General Romeno - extraterrestres reptilianos existem


Emil Strainu, general romeno, Perito em Radiolocalização, Doutor em Guerra Geofísica, Conselheiro para Assuntos não Convencionais e Ameaças Assimétricas do Parlamento Romeno, Diretor de Situações Especiais e do Centro de Pesquisa para Ovnis e Psicotrônica, Fundador da Associação para o Estudo de Fenômenos Aeroespaciais Não-Identificados e autor de dezenas de livros esotéricos, costumeiramente é convidado para os eventos esotéricos mais importantes do mundo.  Nestes eventos ele fala a respeito de extraterrestres, intraterrestres, bem como centenas de outros assuntos interessantes.

Ele sempre tem alegado que extraterrestres reptilianos existem e que eles têm gigantescas bases/cidades subterrâneas, mas não fala nada além disto.  Cada vez que se toca no assunto ele diz: “Não vou falar mais sobre este assunto!

Após ler os livros 1 e 2 intitulados “Inuaki, o Reptiliano Dentro de Mim (tradução livre do título – n3m3), de Aryan Hava, o general a contatou porque tinha uma história fabulosa para contá-la e ela estava prestes a lançar seu terceiro livro: “Anunnaki vs. Anunnaki”.

No prefácio do livro é mencionado sobre um bom amigo do general que teria visto dois seres reptilianos durante a madrugada nas Montanhas Retezat , uma cadeia montanhosa na Romênia.

O amigo do general, também um militar de alta patente, é especializado em comando de guerra, e pediu para não ser identificado.  Ele serviu no Iraque, na África e na América do sul.  Atualmente ele está participando de outra guerra no oriente médio.  Strainu também mencionou que seu amigo não é fã da ficção científica e tampouco da ovniologia. O general declarou que confia em seu amigo, sem qualquer sombra de dúvida.

O amigo do general e oficial de alta patente, chamado aqui de Coronel X, estava voltando de um acampamento nas montanhas, no qual foi desacompanhado.  Ao se aproximar de Bucareste, a capital da Romênia, seu carro começou  a dar sinais de que o tanque estava quase sem gasolina, assim ele encostou em um pequeno posto de gasolina na zona rural.


Era entre as 05h00 e 05h10, então ninguém estava por perto.  O Coronel X notou um veículo Hummer com janelas pretas estacionado fora do posto de gasolina, com o motor ligado, mas ninguém por perto.  Após completar o tanque ele pagou pela gasolina e foi em direção ao seu SUV.  Porém ele notou que a porta do motorista do Hummer estava aberta ele viu um ser reptiliano dentro do veículo.  

O reptiliano não usava roupas, mas usava botas militares.  Ele/isso era coberto de escamas (como as de crocodilos) e tinha uma protuberância na cabeça, como a de lagartos.  O reptiliano viu o Coronel X, e então saiu do carro enquanto ainda fixava seus olhos no coronel.  Ele emitiu alguns sons agudos para alguém dentro do carro.

O Coronel X estima que o reptiliano teria 2 metros de altura, olhos amarelos com íris similares às dos gatos.
Naquele instante o coronel olhou em sua volta para ver se alguém mais tinha testemunhado o evento, mas ele estava sozinho.  Então ele notou a câmera do posto de gasolina.  Infelizmente, mais tarde o frentista disse à ele que a câmera estava lá “só para decoração” e não tinha uso prático algum, a não ser espantar ladrões em potencial.

Achando que poderiam estar pregando uma peça nele, ele retornou ao carro e continuou sua jornada.  Após vários quilômetros, ainda intrigado pelos eventos, ele viu o mesmo Hummer com todas as quatro portas abertas.  Então ele viu dois reptilianos de cor cinza escuro, os quais pareciam estar discutindo.

O segundo reptiliano era aproximadamente 15 a 20 centímetros mais alto que o primeiro.  Ele não usava roupas, nem botas, tinha pés similares aos de lagartos e, diferente do primeiro, tinha uma cauda.

Na rua, caminhões passavam em ambas as direções e os motoristas apontavam para as criaturas, mas ninguém parava.  Então, o Coronel X pegou seu telefone celular e tirou várias fotografias dos reptilianos que estavam totalmente abstraídos deste fato.

Após 3 ou 5 minutos, os dois reptilianos voltaram ao carro e dirigiram de volta na direção que vieram, à alta velocidade.  O coronel olhou novamente as fotos em seu celular e foi rapidamente para Bucareste, afim de contatar o General Strainu e juntos decidirem o que fazer com as inacreditáveis fotos.

De volta a Bucareste, o celular mostrava claramente que 11 fotos foram tiradas, mas todas elas estavam completamente verdes.  Junto como General Strainu, levaram o celular para a companhia telefônica, afim de ver se poderiam recuperar as fotos.  Era como se o coronel tivesse tirado fotos de uma luz verde intensamente brilhante.

Por duas semanas eles analisaram a história em grande detalhe e procuraram por testemunhas, mas todos os seus esforços foram em vão.

O General Emil Strainu concluiu:

Uma coisa é certa: vivemos em um mundo que somente ACHAMOS que conhecemos, dando a falsa impressão de que nós somos sua matéria.  Na verdade somente somos temporários em um planeta que nunca nos pertenceu, e não temos a menor idéia do que realmente seja o nosso propósito…

Infelizmente o blog OVNI Hoje ainda não conseguiu descobrir a data em que o alegado incidente teria ocorrido.
Fonte da notícia: http://humansarefree.com
Compartilhe este artigo

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR

Mais Populares

Seguir por E-mail

 
Copyright © 2016 REVELANDO VERDADES OCULTAS • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top