Mostrando postagens com marcador CONSPIRAÇÕES. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CONSPIRAÇÕES. Mostrar todas as postagens

O Universo como o conhecemos NÃO existe: A conspiração cósmica

O Universo como o conhecemos NÃO existe

O Universo é uma piada cósmica de um demiurgo com enorme capacidade de programação? Algumas das filosofias mais brilhantes da história da humanidade têm sugerido que o mundo é uma ilusão, como o budismo, o gnosticismo ou idealismo, para citar apenas alguns.

-

A metáfora de um sonho foi fundamentalmente usada para descrever essa existência na irrealidade e essa suspeita cosmológica evoluiu agora, formulando uma nova metáfora: a simulação ou o construto computadorizado. Reconhecer a ilusão, saber como se sonha entrar num estado de lucidez, é a marca do iniciado, a consciência que se vê não mais como um ego, mas como a própria ilusão, o universo inteiro num espelho infinito.

-

Seguindo essa linha de pesquisa, é plausível pensar que aqueles que percebem a ilusão consubstancial do universo são parte de uma conspiração ... aquilo que mantém a ilusão ou aqueles que têm acesso ao código de programação.

-

Esses iniciados poderiam ser vistos como uma espécie de agentes da Matriz, alguns dos quais poderiam participar do projeto do programa, projetando imagens do mundo a partir do nada. (Mantém o budismo através do conceito de sunyata, de que a realidade das coisas é não-realidade, todas as coisas são vazias e são apenas construções mentais de nossa percepção). Ver isto é talvez o passo fundamental da iluminação: o estado búdico que é equivalente ao despertar de um sonho.

-

Há alguns dias, o site de divulgação científica da Universidade de Cornell publicou um artigo sobre cosmologia que afirma provar a inexistência do universo - ou algo como uma conspiração que mostra que o universo foi projetado por uma sociedade secreta cósmica. A teoria é baseada nos resultados da Missão Planck, que mostra que "todos os parâmetros que descrevem o universo dentro do modelo ACDM podem ser construídos a partir de um pequeno conjunto de números conhecidos da teoria da conspiração".

"Nossas descobertas são confirmadas por dados recentes na física de partículas de alta energia. Isso mostra claramente que o universo é um plano iniciado por um grupo ou loja desconhecida. Analisamos cenários possíveis para esta conspiração, e concluir que a crença na existência de nosso universo é uma ilusão, como já foi anteriormente assumido por filósofos antigos, escritores de ficção científica do século XX e cineastas contemporâneos. "

Os autores Jörg P. Rachen, um astrofísico que publicou a pesquisa sobre os resultados da missão Planck estudar a luz mais antiga do universo, e Ute G. Gahlings, desenvolveu sua teoria depois de descobrir que o menor número primo é a soma de três números primos consecutivos é 23 = 5 + 7 + 11.

image

Mesmo número que mantém relações incomuns com π e também é o mais importante em número teoria da conspiração moderno, então que apareceu em uma série de sincronicidades para William Burroughs e mais tarde a Robert Anton Wilson, autor do Illuminatus! Trilogy, que irá conectá-lo a uma série de comunicações telepáticas emitidas pelo sistema estelar Sirius. Sirius é também a origem dos Logos projeção holográfica simulando a realidade VALIS romance Dick Philip K. inspirou um episódio de comunicação telepática com os seres astrais.

"SÓ QUEM DORME CONSIDERA REAL. ENTÃO A MORTE VEM COMO O AMANHECER E VOCÊ ACORDA RINDO DO QUE VOCÊ ACHA QUE FOI O SEU SOFRIMENTO "

"Acreditamos que é possível que as datas dos eventos do fim do mundo sejam criptografadas em nossa consciência. Como o atual data prevista, 21 de dezembro de 2012, passou sem efeitos visíveis, eo erro é inconcebível, devemos concluir que o nosso universo terminou nessa data, mas enquanto eles recebem uma extensão de fundos e de simulação é reiniciado com todos experiências do temporário apagadas da nossa memória ", dizem os autores

Obviamente, este trabalho é uma piada do Dia da Mentira, publicado em uma instituição de prestígio com grande humor. Mas além disso, a teoria é intencionalmente desenfreada, parodiando as teorias da conspiração, pensar que o universo é uma ilusão não é algo tão louco.

-

O filósofo Nick Bostrom levantou um caso relativamente sólido argumentando que o nosso universo poderia ser uma simulação de computador holográfico, em cada ponto está o código inteiro. Por que não pensar também que o universo é uma piada? Talvez um demiurgo trapaceiro, apaixonado pelo poder das cópias. O que você acha disso? Deixe seu comentário abaixo!

Continue lendo...

Nikola Tesla: 7 'tecnologias perdidas' que ameaçaram a elite global

7 tecnologias perdidas de Nikola Tesla que ameaçaram a elite global

Não faz muito tempo, escrevi sobre como o Bureau of Investigation (FBI) federal divulgou vários arquivos desclassificados sobre Nikola Tesla.

Entre eles, o governo revelou seu interesse no Raio da Morte - uma arma de feixe de partículas futurista que Tesla havia inventado.

-

Confira este artigo e baixe TODAS as patentes de Nikola Tesla .

-

73 anos após o FBI apreender quase dois caminhões de papéis de um dos inventores mais famosos do mundo , o Federal Bureau of Investigations divulgou os documentos ao público. O lote de documentos disponibilizados pela Lei de Liberdade de Informação também revela que Tesla não morreu em 7 de janeiro de 1943, como se acreditava anteriormente, mas um dia depois, em 8 de janeiro.

-

Em geral, os documentos do FBI revelaram uma série de detalhes que mudaram muito do que sabemos sobre Tesla, sua vida, suas invenções e seu legado. Confira os documentos desclassificados do FBI AQUI.

-

Tesla, como o gênio que ele era, estava muito à frente de seu tempo.

-

Ele imaginou um futuro brilhante e positivo para a humanidade, como ele patenteou e criou centenas de tecnologias que ninguém antes havia imaginado, nem se atreveu a imaginar.

-

É legalmente dito que o inventor nascido na Croácia era um homem que mudou o mundo .

-

Neste artigo, vamos dar uma olhada em sete invenções "perdidas" da Tesla, que muitas pessoas desconhecem.

OVNI de Tesla - tecnologia antigravitacional

-

Sabemos que Tesla era toda sobre energia livre e fontes de poderes alternativos.

-

Na verdade, não foi identificado.

-

Apesar disso, acredita-se que os métodos e o design do veículo revolucionário de Tesla correspondam à descrição de pessoas que testemunharam objetos voadores em forma de disco, ou OVNIs.

-

Acredita-se que o OVNI de Tesla tinha "olhos" feitos de lentes eletro-ópticas, dispostas em quadrantes, permitindo ao piloto ver tudo. Telas e monitores são colocados em um console onde o navegador pode observar todas as áreas ao redor do veículo, e a incrível invenção de Tesla incluiu lentes de aumento, que poderiam ter sido usadas sem mudar de posição.

-

Evidência de tal veículo pode ser encontrada em uma entrevista entre Nikola Tesla e The New York Herald , de 1911:

-

Minha máquina voadora não terá asas nem hélices. Você pode ver no chão e você nunca imaginaria que era uma máquina voadora. No entanto, será capaz de mover-se à vontade através do ar em qualquer direção com perfeita segurança, em velocidades mais altas do que as que foram alcançadas, independentemente do tempo e da ausência de "buracos no ar" ou correntes descendentes. Ele subirá em tais correntes, se desejar. Pode permanecer absolutamente estacionário no ar, mesmo em um vento, por um longo período de tempo. Seu poder de elevação não dependerá de dispositivos tão delicados como a ave deve empregar, mas com ação mecânica positiva. ”RF

-

Raio da Morte de Tesla

-

Antes do lançamento dos documentos desclassificados pelo FBI, muitas pessoas argumentam que o Raio da Morte de Tesla era apenas mais uma conspiração.

-

Anteriormente, acreditava-se que o Raio da Morte de Tesla não existia, e o FBI afirmou por mais de uma década que nenhum de seus agentes tinha investigado os documentos de Tesla, nem o departamento de posse de nenhum deles.

-

No entanto, depois que o FBI publicou os arquivos de Tesla , ficamos sabendo que, entre os arquivos publicados, uma carta endereçada a J. Edgar Hoover, o primeiro diretor do FBI, destaca a importância de um artigo no qual Tesla fala do raio da morte e importância crucial para a guerra futura.

-

Foi recomendado que Tesla permanecesse constantemente sob vigilância, a fim de protegê-lo de "inimigos estrangeiros", que também podem ter interesse em " o segredo de um instrumento inestimável de guerra e / ou defesa ".

-

Energia livre e eletricidade sem fio

-

Com a ajuda do financiamento do JP Morgan, a Tesla construiu e testou com sucesso a famosa Wardenclyffe Tower.

-

A estrutura era uma enorme estação de transmissão de energia sem fio que, de acordo com Tesla, tinha a capacidade de transmitir energia sem fio através de grandes distâncias.

-

Tesla viu a Torre Wardenclyffe como o começo de um enorme projeto de energia livre.

-

Tesla queria usar a torre não apenas para transmitir energia livre, mas para enviar mensagens, ligações telefônicas pela Terra.

-

Como explicado pelo próprio Tesla, a Terra é “… como uma bola de metal carregada movendo-se através do espaço”, o que cria as enormes e rápidas forças eletrostáticas que diminuem em intensidade com o quadrado da distância da Terra, assim como a gravidade. Como a direção da propagação irradia da terra, a chamada força da gravidade é em direção à Terra.

-

Suas teorias baseavam-se na idéia de que nosso planeta tinha a capacidade de conduzir os sinais. Usando várias torres diferentes, Tesla poderia ter feito a ideia funcionar.

No entanto, e como aprendemos ao longo da história, a ideia de Energia Livre não é realmente bem recebida pelas grandes corporações. Afinal, por que dar energia livre às massas quando você pode fazer com que as massas paguem muito tempo?

-

Eventualmente, o financiamento de Tesla foi cancelado, e a torre foi destruída, junto com as idéias de Tesla de um mundo alimentado por energia livre.

-

Oscilador de Tesla

-

Este dispositivo foi um aparelho eletromecânico patenteado por Tesla em 1893..

-

O dispositivo foi popularmente conhecido como a máquina do terremoto de Tesla depois que o inventor europeu alegou que uma versão de seu dispositivo causou um terremoto em Nova York em 1898.

-

Em outras palavras, o  dispositivo poderia supostamente simular terremotos , o que significava que poderia ser armado. Alguns teóricos da conspiração estão convencidos de que a tecnologia da Tesla foi posteriormente desenvolvida e está sendo usada pelo HAARP.

-

Avião futurista de Tesla

-

Além de criar dispositivos que poderiam potencialmente ser usados ​​como armas e estruturas que poderiam oferecer energia livre para o mundo, Nikola Tesla também trabalhou em aeronaves elétricas que, segundo relatos, poderiam  transportar passageiros de Nova York para Londres em três horas .

-

Essas aeronaves não eram veículos comuns. Eles foram supostamente capazes de aproveitar a energia da atmosfera da Terra e não precisaram parar e reabastecer.

Mas por que aeronaves que usam energia livre, se bilhões podem ser feitas com a venda?

-

Drones em 1898

-

Mais de cem anos atrás, Tesla inventou DRONES.

Então, todos que pensam que os drones são realmente um produto de tecnologias recentes, você está errado.

-

Foi chamado TELEAUTOMATON de Tesla  . E a parte engraçada é que o governo tinha essa tecnologia em sua posse por mais de cem anos. Isso levanta várias questões.

É possível que eles tenham adotado, desenvolvido e usado 'drones' mais de meia década atrás?

-

Aqui está um trecho da patente de Drone da Tesla:

-

Aqui está um trecho de sua patente:

-

“Soube que eu, Nikola Tesla, um cidadão dos Estados Unidos, residente em Nova York, no condado e no Estado de Nova York, inventamos certas melhorias novas e úteis em métodos e aparelhos para controlar à distância a operação de os motores propulsores, o aparelho de governo e outros mecanismos transportados por corpos móveis ou por embarcações flutuantes, dos quais o que se segue é uma especificação, sendo feita referência aos desenhos que acompanham e fazem parte do mesmo ... A invenção que descrevi será útil de muitas maneiras. Embarcações ou Veículos de qualquer tipo adequado podem ser usados, como barcos de vida, expedição ou piloto ou similares, ou para transportar cartas, pacotes, provisões, instrumentos, objetos ou materiais de qualquer descrição, para estabelecer comunicação com regiões inacessíveis e explorar as condições existentes na mesma, para matar ou capturar baleias ou outros animais do mar, e para muitos outros fins científicos, de engenharia ou comerciais; mas o maior valor da minha invenção resultará de seus efeitos sobre a guerra e os armamentos, pois em razão de sua destruição certa e ilimitada, tenderá a trazer e manter a paz permanente entre as nações ”.

De: “Especificação que faz parte da Patente de Cartas nº 613.809, datada de 8 de novembro de 1898.”  O texto original completo e os diagramas podem ser encontrados no site do Escritório de Marcas e Patentes dos EUA:  http://patimg1.uspto.gov/.piw docid = 00613809 & SectionNum = 1 & IDKe

-

Sistemas de propulsão para espaçonaves e teoria dinâmica da gravidade de Tesla

-

Enquanto discutimos algo semelhante no OVNI de Tesla, a verdade é que ele foi além dos objetos voadores.

-

Em um  artigo não publicado da maior obra do homem , Tesla delineou sua teoria dinâmica da gravidade dizendo que "o éter luminoso preenche todo o espaço". Tesla disse que o éter é influenciado pela força criativa que dá vida. O éter é lançado em “redemoinhos infinitesimais” (“micro hélices”) próximo à velocidade da luz, tornando-se matéria ponderável. Então, a força diminui e o movimento cessa, a matéria volta ao éter (uma forma de “decaimento atômico”).

-

A humanidade pode aproveitar esses processos para:

-

- Precipite a matéria do éter - Crie o
que ele quiser com a matéria, e energia derivada -
Altere o tamanho da
Terra - Controle as estações da Terra (controle do tempo) -
Guie o caminho da Terra através do Universo, como uma espaçonave -
Cause as colisões de planetas para produzir novos sóis e estrelas, calor e luz -
Origine e desenvolva a vida em formas infinitas

-

FONTE: ewa

Continue lendo...

Os planos ocultos na música Trap: Bem-vindo à manipulação MK-Ultra

Los planes ocultos en la música Trap
movimento armadilha se espalhou em apenas dois anos como um incêndio, influenciando, assim, grandes artistas agora para manter registros de vendas devem saltar no movimento desta forma musical que esconde muitos segredos. Entre eles, manipulação e controle mental dos jovens através da música.
image
Não é novidade se falamos sobre o programa MK-ULTRA e seu modus operandi através de artistas da indústria da música. E, embora o sucesso de seu plano maligno sempre cativou sucessos, é neste ramo musical, misturando hip-hop e reggaeton, onde encontraram os grandes meios de comunicação para manipular mais jovem.
-
Sua origem foi fundada na década de noventa no sul dos Estados Unidos. rua nascido seguintes fusões foram feitas com hip-hop, para músicas que refletissem a realidade das ruas e denunciando o sistema estabelecido. Mas hoje, a armadilha se tornou um estilo musical macho e conflitantes.
-
Enquanto, em países como a Espanha, lutam fervorosamente pelos direitos das mulheres e acabam com o machismo patriarcal estabelecido há décadas, mais jovens espanhóis são dominados e manipulados por essas cartas que promovem as drogas, o machismo. crime e decadência.
-
Enquanto Rap ou Hip-Hop foram estilos musicais que normalmente exigidos direitos humanos eo respeito (pelo menos no início), a armadilha afirma um valores sombrio para uma sociedade que visa a evoluir, especialmente em direitos humanos. Mas quem patrocina e promove esse movimento?
-
Bem, esses cantores que obtêm sucesso, fama e dinheiro, eram crianças criadas em bairros deprimidos, em famílias desfeitas e resgatadas do ambiente em que viviam. O negócio é claro. Você terá fama, mulheres e dinheiro em troca de nos deixar sermos os que lideramos e direcionamos sua carreira musical.
-
E que esse estilo musical se tornou tão pouco tempo em uma tendência tão grande que fez com que artistas renomados como Luis Fonsi, Ricky Martin e Enrique Iglesias, entre outros, tivessem que se deixar adular pela Armadilha, não é por acaso. Tudo faz parte do plano que a elite pôs em movimento.
-
As gravadoras que vendem essa música fazem parte da estrutura da elite dos Illuminati. Eles dominam o mundo e, claro, a indústria da música é um dos seus maiores pontos fortes. Os artistas da Armadilha são os fantoches perfeitos para o seu plano. Eles não têm valores condicionantes éticos que evitem vender suas almas.
-
E como todo estilo musical que ostenta, também tem sua estética particular e sua maneira de ver a vida em geral. E os caçadores são os mais óbvios quando se trata de mostrar a elite. O halo Illuminati está presente em todas as suas capas, músicas, figurinos e são grandes defensores do movimento, e se orgulham do típico simbolismo dos Illuminati em seus videoclipes.
-
Isso mostra a grande vulnerabilidade desses jovens que venderam suas vidas em troca de sucesso. E mostra, por sua vez, o efeito colateral devastador que entra na nossa sociedade, cada vez mais contaminado e enganado. A elite está atingindo seus objetivos. E entre eles, não é apenas o despovoamento e controle populacional global no planeta, mas também influenciam o processo de evolução natural da humanidade .. O que você pensa sobre este assunto? Deixe-nos o seu comentário!
-
-
FONTE:   ufo-spain
Continue lendo...

Papa apelou para a construção de uma autoridade mundial, e agora sai

Papa 
O Papa Bento XVI pediu a “construçãode uma comunidade mundial, com uma autoridade” para servir o “bem comum da família  humana”, informa nesta quarta-feira o site norte-americano Examiner.

O Papa da Igreja Católica Romana fez seu apelo por um líder para governar o Mundo em 3 de dezembro, ao falar em uma sessão plenária do Conselho Pontifício Justiça e Paz. Segundo o Examiner, o Conselho deve se reunir por três dias para discutir o tema de “autoridade política e de governança global”.

Ao contrário de um governo único totalitário, Bento XVI afirma que a autoridade que ele imagina é apenas um meio para assegurar a cooperação internacional, proteção ambiental e paz no Mundo.

A nova ordem mundial, segundo teóricos como o jornalista Olavo de Carvalho, é em poucas palavras, uma reestruturação política, militar e financeira em um nível global, com uma total centralização do poder.
IAnotícia
Continue lendo...

Juiz de Direito de MG Denuncia Sociedades Secretas de se Infiltrarem no Judiciário

Juiz de Direito de MG
O Juiz de Direito da 2ª Vara Cível de Juiz de Fora (MG), Luiz Guilherme Marques, escreveu em 19 de Junho um artigo na revista jurídica Jus Vigilantibus intitulado"Associações secretas rondam inclusive o Judiciário", na qual denuncia a Illuminati, a Skull and Bones, o grupo Bilderberg e a CFR, como sendo grupos cujo principal interesse é a abolição dos governos e sobre a sua infiltração em todos os ramos da sociedade inclusive na Suprema Corte americana e a possível infiltracao no judiciário brasileiro.
Quanta coragem, meus parabéns. Se 10% de nosso judiciário estive ciente sobre estes interesses alheios a vontade do povo, com certeza nós teríamos um país muito mais justo.
Segue abaixo o artigo em sua íntegra:

---------------------------------------------
Associações secretas rondam inclusive o Judiciário
por Luiz Guilherme Marques
Sabe-se da existência de associações secretas internacionais cujos reais objetivos são o enriquecimento desmesurado dos seus membros, a conquista do poder e a dominação mundial através de quaisquer meios que se façam necessários, honestos ou desonestos. Pretendem a abolição gradativa dos Governos, em seu lugar ficando eles, os membros dessas associações.
São famosas a
ILLUMINATI, a SKULL & BONES, a BILDERBERG e a CFR, afirmando os entendidos que o BANCO MUNDIAL e o FUNDO MONETÁRIO INTERNACIONAL foram criados por uma dessas associações.
Fazem parte pessoas do mundo das finanças, altos funcionários, grandes empresários e pessoas influentes, inclusive um membro da Suprema Corte dos Estados Unidos.
Seus integrantes são submetidos a uma iniciação cruel e mantêm os compromissos de sigilo e fidelidade absoluta, naturalmente que receando penas que chegam à morte.
Essas associações patrocinam eleições, edições de leis, tratados internacionais e tudo que facilite seu controle sobre a riqueza dos países.
Fundamenta-se na ambição de poder das pessoas voltadas muito mais para dominar do que em colaborar para o progresso das coletividades.
Em todos os setores da atividade humana há gente desse tipo, inclusive no próprio Judiciário, podendo acontecer de alguns chegarem a integrar alguma associação secreta de fins criminosos.
Nem todos os homens e mulheres que se destacam nos cenários local, regional, nacional ou mundial agem com idealismo e movidos por nobres intenções.
Podem acontecer, por certo, atos do Judiciário, do Legislativo e Executivo que favoreçam o capital estrangeiro em detrimento dos interesses nacionais, gerando o empobrecimento do nosso povo.
O fato do FMI estabelecer parâmetros para a Reforma do nosso Judiciário é significativo.
Alguém pode achar que esse tipo de coisa é fantasia de filme policial, mas trata-se da mais pura verdade.
Por isso, no caso do Judiciário, é importante que a seleção de magistrados seja da competência do próprio Judiciário, através de concursos públicos para ingresso na 1ª instância e promoção interna para a 2ª, 3ª e 4ª, abolindo-se o 5º constitucional e as escolhas pelos Governadores de Estado e Presidente da República.
Enquanto isso não acontecer, podemos ter surpresas desagradáveis no julgamento de alguns casos concretos e edição de alguma súmula vinculante altamente prejudicial.
Não estou afirmando aqui que tenhamos no presente alguém do Judiciário brasileiro vinculado a uma dessas associações, mas pode ser que venhamos a tê-lo.
---------------------------------------------
Outros artigos interessantíssimos desse prezado Juiz:
O site onde o juiz publicava os artigos não esta mais disponível, localizei através do waybackmachine.
PS:Ajudem a divulgar estas informações, postem em seu blog, usem o digg, twitter, orkut, ou email mesmo. Click no botão abaixo "SHARETHIS" e escolha a forma como você prefere divulgar.
Fontes: Jus Vigilantibus: "Associações secretas rondam inclusive o Judiciário"
Nota: o link acima nao esta mais funcionando, consegui localizar a pagina no way back machine neste link.
Continue lendo...

Internação involuntária é nova arma brasileira para conter avanço do crack

avanço do crack

De dentro do cachimbo improvisado, a fumaça do crack leva oito segundos para alcançar o cérebro e provocar no usuário uma sensação intensa de euforia por não mais do que dez minutos. Do lado de fora, nas ruas onde a droga é consumida à exaustão no Brasil, seu impacto é muito mais duradouro.

Causa de um rombo bilionário no orçamento dos sistemas de saúde e segurança pública, o crack arrasta há anos um debate entre governo e sociedade sobre quais medidas tomar para combater sua disseminação pelos centros urbanos. O assunto está na pauta de discussões há pelo menos uma década, alimentada principalmente por imagens de um quadrilátero famoso no centro da cidade mais populosa do país, São Paulo, região degradada apelidada como Cracolândia.
-
Essa novela ganhou um capítulo novo há um mês, quando Secretaria da Saúde e a Justiça paulistas deram início a mais um programa com o objetivo de combater o tráfego e o consumo da droga. O alvo da ação é justamente a Cracolândia – há um ano o local foi palco de uma desajeitada operação que, ao invés de colocar um ponto final nas concentrações de usuários em plena luz do dia, acabou por espalhá-las por toda a cidade.
-
Dessa vez, a ação inaugura no Brasil o expediente da internação compulsória e imediata de dependentes químicos, procedimento que antes demandava a instauração de um burocrático processo judicial. Todo programa gravita em torno do Centro de Referência em Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod), uma instalação milionária com 16 mil metros quadrados lançado há 11 meses.
-
Informações preliminares dão conta que, desde o dia 21 de janeiro, data de inicio da parceria, o Cratod realizou 1.203 atendimentos e recebeu 6.093 ligações de usuários de droga ou familiares em busca de informações. Do total de internações, 90% foram realizadas voluntariamente. O restante, de forma involuntária, ou seja, com o consentimento da família. A Justiça não determinou nenhuma internação compulsória.
-
Epidemia
Se a tentativa dará certo, ainda é cedo prever. No entanto, todo o país acompanha com atenção os balanços da ação. Isso porque, mais que um problema localizado, o crack é um mal generalizado. Que o diga o governo federal, que em 2011 lançou uma linha de investimento destinando R$ 4 bilhões até 2014 para combater o avanço da droga no país.
-
Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo aponta o Brasil como maior mercado mundial do crack. Segundo a instituição, 2% da população (2,8 milhões de pessoas) faz uso da droga. A região Sudeste, a mais rica do país, concentra quase a metade dos usuários (46%), seguido pelo Nordeste (27%) e pelo Norte (10%).
Os pesquisadores estimam que existam 1,2 mil cracolândias no país.

Continue lendo...

Neurolinguística (PNL), origem, os Instrumentos e mais…

Neurolinguistica
Através dos anos, temos visto o surgimento e a queda de vários sistemas de aconselhamento psicológico. Escrevemos sobre alguns que influenciaram fortemente aqueles cristãos que buscavam incorporar sistemas de aconselhamento psicológico seculares no que eles denominavam “Psicologia Cristã” ou “Aconselhamento Cristão”. Nosso livro The End of “Christian Psychology” (O Fim da Psicologia Cristã) inclui descrições e análises de alguns dos teóricos mais importantes e seus modelos.

Um sistema psicológico que não incluímos naquela época é a Programação Neurolingüística (PNL), que é a combinação de métodos de comunicação, aconselhamento, dinâmicas de grupo, manipulação e hipnose. Agora, entretanto, cremos ser necessário informar e avisar os crentes sobre a PNL.

A despeito dos poucos resultados de pesquisas sobre a PNL (ou NLP, em inglês), ela ainda está sendo usada hoje em dia por inúmeros conselheiros, inclusive conselheiros cristãos professos. Na verdade, há alguns que estão empacotando a PNL especialmente para os cristãos. Por exemplo, o site da “Christian NLP 2008” dizia sobre sua missão:
Ser uma das principais organizações centralizadas em Cristo no mundo, cujo enfoque é ensinar e treinar pastores, conselheiros e cristãos em geral, para usarem os instrumentos, padrões e processos que facilitam a realização do chamado e do mandamento de Romanos 12.2 para serem “transformados pela renovação do vosso entendimento”.

Esse site estava conectado a outro site da PNL intitulado “Patterns for Renewing Your Mind International” [Padrões para Renovação de Sua Mente Internacional], projetado especialmente para cristãos.

O site incluía artigos, técnicas, testemunhos, informações para programas de treinamento, e até sermões para pastores que utilizam os instrumentos da PNL. A seção denominada “About Us” [Quem Somos] destacava um homem de nome Bob­by G. Bodenhamer (D. Min.) que, juntamente com L. Michael Hall (PhD.), escreveu um livro chamado Patterns for Renewing the Mind: Christian Communicating & Counselling (Padrões Para Renovação da Mente: Comunicação e Aconselhamento Cristãos) para animar os cristãos a usarem a PNL.

A apresentação do livro, escrita pelo Rev. Carl Lloyd, PhD., Professor e Chefe do Departamento de Sociologia e Serviço Social da Universidade George Fox em Newberg, Oregon, EUA, diz:
Seria negligência de minha parte não expressar meu profundo apreço tanto a Michael [Hall] quando a Bob [Bodenhamer] por empenharem tão diligentemente suas mentes e talentos na tarefa de integrar a PNL à sólida perspectiva judaico-cristã.


Lloyd apresenta suas próprias credenciais, incluindo “quatro cursos de graduação”, “seis cursos de especialização em Saúde Mental”, experiência clínica, “mais de duas décadas” de pastorado, e sua posição atual lecionando terapia “tanto em nível de graduação quanto de pós-graduação”. Mais adiante ele acrescenta:

Richard Bandler, um dos criadores da Programação Neurolingüística (PNL).
Conheço bastante sobre aprendizagem, pessoas, terapias e sobre a integração da fé com a aprendizagem. Mesmo assim, este volume me abençoou com novos conhecimentos, novas técnicas e uma paixão renovada por levar o Cristo vivo para dentro dos processos educacionais e de aconselhamento.


Em seu livro, Bodenhamer e Hall instam com os cristãos para que usem a Programação Neurolingüística (PNL) para se comunicar, 
aconselhar, pregar e transformar o eu. Com bastante confiança, eles anunciam a PNL como o meio através do qual os cristãos podem realizar a transformação espiritual, embora a PNL em si seja uma metodologia secular projetada e usada por não-crentes. 

Embora Bodenhamer e Hall usem versículos das Escrituras juntamente com a PNL, seu modelo carnal não consegue tocar a nova vida em Cristo. Em vez disso, ele apela para a carne, que pode ser manipulada pela PNL. Em seu Prefácio, eles afirmam que “alguns descobriram o tremendo poder no modelo de Programação Neurolingüística e o têm usado para manipular pessoas”.

Todavia, eles usam, promovem e ensinam a PNL porque crêem que ela contenha o que chamam de “estado da arte em modelos de comunicação e instrumentos de cura” e que possa ser usada por cristãos para o bem (itálico deles). O livro é cheio de promessas como: “Na PNL, descobrimos padrões incrivelmente poderosos para uma renovação rápida, eficiente e permanente da mente”.[6] Contudo, não há evidências de pesquisas que substanciem as afirmações da PNL a não ser testemunhos pessoais. Usar testemunhos pessoais sem o devido apoio científico é uma das primeiras características de charlatanismo. Mesmo assim, as promessas e expectativas continuam a atrair as pessoas para dentro dessa rede de engano.

Uma Mistura Mundana

Por todo o livro os autores citam uma passagem ou uma expressão bíblica e a transformam em um método de PNL. Por exemplo, eles relacionam as técnicas de PNL “Governe Seu Próprio Cérebro” com uma admoestação bíblica na seção denominada “Dirija Seu Próprio Cérebro ou ‘Guarde Seu Coração Com Toda Diligência”’. Eles dizem:
Quem governa seu cérebro? Se você não o governar, alguém vai rapidamente se voluntariar para fazê-lo por você! Agora, “governe seu próprio cérebro” significa pensar seus próprios pensamentos e assumir as responsabilidades de suas próprias respostas. Isso corresponde à visão cristã sobre a responsabilidade humana (Js 24.15; At 11.24; Cl 3.1).
Para “governar nosso próprio cérebro”, precisamos primeiro saber que os cérebros funcionam baseados em imagens, sons, palavras, sensações, cheiros e gostos. Controle essas informações e nós dirigiremos nosso próprio caminho. Biblicamente, isso nos capacita a “renovarmos a nossa mente” e a experimentarmos a transformação (Rm 12.2)

O livro dá a distinta impressão de que a pessoa precisa conhecer a PNL para progredir efetiva e eficientemente na vida cristã. Como conseqüência, reduz a santificação à mesma metodologia usada por não-crentes para seu autodesenvolvimento. Por outro lado, a Bíblia é clara sobre a fonte da nova vida em Cristo e sobre como um crente deve caminhar de acordo com o Espírito e não segundo a carne. Sempre nos impressiona quando nos deparamos com métodos e técnicas carnais que as pessoas usam em suas tentativas fúteis de crescer espiritualmente. Esta é uma de nossas principais preocupações sobre a intrusão das teorias e métodos psicoterapêuticos no cristianismo.

Programação Neurolingüística da PNL

Embora muitos cristãos possam não ter ouvido falar sobre a Programação Neurolingüística, ela tem estado aí desde os anos 1970 e tem sido usada por terapeutas, conselheiros, oradores motivacionais, vendedores e muitas outras pessoas por todos esses anos. A PNL é um sistema tanto de aconselhamento psicológico individual quanto de programas de conscientização de grupo, inicialmente criada por dois não-cristãos, Richard Bandler e John Grinder. Esses homens tentaram construir um sistema de técnicas de comunicação elaborado com base em três psicoterapeutas influentes e aparentemente eficientes: Virginia Satir, Fritz Perls e Milton Erickson.

Satir era conhecida por sua maneira natural de tratar as pessoas, então Bandler e Grinder tentaram elaborar e codificar os maneirismos dela, o modo como ela assimilava e até refletia os maneirismos e padrões de fala daqueles que estava aconselhando. Fritz Perls parecia ser bem sucedido com as pessoas, então Bandler, que no início começou a imitar a voz de Perls e seu uso da linguagem, tentou copiar e codificar o que Perls fazia e dizia na terapia. Erickson, um hipnoterapeuta clínico, era capaz de colocar seus pacientes em transe através da conversação. Portanto, a PNL foi primeiramente formada através da modelagem e da codificação da forma que esses terapeutas se comunicavam. 

Grinder era lingüista, logo estava interessado no uso que eles faziam das palavras e expressões. Bandler estava interessado em computadores e imaginava que as pessoas poderiam ser programadas da mesma maneira, através de várias técnicas selecionadas a partir da observação desses três terapeutas. Assim como Franz Anton Mesmer fez uso de técnicas para obter a concordância de seus pacientes, Bandler e Grinder codificaram técnicas psicológicas específicas para obter concordância e fazerem o aconselhando sentir-se ligado a seu terapeuta. Outras técnicas de PNL incluem fantasias direcionadas, visualização, hipnose e manipulação emocional.

Algumas das primeiras teorias da PNL tinham a ver com a idéia de que uma pessoa pode influenciar outra pessoa através do uso de qualquer “sistema representacional” que esteja sendo usado por essa outra pessoa. Por exemplo, se uma pessoa usa termos visuais, como“Vejo o que você quer dizer”, o terapeuta também buscaria falar em termos visuais. Ou, se o aconselhando usa palavras de sentimento, como “Eu realmente me senti decepcionado”, o terapeuta usaria palavras relacionadas tanto com os sentimentos emocionais quanto sinestésicos*.

Num dado momento, a PNL ostentou seis sistemas representacionais:
...a construção de imagens visuais, a lembrança de imagens visuais, a construção de imagens auditivas, a lembrança de imagens auditivas, a aplicação de sensações sinestésicas ao indivíduo e a manutenção de diálogos interiores.[8]
A teoria era que uma pessoa poderia ser mais facilmente influenciada por alguém com quem ela pudesse se identificar, neste caso alguém usando sua chamada linguagem representacional.
Bandler estava interessado em computadores e imaginava que as pessoas poderiam ser programadas da mesma maneira.

Outra técnica da PNL é a de observar e notar o movimento dos olhos do paciente enquanto ele fala. Por exemplo, à medida que o paciente fala de um incidente do passado, o conselheiro vai supostamente obtendo dicas no que se refere à pessoa estar se lembrando ou criando algo novo, ou a pessoa estar usando o modo visual, auditivo, sinestésico, ou de pensamento, simplesmente através da observação dos olhos da pessoa. 

Não obstante, um livro publicado pela Commission on Behavioral and Social Sciences and Education [Comissão Sobre Ciências Comportamentais e Sociais e Educação] do National Research Council [Conselho Nacional de Pesquisa] dos EUA revelou o seguinte: “Não há nenhum fundamento direto citado em favor da relação postulada pela PNL entre a direção do olhar e o sistema representacional”[9]. O livro também diz:
Em suma, o sistema da PNL dos padrões do olho, da postura, do tom, e da linguagem como padrões representacionais indexadores não é derivado nem derivável de trabalhos científicos conhecidos. E mais, não há evidências internas nem documentação para apoiar o sistema.[10]
Eles concluem: “Além de tudo, há poucas evidências empíricas, ou nenhuma, até a presente data para defender os pressupostos da PNL ou a eficiência da PNL”.[11] A PNL não é um empreendimento cientificamente comprovado. É baseado no que foi dito, em sugestões e em habilidades de vendedor.
Respondendo à pergunta, “O que é a PNL?”, The Skeptic’s Dictionary diz: “É difícil definir a PNL porque aqueles que a iniciaram e os que se envolveram com ela usam uma linguagem muito vaga e ambígua, dizendo que a PNL significa coisas diferentes para pessoas diferentes.[12] Inúmeras pessoas foram treinadas em PNL e depois continuaram a desenvolver suas próprias formas dela. Finalmente, com pessoas reivindicando direitos a suas próprias versões da PNL, Bandler tomou uma decisão através de uma ação judicial sobre propriedade intelectual, uma vez que ele reivindicava ser o único autor da PNL. Ele também tentou obter marca registrada de alguns aspectos da PNL e controlar os vários programas de treinamento e de certificação.

A Vida da PNL de Bandler

“O sistema da PNL dos padrões do olho, da postura, do tom, e da linguagem como padrões representacionais indexadores não é derivado nem derivável de trabalhos científicos conhecidos”.

De fato, Bandler desenvolveu grande parte do sistema assim chamado de transformação, que os cristãos agora usam em sua tentativa de se tornarem mais semelhantes a Cristo. Todavia, a observação do uso pessoal que Bandler faz de suas próprias técnicas conta a história de um homem que se perdeu em sua pretensão enquanto fascinava suas audiências nas inúmeras sessões de treinamento. Ele e Grinder ensinavam as pessoas a darem uma nova imagem ao passado: “Se você tiver uma [história pessoal] ruim da primeira vez, volte atrás e faça para si mesmo uma história melhor. Todo mundo deveria mesmo ter várias histórias”.[13] Bandler seguiu sua própria técnica tão bem que Frank Clancy e Heidi Yorkshire relatam o seguinte:
Bandler contou uma vasta seleção de histórias sobre sua vida pessoal e profissional... Contou às pessoas que era músico profissional de rock, que era dono de um bar de topless aos 16 anos e era milionário aos 18, e que era faixa preta no caratê.[14]
O que foi citado acima é apenas uma amostra das mentiras dele. Clancy e Yorkshire continuam:
Os enganos de Bandler foram longe. Através da PNL ele havia aprendido a estabelecer uma concordância fazendo poses em frente ao espelho e imitando a linguagem; ele levou esta ideia mais adiante, combinando história e identidade com a de seus companheiros ... Ele se perdeu em um turbilhão de imitação, engano e manipulação.
Clancy e Yorkshire também relatam que Bandler “usava grandes quantidades de cocaína e álcool” e que era “obcecado pela violência”. Eles dizem:
A história de Bandler é, em certo sentido, uma parábola da Nova Era. Tendo rejeitado muitas das fronteiras que governam as relações entre as pessoas, ele era como um marinheiro sem âncora nem velas, à deriva em um mar peculiar da Nova Era. Aqui o indivíduo era soberano... e a moralidade era relativa.
No que se refere à responsabilidade pessoal pelo que estavam ensinando, Bandler e Grinder “dispensavam tipicamente as questões éticas com uma mesmice perturbadora: uma pessoa não consegue evitar de manipular outras, insistiam eles; com o treinamento da PNL, pelo menos ela estará consciente – e no controle – da manipulação.

Se Bandler tivesse inventado um abridor de latas melhor, sua própria vida de enganos não afetaria seu produto, mas, quando seu produto é um conjunto de métodos para ajudar as pessoas a viver uma vida melhor, precisamos questioná-lo. Ou, se ele tivesse feito uma descoberta científica que pudesse ser provada cientificamente, então diríamos que ele tem algo a apresentar ao homem natural. No entanto, ele não descobriu nada científico sobre o mundo físico. Pelo contrário, ele desenvolveu um conjunto de técnicas projetadas para manipular o âmbito não-físico da alma.

Embora o nome “neurolingüística” soe bastante científico, como se tivesse a ver com a neurobiologia e a lingüística, e, embora um sistema teórico tenha sido desenvolvido, a PNL não é um empreendimento científico. De fato, quando questionados sobre comprovações científicas, Bandler e Grinder declararam que não eram cientistas fazendo ciência, portanto, não tinham a oferecer as comprovações do que estavam fazendo.[18] A PNL não se baseia em descobertas científicas, mas em observações subjetivas. Seus métodos frustram a investigação científica e, por isso, seu pretendido sucesso se apóia em testemunhos individuais subjetivos, e no que a Bíblia denominaria de “fábulas” e “histórias de velhas caducas”.

Entretanto, a PNL continua a surgir em vários ambientes, inclusive num recente panfleto de uma conferência intitulada “Neuroscience Meets Recovery” [A Neurociência Encontra o Restabelecimento], em setembro de 2008. O subtítulo da conferência foi bem significativo: “Integrating Neurobiology with Pharmacotherapy, Psychotherapy and Spiritual Practices” [Integrando a Neurobiologia com a Farmacoterapia, a Psicoterapia e as Práticas Espirituais]. Os cristãos que acham que as Práticas Espirituais incluídas aqui podem ser algo bom precisam reexaminá-las, porque as práticas espirituais oferecidas incluem a espiritualidade em 12 passos e o budismo. O Dr. Richard Bandler é um palestrante em destaque com sua palestra denominada “NLP: A Tool for Better Living” [PNL: Um Instrumento Para Uma Vida Melhor].

Uma Mente Inconsciente Poderosa

Basicamente, a PNL é uma coletânea de idéias e técnicas, muitas das quais baseadas nas crenças freudianas de que a mente inconsciente influencia profundamente o pensamento e o comportamento conscientes, que os psicólogos podem ajudar um paciente a obter insight(percepção) sobre esse conteúdo, e que nós revelamos coisas em nosso inconsciente através de palavras e ações metafóricas. Entretanto, tudo isto é um mito! Em seu livroTherapy’s Delusions: The Myth of the Unconscious and the Exploitation of Today’s Walking Worried [As Ilusões da Terapia: O Mito do Inconsciente e a Explicação Sobre os Preocupados Andantes de Hoje], o professor Richard Ofshe, da Universidade da Califórnia, diz:
Embora seja claro que todos nós nos empenhamos em processos mentais fora da consciência, a idéia do inconsciente dinâmico propõe uma poderosa mente paralela que, desconhecida de quem a abriga, influencia obstinadamente até o mais insignificante pensamento e comportamento. Não há comprovações científicas desse tipo de inconsciente proposital, tampouco há comprovações de que os psicoterapeutas possuam métodos especiais para desnudar nossos processos mentais inconscientes. Contudo, a reivindicação dos terapeutas de serem capazes de expor e remoldar a mente inconsciente continua sendo a promessa sedutora de muitas terapias baseadas na conversação.[19]
Além disso, o Skeptic’s Dictionary revela:
Os benefícios da mente inconsciente, da hipnose e da habilidade de influenciar as pessoas através da apelação direta à mente subconsciente não são confirmados. Todas as comprovações científicas que existem em tais coisas indicam que as afirmações sobre a PNL não são verdadeiras. Não se pode aprender “a falar diretamente à mente inconsciente”, como afirmam Erickson e a PNL, exceto da maneira mais óbvia, que é usando o poder da sugestão.[20]
É evidente que, independentemente das pesquisas, Bodenhamer e Hall crêem e ensinam a noção de um poderoso inconsciente que controla as pessoas sem que elas tenham noção. Eles dizem:
A proporção em que esses processos e mecanismos [da mente] ficam do lado de fora de nossa consciência, é a proporção em que eles nos controlam. Ao desenvolver familiaridade com esses processos inconscientes, você aprenderá a lidar com eles.[21]
Na verdade, eles prometem que, à medida que uma pessoa aprende a controlar esses chamados processos inconscientes, “será cumprido o desafio de Paulo de levar “...cativo todo pensamento à obediência de Cristo” (2 Co 10.5b).

Além de revelarem sua crença em um inconsciente do tipo freudiano que controla as pessoas, essa citação é um exemplo do como eles usam mal as Escrituras. Paulo não está falando sobre pensamentos inconscientes sendo trazidos à consciência para que possam ser controlados.
Como os usuários e promotores da PNL crêem que as pessoas são controladas por processos inconscientes, as técnicas de PNL tentam ignorar o pensamento consciente para influenciarem a pessoa na consciência sensorial, no nível do sentimento profundo. Várias técnicas de PNL para obter a concordância e a confiança e até mesmo o controle colocam o paciente em um estado mental receptivo (com o raciocínio proposital e avaliativo deixado de lado), pronto para ser manipulado por meio da linguagem e dos sentidos, por meio das fantasias e da visualização, e através de estimulação emocional.

A idéia de programar o cérebro como um computador é usada bastante consistentemente. De fato, a PNL é apresentada como um manual de programação para o cérebro. Afirma-se que ela ajuda as pessoas a programar seu cérebro através da conscientização sensorial, da visualização, da reimagem do passado, da meditação, da auto-sugestão e de outras técnicas usadas na auto-hipnose. Essas manipulações mentais são as mesmas que os ocultistas usam para colocarem a si mesmos e aos outros em estado de transe. 

O terapeuta que está usando a PNL com um paciente aplicará os instrumentos da PNL para obter uma concordância semelhante à obtida pelo hipnotizador. O terapeuta pode trabalhar no sentido de ensinar às pessoas a técnica da PNL para reprogramarem seus cérebros, mas a maneira como isso geralmente funciona é que o terapeuta faz a reprogramação (i.e., a manipulação) através da sugestão ou da fantasia direcionada.

Os Instrumentos da PNL

Os cristãos que usam e promovem a PNL tentam mostrar que os instrumentos são apenas meios para que as coisas funcionem. Embora algumas técnicas da PNL sejam marca registrada, a maioria delas está por aí há longo tempo, mesmo antes da PNL. Muitas delas vieram da observação sobre como as pessoas se relacionam umas com as outras e como elas podem influenciar umas às outras. Outros instrumentos incorporam técnicas de ocultismo. Aqui descrevemos apenas uns poucos instrumentos da PNL: rapport (sincronia), pacing (compasso), manipulação sensorial, modelagem, Outcome Thinking (Pensamento de Resultados), e hipnose.

Sintonia e Pacing (Compasso)

Na PNL, a sintonia é uma estratégia para se conectar com outra pessoa imitando-a ou espelhando-se nela.

Na PNL, a sintonia é uma estratégia para se conectar com outra pessoa imitando-a ou espelhando-se nela. Muitos estabelecem a sintonia naturalmente à medida que se relacionam com os outros. Eles se identificam com as pessoas e até refletem o vocabulário e os maneirismos delas. A PNL tem codificado sistematicamente esses procedimentos para que as pessoas possam obter essa sintonia, não através da compaixão e do cuidado naturais, ou por se identificarem verdadeiramente com o próximo, mas através de técnicas aprendidas. A sintonia é reduzida a um conjunto de habilidades para que, havendo ou não empatia, a empatia seja comunicada. Isso é feito pela observação cuidadosa da outra pessoa e depois por meio de pacing (compasso), ou seja, fazendo a mesma coisa ou algo semelhante, como ter o mesmo ritmo de respiração e/ou usar o mesmo tipo de palavras, expressões, aparência, postura e atitudes.

Existe uma história da PNL sobre uma mulher que estava marcando o compasso de outra tão aplicadamente que entrou em um tipo de transe místico, de tal forma que, quando a outra curvou-se para a frente e caiu da cadeira, a mulher que estava fazendo o compassamento também caiu. Bodenhamer e Hall dizem: “Nós experimentamos a concordância como umestado místico no qual escutamos tão exclusivamente o outro – que perdemos a consciência de nós mesmos” (negrito acrescentado). Então, eles dizem que “Jesus escutava dessa maneira”.[23] Mas Jesus nunca se perdeu em um “estado místico”!

Conscientização Sensorial e Manipulação

À primeira vista, a idéia de conscientização sensorial soa bem, mas um exemplo de Bodenhamer e Hall revela do que realmente se trata. Eles solicitam ao leitor que participe de um experimento. Eles o instruem da seguinte maneira: “Lembre-se de uma experiência prazerosa do passado”. Depois eles prosseguem dizendo para a pessoa visualizar a experiência, lembrar-se dos sons, dos sentimentos, etc. A seguir, eles o instruem a aumentar a imagem mais e mais e dizem: “Quando você aumenta a figura, o que acontece com seus sentimentos acerca daquela experiência? Eles se intensificam?” 

Então, eles falam para diminuir a imagem, depois para deixá-la num tamanho confortável, a seguir mais próxima, depois mais distante, para mostrarem como nós podemos “distanciar-nos das experiências”.[24] Eles também dizem para a pessoa mudar as cores e a nitidez visual, etc. Embora essas atividades possam ser exercícios inofensivos para alguns, podem colocar outros em um estado alterado de consciência. Tais atividades de visualização podem parecer seguras, mas também podem abrir a mente para a intrusão demoníaca.

Modelagem

O instrumento denominado modelagem é usado para imitar comportamentos de pessoas que nós admiramos. Assim, os que querem tornar a PNL palatável para os cristãos dizem que ela é uma maneira de nos tornarmos mais parecidos com Jesus através de “dividirmos o caráter de Jesus em pequenos passos que podemos imitar em nossa vida”.[25] Além do fato de que nós não nos tornamos mais parecidos com Jesus por dividirmos Jesus em pedaços para podermos imitá-lO, essa técnica é uma atividade da carne, que pode fazer com que na carne nos pareçamos mais com Jesus e, assim, impedir-nos de ter um verdadeiro crescimento espiritual. Ao seguir a modelagem da PNL, sem dúvida pode-se desenvolver uma “forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder” (2 Tm 3.5).

Pensamento de Resultados

Na PNL, o pensamento de resultados não é apenas pensar sobre o futuro. É montar imagens sensoriais para criar o futuro. Portanto, eles usam a visualização. Bodenhamer relata:
Eu (BB) ouvi o Rev. Charles Stanley utilizar o modelo da PNL à medida que ele instruía sua congregação a assumir a mente de Cristo. Ele usou o modelo acima para ensinar como criar uma imagem de onde Deus quer que eles cheguem com sua vida. O Dr. Stanley mencionou, então,  que “não é errado visualizar”. O que acham disso?[26] (itálico dele).
De fato, nem toda visualização é pecado, mas esse tipo de visualização pode levar à visualização ocultista. Tentar fazer alguma coisa acontecer no futuro por meio da visualização é uma prática ocultista promovida no livro popular de ocultismo The Secret [O Segredo].

Hipnose

Os cristãos precisam estar conscientes do que está emboscado por trás das promessas da PNL:um outro evangelho – um evangelho de obras, esforço próprio, manipulação, hipnose e outras práticas ocultistas.
A hipnose tem sido uma grande parte da PNL desde seu princípio. Bodenhamer e Hall tentam fazer com que a hipnose soe como uma resposta natural a determinadas formas de conversação que fazem a pessoa se sentir relaxada, confortável, aceita e confiante. Eles crêem que a hipnose ajuda a atingir a mente inconsciente. Eles dizem que:
Como nossa mente inconsciente contém vastos reservatórios de conhecimento e experiências, precisamos aprender como acessar esses reservatórios. Infelizmente, muitas pessoas deixam que eles fiquem quase sem ser tocados. Embora a maior parte de nosso comportamento funcione inconscientemente, nós apenas deixamos que ele siga – pensando (erradamente) que não podemos influenciá-lo.[27]
Eles argumentam que uma “faceta do ‘transe’ e da ‘hipnose’ (...) se correlaciona maravilhosamente com o ‘evangelho da graça de Deus”’.[28] Afirmam eles:
Portanto, para tratar com nossos programas profundos e inconscientes, as boas-novas de Jesus começam por nos enviar não ordens e comandos, mas segurança para que possamos relaxar, nos sentir seguros, descansar na certeza do trabalho redentor daquele que fez por nós o que não poderíamos fazer por nós mesmos, e que nos prometeu força interior, o testemunho do espírito em nosso íntimo, etc. Que estado interior tremendamente positivo e cheio de possibilidades para acessarmos![29] (itálico deles).
Mas, então, como é que podemos acessar esse “estado interior positivo e cheio de possibilidades”? Entrando em um estado de transe. Dizem eles:
Quão especificamente os processos da linha do tempo da PNL fornecem instrumentos para descobrir essas partes inconscientes? Utilizando o transe como um estado alterado, como um estado de mente e de emoções (relaxada, segura, aberta, confortável, receptiva, com expectativas, etc.) que nos capacita a funcionar efetiva e diretamente no nível inconsciente. Ele nos dá acesso àquela parte de nossa mente que o Senhor fez para armazenar e codificar nossos padrões habituais – ele se refere a nada mais que isso, nada misterioso, oculto, demoníaco. Isso descreve o dom de Deus em nós.[30] (itálico deles).
É claro que discordamos profundamente da convicção deles de que não há “nada misterioso, oculto, demoníaco” em entrarmos em um estado alterado de consciência através da hipnose, e escrevemos um livro tratando dessa atividade demoníaca.[31]

Cuidado com a PNL em Outros Lugares

Os vários ensinos, técnicas e instrumentos são usados por inúmeros psicoterapeutas, por outros profissionais de saúde mental psicologicamente treinados, por conselheiros, líderes de grupos, pastores e líderes de igrejas. Essas coisas são ensinadas em aulas de aconselhamento nas faculdades e universidades tanto seculares quanto cristãs. Os ensinos, as técnicas e os instrumentos da PNL também são usados em várias formas de cura interior e terapia de regressão, e contribuem para as táticas manipulativas de dinâmicas de grupo.[32]

Os Perigos Implícitos da PNL

Pode-se ver, a partir das práticas da PNL descritas acima, que há sérios perigos no uso da PNL. Os cristãos precisam estar conscientes do que está emboscado por trás das promessas da PNL: um outro evangelho – um evangelho de obras, esforço próprio, manipulação, hipnose e outras práticas ocultistas. Através da sedução dos que proporcionam a PNL, os cristãos são arrastados para longe da dependência da Palavra de Deus e da obra do Espírito Santo, sendo enganados a usarem um atalho carnal para a transformação espiritual. Concluíndo, a PNL é uma das falsificações satânicas do crescimento espiritual, que nutre a carne e faz morrer o espírito. De fato, é um engano do inimigo que afastará as pessoas de Deus, mesmo que elas pensem que estão crescendo espiritualmente.

Finalmente, as pessoas se colocam em uma posição espiritual vulnerável às forças ocultas do mal. Em vez de usarem a armadura espiritual que Deus lhes deu, elas estão abaixando a guarda e não usando a Palavra de Deus para resistirem ao que está sendo dito, e não estão levando cativo todo pensamento ao senhorio de Cristo. Isso exige pensamento consciente, e não a passividade de um transe. Tenha cuidado com aqueles que misturam a sabedoria dos homens, sobre a qual Deus alertou Seu povo, com as Escrituras e então seduzem os cristãos com promessas de transformação espiritual através de técnicas, metodologias e fórmulas.(Martin e Deidre Bobgan - PsychoHeresy Awareness Letter - http://www.chamada.com.br)
* Sinestesia: Relação subjetiva que se estabelece espontaneamente entre uma percepção e outra que pertença ao domínio de um sentido diferente (p. ex., um perfume que evoca uma cor, um som que evoca uma imagem, etc.).

Continue lendo...

VEJA TAMBÉM!

 
Copyright © 2016 SAIBA TA NA NET • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top