily life and way of life of the workers of the port (Wadi Al Jarf),” according to a statement from the Ministry of Antiquities.

PAPITO MAIS ANTIGO INDICA ATE CONSTRUÇÃO DE PIRAMIDES 04
When the Pyramid was finished, this is what it may have looked like.

“It details how a group of workers participated in the construction of the great pyramid” at Giza.

The pyramid is considered one of the seven wonders of the ancient world, built more than 4,500 years ago.

“A part of the ancient papyri, the diary of Merer shows that Khufu’s reign exceeded 26 years.


PAPITO MAIS ANTIGO INDICA ATE CONSTRUÇÃO DE PIRAMIDES 02
How on Earth did the ancients build this massive structure?

Before the discovery of the papyrus, there were few available details about the duration of the reign of the famous pharaoh of the 4th dynasty.

It is believed that Merer led a team of about 40 sailors, according to the statement from the Ministry of Antiquities.

The papyrus records “the work of his team, which transported limestone blocks from the Torah deposits on the banks of the Nile to the Pyramid of Cheops in the Giza Plateau.”

The ancient text is described by Egyptian archaeologist Zahi Hawass as “the greatest discovery in Egypt in the 21st century.”

PAPITO MAIS ANTIGO INDICA ATE CONSTRUÇÃO DE PIRAMIDES

The ancient papyrus offers evidence on how the port of Wadi al-Jarf played an important role in the construction of the Pyramid.

Experts note how Copper was mined across the sea and then transported to Giza through this port. The coper was used to build stonecutting instruments which allowed the ancient Egyptians to shape the massive blocks of stone.

The Great Pyramid of Giza is one of the most fascinating ancient structures on the surface of the planet. Despite the fact that it was built more than 4,500 years ago, we have still not managed to understand how the ancients built it without the use of sophisticated technologies.

The Merer diary, as the papyrus has been called, at least offers some insight into how it was done. It details that stone blocks were ferried across the Nile in what is believed to have been a series of canals that delivered the massive blocks of stone as close as possible to the Pyramid construction site.

The massive stones were then rolled onto special tracks and transported to the Pyramid.

It still remains a mystery as to how the ancient Egyptians managed to stack these massive stones, building a structure that rose more than 150 meters into the sky.
-
Continue lendo...

Pirâmides na Amazônia: Mistérios que deixam claro que o passado da humanidade não é exatamente como contam os livros de história.

PIRAMIDES DA AMAZONIA

A biodiversidade da fauna e flora da floresta Amazônica fascina turistas e cientistas ao redor do mundo. Mas no coração impenetrável desse imenso mar de arvores nativas centenárias, encontram se mistérios que deixam claro que o passado da humanidade não é exatamente como contam os livros de história. Entre esses mistérios, estão as pirâmides da floresta amazônica. Três supostas formações geológicas piramidais, cultuadas como monumentos sagrados pelos nativos e ignorada pelo governo brasileiro.

-

-

Desdá colonização das Américas, os conquistadores espanhóis e portugueses, ouviram dos nativos, relatos sobre a existência de cidades perdidas no meio da floresta Amazônia. Estas cidades, eram conhecidas como “Cidades dos Deuses”. Para os nativos as cidades dos Deuses eram tão reverenciadas, temidas e sagradas, que nem mesmo eles ousavam se aproximar.

-

Algumas geólogos acreditam que estas formas piramidais são apenas morros e que as histórias contadas sobre cidades perdidas não passam de lendas indígenas contadas de geração em geração a beira dos igarapés. Mas para muitos estudiosos, essas cidades existem e estão cuidadosamente escondidas pelas imensas árvores da floresta amazônica. Segundo esses estudiosos, são cidades sagradas em forma de piramides, construídas por índios nativos, para receber seus deuses antigos quando eles retornarem.

-

Tudo começou nas ruas da cidade de Manaus em 1971, quando o piloto suíço Ferdinand Schmidt contou ao jornalista Karl Brugger que conheceu Tatunka Nara, um índio mestiço filho de uma índia com um soldado alemão, que afirmava ser nativo da tribo Urgha Mogulada.

-

O suiço contou ainda que o índio afirmava que dentro da floresta existiam 2:30:566três cidades perdidas chamadas Akahim, Akakor e Akanis, que eram habitadas por seu povo em tempos remotos. Segundo Tatunka Nara em Akahim existia um objeto grande e muito antigo, entregue aos sacerdotes Moguladas, há milhares de anos atrás por “deuses vindos do céu”, e que tal artefato, começaria a cantar quando os deuses retornassem a terra”.

-

Fascinado pela historia, o jornalista viajou até o local indicado por Nara acreditando que encontraria uma civilização perdida. Ao retornar, o jornalista mostrou se reticente sobre suas descobertas. Pouco tempo depois lançou o livro “As crônicas de Akakor, aonde descreve a historia sobre a existência de uma antiga civilização evoluída localizada na Serra do Gupira, no alto Rio Negro.

-

As Lendas das pirâmides, despertou o interesse de outro famoso estudioso, o pesquisador Erich Von Däniken, que foi a Manaus e conversou com o índio Tatunka Nara, que lhe contou a mesma história. Porém desta vez disse que o estranho objeto dado pelos deuses aos seus ancestais, havia começado a ressoar como se fosse “enxame de abelha”. Indicando um possível retorno dos antigos deuses .

-

Empolgado, Däniken organizou uma expedição à procura da antiga cidade perdida. Esta aventura, contou com a participação do arqueólogo brasileiro Roldão Pires Brandão. Infelizmente, devido aos diversos percalços da viagem e o problema causado por Roldão, que acidentalmente ou não, deu um tiro no próprio pé, a expedição foi obrigada a retornar para a cidade de Manaus quando estava a menos de dois dias de viagem de chegar na suposta cidade perdida.

-

Os livros de história contam, que antes e durante a segunda guerra mundial, Adolf Hitler, enviou expedições nazistas para floresta amazônica brasileira, muitos acreditam que eles queriam encontrar as lendárias cidades perdidas e seus segredos. Cerca de 2 mil soldados alemães foram enviados nessas expedições.

-

Curiosamente, na foz do Rio Jarí, no rio Negro, há uma enorme cruz de madeira, medindo 3 metros de altura por 2 metros de largura. Nesta cruz, encontra se entalhado uma suástica e os dizeres “Joseph Greiner morreu aqui em 2/1/36, a serviço da pesquisa alemã, vitimado pela febre – Expedição Alemã do Jary, 1935-1937”.A presença dessa Cruz, é uma prova inquestionável que expedições nazistas estiveram na amazônia brasileira procurando alguma coisa muito valiosa.

-

Nos dias atuais, apesar de toda a relevância e interesse despertados pelos assuntos que envolvem a região amazônica e civilizações perdidas, poucos esforços são empreendidos para descobrir a verdade sobre as lendárias pirâmides da Amazônia.

-

Será que este fato é devido a dificuldade de acesso ao local por causa da Floresta fechada ou simplesmente existe uma falta de interesse e revelar a verdade? Quais segredos estariam escondidos na imensidão da florestas amazônica?

-

O que você acha? Não deixe de registrar sua opinião nos comentários!

-

FONTE

Continue lendo...

Grandes Pirâmides: as suas histórias e mistérios

piramide 01Grandes Pirâmides: as suas histórias e mistérios



Continue lendo...

As pirâmides do México, baseando-se em escrituras antigas

piramides-emitindo-raios-de-luz-563x250
A MAIORIA das pessoas hoje já ouviu falar das pirâmides do Egito. Também na América, arqueólogos encontraram muitas estruturas semelhantes a pirâmides, especialmente no México. Como as do Egito, as pirâmides mexicanas são centenárias e estão envoltas em mistério.
-
Uma pirâmide egípcia é um túmulo dentro de uma enorme estrutura simétrica de pedra. Passagens internas conduzem ao túmulo, a parte mais importante da pirâmide. Já a pirâmide mexicana é uma enorme elevação de terra com um templo no topo e uma escadaria externa que leva até ele. Com poucas exceções, as pirâmides encontradas na América não eram túmulos.
-
Teotihuacán — a “cidade dos deuses”
-
Teotihuacán é um dos sítios arqueológicos de pirâmides mais importantes no México. Localizada a uns 50 quilômetros ao nordeste da Cidade do México, Teotihuacán ainda é um mistério para antropólogos e arqueólogos. Essa antiga metrópole foi abandonada por seus construtores mais de 500 anos antes do surgimento da cultura asteca. O nome Teotihuacán, da língua náuatle, significa “cidade dos deuses” ou “onde os homens se tornaram deuses”. Considera-se que os astecas tenham dado o nome à cidade quando eles a visitaram.
-
George Stuart, um dos editores da revista National Geographic, explica que “Teotihuacán foi o primeiro centro urbano no Hemisfério Ocidental  . . . Surgiu por volta do começo da era cristã, existiu por uns sete séculos e daí desapareceu. No auge de sua prosperidade, em cerca de 500 a.D., calcula-se que tenha tido uma população de 125.000 a 200.000 habitantes”.
-
Quase no centro da cidade fica a grande Pirâmide do Sol. Ela mede cerca de 220 metros por 225 metros de base, e seus cinco patamares atingem uma altura de 63 metros atualmente. Para chegar ao topo da pirâmide, é preciso subir mais de 240 degraus. Ao norte da cidade antiga fica a Pirâmide da Lua, com 40 metros de altura. No passado havia templos no topo dessas duas pirâmides principais.
Nas décadas recentes tem-se aprendido muito sobre essas pirâmides. Mas, como diz Stuart, “ainda não sabemos quase nada sobre a origem dos habitantes de Teotihuacán, sobre sua língua, organização social e o que causou seu declínio”.
-
Outros sítios de pirâmides
-
Bem no coração da Cidade do México, a pessoa pode visitar o Templo Principal dos astecas. Embora não mais exista nenhuma pirâmide, podem-se ver ainda restos de uma estrutura piramidal que era a base do Templo Principal. Ali os arqueólogos descobriram dois altares onde se realizavam sacrifícios humanos.
-
Chichén Itzá é um dos sítios de pirâmides mais visitados no México. Há muitas ruínas antigas na região maia, mas esses são de mais fácil acesso pois ficam perto da cidade de Mérida, em Yucatán. Embora construídas em território maia, as estruturas mostram que houve época em que os toltecas exerceram muita influência nessas regiões. Há construções que indicam um conhecimento avançado de matemática e astronomia por parte dos construtores.
-
Em Palenque, os turistas se deparam com um impressionante complexo maia cercado pela selva Chiapas. Entre as muitas pirâmides e construções, acham-se o Palácio e o Templo das Inscrições. O Templo das Inscrições “é um dos templos mais famosos em toda a Mesoamérica porque não era simplesmente a base para um templo como todos os outros, mas um monumento funerário”, explica o livro The Mayas—3000 Years of Civilization (Os Maias — 3.000 Anos de Civilização). “Dentro há uma escadaria abobadada que leva até a mais magnífica câmara mortuária encontrada na região maia.” O túmulo foi construído para Pacal, ou Uoxoc Ahau, um governador que viveu no sétimo século.
-
Essas são apenas algumas das pirâmides do México. Outras ruínas e pirâmides podem ser encontradas em muitos lugares do país. Há também enormes pirâmides na Guatemala e em Honduras. Todas essas estruturas antigas mostram que os habitantes da Mesoamérica desejavam construir seus locais de adoração em lugares elevados. Walter Krickeberg, autor do livro Las Antiguas Culturas Mexicanas, escreveu: 
“O costume de construir templos sobre uma base em patamares remonta à antiga adoração dos altos.” Ele acrescenta: “Ao passo que consideramos o céu como uma ‘abóbada’, para outros povos ele representava uma montanha por onde o sol subia de manhã e descia ao anoitecer; portanto, suas encostas têm degraus como as de um edifício gigantesco. Assim, o ‘monte artificial’  . . . foi transformado numa pirâmide em patamares e, conforme se pode deduzir das lendas e dos costumes, foi transformado num símbolo do céu entre muitos povos da Mesoamérica.”
Esse conceito talvez lembre os estudantes da Bíblia do relato bíblico sobre a Torre de Babel, localizada numa cidade mais tarde conhecida como Babilônia. Gênesis 11:4 diz sobre os construtores dessa torre: “Disseram então: ‘Vamos! Construamos para nós uma cidade e também uma torre com o seu topo nos céus, e façamos para nós um nome célebre.’ ” Não muito longe das ruínas de Babilônia, os arqueólogos encontraram estruturas piramidais conhecidas como zigurates.
-
A forma de adoração que se originou em Babilônia se espalhou para muitas partes do mundo, provavelmente chegando à região que se tornou conhecida como México. As misteriosas e impressionantes pirâmides do México podem muito bem ter sido inspiradas nos zigurates de Babilônia e na religião praticada ali.
Continue lendo...

Luz sai da pirâmide do México (Arq.)


Não visível a olho nu, mas, aparentemente, apenas visível quando tirar uma fotografia pode ser detectado um feixe de energia a partir de uma pirâmide para o céu.
Este filme parece mas se verdadeiro, poderia fazer algum sentido uma vez que a orientação de todas as pirâmides sempre apontam para algum lugar no universo de uma área maior nas raízes das bases que pudessem absorver mais energia para uma diminuição da área  nas  extremidades, onde serviria para concentrar e canalizar toda essa energia dirigida para uma estrela no céu. Bem, é apenas uma hipótese, se fosse verdade. Curiosamente, apenas você iria encontrar com a ajuda de artefatos digitais e não no olho. Para refletir. Parece que alguma coisa do filme Apocalypse Quantum.

Continue lendo...

O Livro dos Mortos do Egito - vídeo documentário é escrita!



O Livro dos Mortos dos egípcios remonta ao período do Novo Império. Seus textos foram produzidos em rolos de papiro, os quais eram envolvidos em pedaços do material de que eram elaboradas as múmias. As versões mais sofisticadas eram compostas de ricos ornamentos tipográficos, conhecidos como vinhetas.




Este livro continha principalmente preceitos mágicos e ladainhas que versavam sobre o destino dos que morreram. Ele orientava as pessoas quanto aos caminhos a seguir para se atingir o reino de Osíris -- a principal divindade cultuada pelos egípcios, símbolo do renascimento da alma, de sua imortalidade -, os campos da bem-aventurança.
Ao obedecer às instruções contidas neste sagrado manual, o Homem tinha condições de atingir um estágio elevado que o habilitava a se tornar um Espírito Santificado.

Os egípcios, que adotavam o Politeísmo, ou seja, o culto de vários deuses, encontravam neste Livro uma relação das adversidades com as quais se deparariam ao chegar no mundo espiritual, e nele poderiam também descobrir os vários recursos necessários para triunfar sobre estes obstáculos. Este conflito é muitas vezes encenado no próprio instante do enterro, revelando - nesta reprodução da luta entre o bem e o mal -, o quanto é importante o processo descrito no Livro dos Mortos.

Apenas os reis egípcios, pelo menos durante o governo das primeiras dinastias, pareciam ter acesso direto aos reinos de luz, simbolizados pelo sol, deus Rá, divindade de suma importância no Egito, só suplantada por Osíris.
Mas nem mesmo eles poderiam entrar no reino sagrado sem passar por um julgamento, durante o qual deveriam apresentar provas da justiça praticada sobre a terra. Logo depois, a honra da sobrevivência pós-morte foi concedida também aos trabalhadores mais importantes da corte; enfim, a imortalidade tornou-se um dom inerente a todos, mas a presença no tribunal de Osíris continuou sendo obrigatória para qualquer pessoa.
Diante de Osíris, o morto deve reproduzir um discurso conhecido como Confissão Negativa, no qual ele nega ter cometido todos os males diante dos quais o Homem está sujeito a sucumbir.È possível encontrar em algumas ilustrações do Livro dos Mortos a imagem de Osíris em seu trono, tendo á sua frente o morto, o qual dispõe seu coração sobre um dos pratos da balança da justiça, enquanto no oposto, contrapondo o peso, encontra-se a Verdade. O fruto desta avaliação do peso de um e de outra é revelado pelo deus Toth, responsável por registrar esta análise.
As almas mentirosas são punidas, enquanto as verdadeiras são recompensadas com a permissão para adentrar o reino sagrado.

É patente também neste Livro a crença dos egípcios na imortalidade da alma e na fé em uma vida futura no mundo espiritual, bem como na reencarnação, que propicia ao Homem renascer na Terra para a aquisição de novos valores e para a obtenção de renovadas experiências.
Embora apresente noções espirituais bem avançadas para a época, esta civilização antiga se encontra em estágios evolutivos limitados, portanto suas concepções preservam um caráter ainda mitológico, do qual o próprio Livro dos Mortos não escapa.
A travessia de portas e de passagens nele narradas representa os obstáculos que devem ser vencidos, e denota a propriedade simbólica de sua linguagem. Pode-se afirmar, portanto, que nele já está presente um conjunto de leis de ordem moral, no qual estão prescritas atitudes que se devem assumir durante a vida e após a morte, se realmente se deseja atingir um dia a santificação do espírito.
Livro dos mortos do egito
Continue lendo...

Pirâmides - O mistério da esfinge

Pirâmides esfinge

As três pirâmides de Gizé reproduzir o cinturão de Órion na terra e a Esfinge enfrenta o ponto exato do horizonte onde o sol se levantou 12 mil anos atrás. Os pesquisadores Robert Bauval e John Anthony West dizer que o mais famoso dos monumentos do antigo Egito é um indicador astronômico apontando para uma data específica. O momento em que os deuses fundou a civilização do Nilo


Continue lendo...

Pirâmides e tecnologia encontradas sob o Triângulo das Bermudas são desconhecidas para a ciência moderna

PIRAMIDE DO TRIANGULO DAS BERMUDAS

-

Esta é a notícia que todos esperaram em relação ao Triângulo das Bermudas?

-

De acordo com um oceanógrafo, a tecnologia que se encontra escondida sob o oceano no Triângulo das Bermudas é qualquer coisa menos comum e é muito provável que não tenha se originado na Terra.

-

Também conhecido como " Triângulo do Diabo ",  o Triângulo das Bermudas consiste em uma região na parte ocidental do Oceano Atlântico Norte e é definido por pontos nas Bermudas, Flórida e Porto Rico.

-

Ele se estende por menos de mil milhas de um lado. O triângulo não existe de acordo com a Marinha dos EUA e o nome não é reconhecido pela US Board on Geographic Names.

-

Este misterioso corpo de água é preenchido com histórias incríveis e rumores de que, se não sobrenaturais, são de outro mundo. É possível que este triângulo imaginário seja prova de atividade extraterrestre em nosso planeta?

-

Uma coisa é certa, ao longo do século passado, o Triângulo das Bermudas tem "engolido" vasos e aviões que desaparecem e é culpado pela perda de centenas de vidas.

-

Duas pirâmides gigantes hipnotizantes feitas de algum tipo de vidro grosso foram descobertas no centro do Triângulo das Bermudas. A tecnologia que se encontra embaixo do vasto oceano é um mistério para a ciência moderna.

-

As estruturas anômalas localizadas em uma profundidade de 2.000 metros foram identificadas pelo Dr. Meyer, um oceanógrafo alemão e sua equipe usando equipamentos de sonar.

-

Segundo os relatórios, o exército parou todas as pesquisas futuras

-

Meyer acredita firmemente que a descoberta do segredo, estranhas estruturas piramidais no centro do triângulo poderia esclarecer os misteriosos desaparecimentos de navios e aviões associados ao Triângulo das Bermudas.

-

Segundo relatos de vários sites entre eles este  um , o número de mistérios que cercam as pirâmides é algo que ninguém foi capaz de responder.

-

As pirâmides localizadas em uma profundidade de cerca de 2 quilômetros dizem ser feitas de algum tipo de cristal que poderia ser uma das principais razões pelas quais a área teve desaparecimentos anómalos.

-

De acordo com afirmações sensacionais de ufólogos e pesquisadores paranormais, simplesmente não temos a tecnologia e os meios para explorar a área com precisão e concluímos se existem ou não pirâmides anômalas localizadas na parte inferior do triângulo das Bermudas.

-

Houve vários relatos dessas pirâmides, mas, lamentavelmente, a maioria deles foi considerada como explodindo fraudes por céticos que atacaram implacavelmente qualquer informação sobre as pirâmides.

-

Os oceanógrafos americanos dizem ter encontrado as estruturas anômalas há mais de 20 anos, concluindo que a superfície das estruturas era plana, sugerindo que elas eram feitas de vidro ou algum tipo de cristal. As pirâmides alegadas, que ninguém conseguiu fotografar são ditas três vezes o tamanho da Grande Pirâmide de Gizé.

-

Hoje, a verdade sobre a existência ou a inexistência das pirâmides é encontrada, apenas nas mãos das agências militares e governamentais que se afastaram (de acordo com aqueles que acreditam na existência da pirâmide) de forma segura, todos os dados relacionados a as estruturas anômalas.

-

Outras investigações não podem ser feitas, já que a área está sob controle das forças armadas americanas. Isso, é claro, é uma teoria apoiada por aqueles que querem acreditar, não importa o que haja algo misterioso embaixo do Triângulo das Bermudas. A verdade, no entanto, pode ser muito diferente e não tão emocionante quanto todos queremos que seja.

-

Mesmo que as informações sobre as duas Pirâmides Subaquáticas do Triângulo das Bermudas parecem como se fossem originadas por um roteiro de Hollywood, há muitas pessoas que acreditam firmemente que o Triângulo das Bermudas é uma zona anômala que só pode ser explicada levando em conta todas as opções, entre Eles são uma tecnologia alienígena que vai muito além da nossa compreensão moderna.

-

Lamentavelmente, qualquer informação relacionada a estruturas misteriosas debaixo do Triângulo das Bermudas foi considerada suspeita e marcada como uma fraude devido ao número de histórias inventadas que danificaram toda a idéia de algo misterioso localizado no Triângulo das Bermudas.

-

É por isso que, cada vez que novas afirmações sobre as supostas estruturas no Triângulo das Bermudas enfrentam as notícias, a informação é considerada indigna pelos céticos que, à sua direita, desacreditam possíveis achados devido a mentiras anteriores que foram vendidas como a verdade suprema para as pessoas que Espera desesperadamente que as informações sejam divulgadas nas notícias.

-

Hoje, não podemos aceitar ou negar as descobertas do alegado Oceanógrafo alemão cuja pesquisa sobre as pirâmides subaquáticas foi supostamente confiscada pelos militares.

-

Não podemos confirmar sua identidade, sua existência, nem podemos dizer se a expedição em busca das pirâmides já ocorreu. O único que podemos dizer é que o Triângulo das Bermudas tem uma longa história cheia de mistérios que ninguém conseguiu explicar com precisão.

-

Eu acho que, no final, cabe ao leitor acreditar ou não, em descobertas tão misteriosas.

-

Fonte

-

Continue lendo...

Algo está aquecendo dentro das antigas pirâmides do Egito e os cientistas não podem explicá-lo!

image

-

Duas semanas de nova varredura térmica nas antigas pirâmides do Egito identificaram anomalias nas estruturas funerárias de 4.500 anos, incluindo uma importante na maior pirâmide, anunciou recentemente o Ministério das Antiguidades.

-

O escaneamento mostrou  "um particularmente impressionante (anomalia) localizado no lado leste da pirâmide Khufu no nível do solo", disse  o ministério em um comunicado.

-

A maior das três pirâmides de Gizé é conhecida localmente como Khufu e internacionalmente como Cheops. O ministro das Antiguidades, Mamdouh el-Damaty, e os especialistas técnicos que trabalhavam no projeto, mostraram que a temperatura mais alta era detectada em três pedras adjacentes específicas no fundo da pirâmide, em uma apresentação em câmera térmica ao vivo para jornalistas.

-

A varredura térmica foi realizada em todos os momentos do dia, inclusive durante o nascer do sol, à medida que o sol aquece as estruturas do exterior e depois durante o pôr-do-sol, à medida que as pirâmides se esfriam. A velocidade das fases de aquecimento e resfriamento é usada para descobrir "hipóteses", como áreas vazias nas pirâmides, correntes de ar internas ou diferentes materiais de construção utilizados.

-

"A primeira linha das pedras da pirâmide é uniforme, depois chegamos aqui e descobrimos que há uma diferença na formação",  disse el-Damaty, apontando para as três pedras mostrando temperaturas mais elevadas.

-

Ao inspecionar a área, el-Damaty disse que descobriram 

"que há algo como uma pequena passagem no chão que você pode ver, levando ao terreno das pirâmides, atingindo uma área com uma temperatura diferente. O que estará por trás disso? "

Outras anomalias de calor foram detectadas na metade superior da pirâmide que os especialistas disseram precisaram ser investigados ainda mais.

-

El-Damaty convidou todos os egiptólogos, especialmente aqueles interessados ​​na arquitetura egípcia antiga, a se juntarem à pesquisa e ajudar a criar idéias sobre o que poderia estar por trás das anomalias.

-

As pirâmides, localizadas nos arredores do Cairo, são uma das principais atracções turísticas do país. As pirâmides, que eram usadas como estruturas de enterro sagrado, foram construídas na quarta dinastia faraônica. A grande pirâmide é o mais antigo e único monumento sobrevivente das Sete Maravilhas da Antiga.

-

Fonte

-

Continue lendo...

Pirâmides construídas por uma misteriosa raça nos tempos antigos em duas ilhas ao largo da costa africana.

Os sites menos conhecidos nas ilhas da Maurícia e a casa de Tenerife pisaram pirâmides construídas por uma misteriosa raça nos tempos antigos


Pirâmides construídas por uma misteriosa raça
-
Existem várias pirâmides pisadas nessas duas ilhas ao largo da costa africana.



As pirâmides são monumentos misteriosos, colossais ou de menor tamanho, que resistiram ao teste de uma época há muito esquecida, mas ainda são lembradas através de lendas passadas globalmente de uma geração para outra.
-
Apesar do fato de os trabalhos de pesquisa contemporâneos terem divulgado os inúmeros efeitos benéficos das pirâmides que podem ter sido construídas por vários outros motivos que o que os principais estudiosos sugeriram, ainda há muita confusão e ocultação que gira esses monumentos antigos.
-
Milhares de quilômetros de distância, e divididos pelo antigo continente africano, são as piramides sedutoras e menos conhecidas das ilhas de Tenerife e Maurício.
image
Embora não tão colossais quanto as pirâmides do Egito, ou as do estado da Bósnia Oriental , as pirâmides dessas duas ilhas tropicais representam um grande mistério, como os sites lembraram.
Sete dessas pirâmides estão localizadas nas Maurícias e outras seis no local em Tenerife. Todos eles compartilham características comuns que os tornam quase indistinguíveis um do outro:
image
Pirâmide escalonada no local de Guimar em Tenerife
-
Todos eles são piramides escalonadas construídas em complexos multi-estruturados, a técnica de construção é idêntica para ambos os sites, a maioria dos materiais utilizados consiste em rocha vulcânica, eles têm entre 6 e 11 terraços que compõem as estepes e nenhuma das pirâmides excede 40 pés (12 metros). Provavelmente, a característica mais notável é o seu alinhamento astronômico perfeito diante dos solstícios de inverno e verão.

As pirâmides das Maurícias:
-
A leste de Madagascar encontra-se a pequena ilha das Maurícias, logo à saída da costa africana. O site onde as sete pirâmides estão localizadas é chamado Plaine Magnien.
image
Vista surpreendente com algumas das pirâmides na ilha das Maurícias
-
Algum tempo atrás, as pirâmides da Maurícia foram protegidas pelas leis internacionais e foram tratadas como importantes heranças históricas, mas atualmente essas leis não estão mais vigentes, e as pirâmides escalonadas correm o risco de serem recuperadas pela vegetação exuberante da ilha.
-
Nenhum estudo arqueológico considerável foi realizado no local até agora, e muito pouco se sabe sobre suas origens, construtores e o propósito de sua construção.
-
Surpreendentemente, todos os visitantes curiosos do site nas Maurícias são conhecidos com os rumores pouco convincentes espalhados pelos locais, afirmando que as pirâmides da Maurícia não passam de pilhas de pedra coletadas pelos fazendeiros depois de terem limpado os campos para permitir a agricultura na área.
-
No entanto, o design elegante, composto por cantos precisos, bases niveladas, escadaria de pedra central, bem como o seu alinhamento astronômico perfeito, lançaram uma sombra de dúvida sobre rumores locais. É possível que, por medo de não perder suas terras agrícolas para locais arqueológicos, os moradores locais acabaram de fazer as coisas para proteger suas propriedades.
image
Esses são simples conglomerados de pedra juntos por aldeões?
As dicas de design avançado mantêm a base plana e a falta de material vinculativo entre as pedras. Como resultado, os corpos das pirâmides foram meticulosamente levantados pedra por pedra e empilhados uns sobre os outros para suportar todos os obstáculos do tempo e do meio ambiente.

Pirâmides de Tenerife:
-
Oposto às pirâmides da Maurícia, os de Tenerife foram documentados extensivamente desde o início dos anos 90. Thor Heyerdahl foi encontrado desses monumentos devido à relevância que trouxeram para sua teoria sobre antigas civilizações marítimas.
-
Heyerdahl tornou-se famoso por suas idéias em expansão sobre viagens intercontinentais na antiguidade, então ao investigar o site em Guimar, Tenerife, ele encontrou algumas das evidências que ele estava procurando.
imageImponente pirâmide pisada no local em Tenerife
-
De acordo com seus estudos, os construtores da pirâmide não eram outros que o Gaunche, um enigmático grupo marítimo de pessoas de olhos brancos com olhos azuis com cabelos loiros que habitaram Tenerife há milhares de anos.
-
Acredita-se que tenham migrado para a ilha em algum lugar entre os anos 1.000 e 100 aC, além de acreditar que os antigos tinham capacidades que lhes permitiam transitar todo o planeta pelo mar, enquanto faziam comércio e compartilhavam conhecimentos relevantes com grupos locais que vieram através.
-
É estranho como Heyerdahl foi confrontado com as mesmas fofocas locais alegando que as pirâmides eram pilhas de pedras resultantes da limpeza dos campos. No entanto, ele superou essas crenças ao comprovar que as pedras envolvidas na construção das pirâmides foram trazidas de mais para o interior, e não dos campos locais onde eles agora estão de pé.
-
Sua teoria foi fundamentada pelo notável alinhamento astronômico para os solstícios de inverno e verão, juntamente com as escadas que levaram ao topo das pirâmides, assim como as da Maurícia.
image
Levando isso em conta, as pirâmides em Tenerife aparecem como produtos claros de design inteligente, que provavelmente serviram para fins religiosos ou rituais específicos.
image
Escadas que levam à plataforma superior demonstram o uso prático dessa pirâmide
-
Além disso, adicionar ao mistério são as outras estruturas menos conhecidas no lado ocidental de Tenerife, bem como as da ilha da Sicília, que contam cerca de 30 pirâmides, a maioria restando pouco pesquisada. Todos abrangem o vulcão ativo, Mt. Etna, e tem diversas formas e tamanhos.
-
Um debate recente:
-
Para entender melhor o lugar e as funcionalidades das pirâmides, devemos vê-los a partir de uma perspectiva planetária a partir da qual eles aparecem como rasteiras que conduzem ao passado antigo (real) da humanidade.
image
Imagem de satélite das pirâmides escalonadas em Tenerife
-
O que esta visão de fora da caixa mostra ainda que as pirâmides foram criadas em todo o mundo, eles compartilham um aspecto semelhante, apesar das muitas diferenças culturais de cada região onde estão localizadas e resumiram que eles são iguais a um número muito alto para seja negligenciado.
-
Com isso em mente, é difícil não pensar em uma antiga raça construtora que erigiu pirâmides em muitas regiões do mundo para servir um propósito que só podemos especular.
-
Quem eram esses construtores? De onde eles vieram? Como eles se parecem? Estas são as perguntas que estamos buscando para responder.







Referências: geniusofancientman.blogspot.ro
Continue lendo...

Random Posts

Featured Posts

 
Copyright © 2016 VERDADES OCULTAS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top