OADM

A Abolição do Dizimo, saiba para não ser enganado!

8comentários

cem reais jesus

Nota: Não somos contra as contribuições voluntarias somos contra o abuso e a falsa ideia de quem não contribui ou paga o dizimo esta contra Deus ou Deus não abençoa quem não paga dizimo ou da contribuição, leiam abaixo a verdade sobre o dizimo!
A ABOLIÇÃO DOS DÍZIMOS

Hebreus 7.5: E os que dentre os filhos de Levi receberam o sacerdócio tem ordem, segundo a lei, de tomar os dízimos do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão.

Observe, a palavra afirma que Moisés deu uma lei ao seu povo, a qual é direcionada aos filhos de Levi, especificamente aos que receberam sacerdócio para trabalhar nas tendas das congregações, os quais têm ordem segundo a lei de receber os dízimos dos seus irmãos. 

Agora note o relato do versículo 11:
Hebreus 7.11: De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade se havia logo de que outro sacerdote se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque (referindo-se a Jesus Cristo) e não fosse chamado segundo a ordem de Arão? (menção a Moisés, o qual introduziu a lei ao povo).

Hebreus 7.12: Porque mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança na lei.

Meditando no texto acima, especificamente nestes versículos, onde a palavra do Senhor assegura que os sacerdotes Levíticos recebiam os dízimos segundo a lei (Hebreus 7.5), Porque através deles (sacerdotes Levíticos) o povo recebeu a lei (Hebreus 7.11) e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também, mudança na lei (Hebreus 7.12), porque se a perfeição fosse pelo sacerdócio Levítico (pelo qual o povo recebeu a lei), qual a necessidade do Senhor enviar outro Sacerdote? 

A palavra não deixa sombra de dúvida que não só o dízimo, mas toda a lei de Moisés foi por Cristo abolida. Mudou o Sacerdócio, necessariamente, mudou também a Lei.

Se hoje, usarmos essa lei que fora direcionada especificamente aos filhos de Levi, aos que receberam o sacerdócio do Senhor Deus e aplicada ao povo, ela torna-se ilegítima, porque os pastores de hoje não são sacerdotes levitas, e Jesus afirmou que a lei e os profetas duraram até João (Lucas 16.16), e mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz mudança na lei (Hebreus 7.12).

Portanto, apenas esses três versículos (5,11,12) do capítulo 7 da carta aos Hebreus, é o suficiente para entendermos a abolição de toda lei, e não falarmos mais em obras mortas como dízimo na era da Graça do Senhor Jesus.

AQUI TOMAM DÍZIMOS HOMENS QUE MORREM

A nossa maior preocupação em relação aos pregadores que tomam o dízimo dos fieis, vem incidir sobre o versículo 8 do Capítulo 7 da Carta aos Hebreus, observem o porquê:

Hebreus 7.8: Aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, porém, aquele de quem se testifica que vive.

Toda cautela no que diz a palavra: Aqui tomam dízimos homens que morrem, ali aquele que se testifica que vive (alusão ao Rei Melquisedeque).

No Evangelho de Mateus 22.32, disse Jesus que Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos. 

O Senhor Jesus Cristo disse que Deus, é Deus dos vivos e não é Deus dos mortos, e a palavra diz que aqui tomam dízimo homens que morrem, no que está legitimado no Evangelho de João 11.26, onde disse Jesus: Todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. 

Essa afirmativa do Senhor é mais uma evidência que nos faz entender que, os que tomam o dízimo não crêem em Jesus, porque a palavra está dizendo que morrem os que assim procedem, tomando o dízimo do povo, voltam a viver as ordenanças da lei de Moisés que fora por Cristo abolida.

Diante da Palavra de Deus, até onde recebemos entendimento, dar e receber dízimo é obra morta, ou seja, obra da justiça da Lei do Velho Testamento. 
Crer e viver por essa prática é estar sem a graça de Deus, pois assim explica a Bíblia. Estar sem a graça de Deus, é estar morto.

Certamente que, sem Cristo e, cumprindo e se justificando pela lei, qualquer homem ainda não tem a vida eterna, tanto o que dá e, também, o que recebe o dízimo. Pois a palavra afirma que nenhuma alma será justificada diante d’Ele pelas obras da lei (Romanos 3.20,28 – Gálatas 2.16).

CONSIDERAÇÕES FINAIS

No Evangelho de Cristo, não há ordenança para se tomar o dízimo ou para se cumprir qualquer outro rito da lei. Jesus mandou amar ao próximo e não estipulou percentual ou limite. Em Mateus 10.42 o Senhor mandou dar pelo menos um copo de água fria. Para o mancebo rico Ele mandou vender tudo e dar aos pobres (Mateus 19.21); e quando Zaqueu lhe disse que daria até a metade de seus bens aos pobres, Ele não confirmou a necessidade desse procedimento (Lucas 19.8, 9), disse apenas: Zaqueu, hoje veio salvação a esta casa.

Muitos saem em defesa do dízimo afirmando: Mas o Dízimo é bíblico (Número 18.21 a 26). Certamente, como também é bíblico: a circuncisão (Gênesis 17.23 a 27), o sacrifício de animais em holocausto (Levíticos Capítulos do 1 até 6.8 a 13), a santificação do sábado (Levíticos 23.3), o apedrejar adúlteros (Levíticos 20.10 e Deuteronômio 22.22), etc. 

É bíblico, mas pela ordenança da lei que Moisés introduziu ao povo.

Então porque hoje não cumprem a lei na sua totalidade, ao invés de optarem exclusivamente pelo dízimo? 

Querem o dízimo porque é a garantia de renda líquida e certa todos os meses nos cofres das igrejas.


Fonte: Forum Evangelho
Share this article :

+ comentários + 8 comentários

Enquanto essa verdade não for amplamente divulgada, muitas pessoas continuarão a ser enganadas pelos lobos disfarçados de ovelhas, que visam simplesmente seus interesses financeiros e que, obviamente, não temem à Deus. Esses falsos cristãos denigrem a Igreja de Deus, levando muitas pessoas a perdição. Aconselho à esses falsos crentes, que tenham temor à Deus, pois Ele é em essência amor, mas é também Justiça.

E o que noz diz Mal 3;8 / 3;10 /
Pra mim dizimo não é lei e sim uma ordenança com promessa , como podemos manter a obra de Deus na terra sem que haja mantenedores.

Anônimo
3/26/2013

Para se ouvir a palavra de Deus, e preciso pagar em dinheiro!
Certa vez um lobo disse aqui na alemanha: Se voces quizerem que o Pastor fulano de tal, pregue pra voces, terao que pagar pra isso, na hora senti nojo dessas palavras!
Jesus, pagou com a sua propria vida pela salvacao da humanidade, o seu sangue precioso foi derramado e nao tinha pecados sobre ele!
O governo deveria controlar todo o dinheiro que entra nas igrejas...e claro que tem algumas instituicoes que ajudam ao proximo, e outras repartem entre eles. por exemplo, muitas das vezes os filhos dos contribuintes das igrejas nao podem pagar uma Universidade para os filhos, mas infelizmente tem muitos pastores, que ja estao a mais tempo no poder, vivem em mansoes e seus filhos cursam Universidades e tudo mais...
Ora vem Senhor Jesus!!!!!!

Anônimo
11/28/2013

Sou evangélico, porém, estou muito decepcionado com a igreja. Prega-se o terrorismo através de Malaquias, porém, nada se fala de Gálatas 3,10-13, 24... 4,4 . As igrejas não investem quase nada nas missões(nem o dízimo dos dízimos dão), quando ajudam os pobres com mantimentos, pedem aos membros que tragam alimentos, mas não enfiam a mão no próprio bolso. Não publicam os balanços, a contabilidade é caixa preta. É uma vergonha.(Cleyton)

Anônimo
2/25/2014

Impressiono-me
com coisas lidas e até então já percebidas....
Frequentei por alguns anos uma certa Denominação onde no meu ponto de
vista era do tipo aquele velho Dizeres Irônico... "VENHA A NÓS......... e
o vosso reino q se dane! e abandonando ou como dizem afastado passei a
ver com outros olhos e conclui.
Realmente estamos nos finais dos tempos. Como o mundo esta cheio de
falsos Profetas

CONCORDO PLENAMENTE COM O TEXTO, ALIAS, EU ATÉ TENHO UM ESTUDO ONDE COMPROVO COM MAIS DETALHES A ABOLIÇÃO DO DÍZIMO.

http://questionabrasilsp.blogspot.com.br/2013/06/v-behaviorurldefaultvmlo.html

Anônimo
6/13/2014

Oi! tambem concordo com tudo, no livro de mateus 9;13 (não são os sacrificios de vocês que me enteressam- mas que tenham misericordia!) E em mateus12 jesus da um bronca em uns farizeus que diziam que seus dicípulos estavam quebrando a lei... e no vesiculo 7 ele repet." Desejo misericórdia, não seus sacrificios"

O DÍZIMO FO IABOLIDO E PARA ISSO TEMOS VÁRIOS ARGUMENTOS NA BÍBLIA. EM MEU ESTUDO COMPROVO QUE O DIZIMO FOI ABOLIDO, QUEM O PRATICA CAI DA GRAÇA, FAZ DE JESUS INÚTIL, ENTRA NA LEI, PASSA A SER MALDITO E PERDE A SALVAÇÃO!
http://questionabrasilsp.blogspot.com.br/2013/06/v-behaviorurldefaultvmlo.html

Postar um comentário

Por favor leia antes de comentar:

1. Os comentários deste blog são todos moderados;
2. Escreva apenas o que for referente ao tema;
3. Ofensas pessoais ou spam não serão aceitos;
4. Não faço parcerias por meio de comentários;
5. Comentários para discussão Anônima são deletados
6. Obrigado por sua visita e volte sempre.

Saiba Ta Na Net

Mais Populares

Google+ Followers

Compartilhe!

Participe

 
Support : Cara Gampang | Creating Website | Johny Template | Mas Templatea | Pusat Promosi
Copyright © 2011. Originais World - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Modify by CaraGampang.Com
Proudly powered by Blogger
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...